Viagens e lazer

Está a pensar em férias na neve? Saiba onde ir no inverno

Elegemos 7 destinos que não poderiam ser mais diferentes entre si. De acordo com o seu estilo, gosto ou mood, opte pelo melhor e deleite-se numa jornada de sonho. Deixe que a magia da estação fria a cative.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Está a pensar em férias na neve? Saiba onde ir no inverno
© Getty Images
Marta Vieira
Escrito por
Jan. 11, 2020

“The winter is coming”. Na verdade o inverno até já chegou. E não há problema algum com isso. De facto, se há pessoas que fogem ao frio nesta época, elegendo destinos quentes para se regozijarem, outras desejam tirar o melhor partido do que a estação tem para oferecer

A neve é a simbologia máxima do inverno em ação e para a ajudarmos a ter umas férias idílicas, selecionámos as melhores estâncias para praticar os desportos correspondentes.

Mas não só. Ficará verdadeiramente maravilhada pela quantidade e variedade de propostas e atividades que estes locais nos sugerem.

7 destinos de neve para umas férias inesquecíveis

1. Charme Alpino (Verbier, Suiça)

Esta vila alpina prima pela sua localização geográfica – um planalto ensolarado no cantão de Valais, no sul do país – bem como pela sedução e luxo que a envolve. Não estranhe se se cruzar com o príncipe Harry de Inglaterra, muito menos se mostre surpreendida.

De verão é bonita, mas no inverno torna-se magnética. O requinte dos alojamentos e restaurantes contrasta com os 410km de pista para os mais experts dos esquiadores, que muitas vezes até preferem a adrenalina fora de pista (off piste). Mas cuidado aqui.

No entanto, nem só de esqui ou snowboard se faz este lugar. As atividades mais comuns aqui podem incluir: fazer parapente por entre céus e montanhas; degustar um indulgente chocolate quente enquanto aprecia a vista ou conhecer os requintados vinhos locais.

Pode também decidir conhecer a zona de, imagine-se, helicóptero. O final do dia é sempre celebrado num après-ski, por exemplo com uma sessão de fitness com um PT na montanha. Aqui a vida noturna importa mais que tudo. Acabe a noite quiçá no club onde David Bowie ou Diana Ross já dançaram.

férias na neve verbier suiça

© Getty Images

Sugestão da Saber Viver: Não perca a divertida oportunidade de andar de trenó na montanha. Serão 10km em pista própria com os cabelos ao vento e muita felicidade estampada no rosto.

2. Principado de Neve (Grandvalira, Andorra)

Andorra eleva a competição em termos de destinos de neve europeus, sendo, talvez por isso, que o micro estado soberano se destaca na predileção, por exemplo, para viagens de finalistas.

Situado na Península Ibérica e delimitado por Espanha e França engloba três principais estâncias de esqui, entre elas, Grandvalira, a maior, com um milhão e meio de visitantes todos os anos.

As condições meteorológicas superam as expectativas. Aqui a neve é abundante e de qualidade e o sol muito presente, o que convida amigos, casais ou famílias à rendição. A área de esqui está dividida em 7 setores, sendo Pas de la Casa o mais conhecido.

Várias das mais relevantes competições internacionais de esqui e snowboard acontecem aqui. Mas nem só de prós se faz esta estância. Os pais ficarão contentes ao saber que existem, inclusivamente, zonas de neve exclusivas para crianças. Andorra é, pois, um destino para todos.

ferias na neve grandvalira andorra

© Shutterstock

Sugestão da Saber Viver: Afaste-se um pouco da estância e aproveite para conhecer a capital do país, Andorra-a-Velha, que prima pela antiguidade da sua história. O facto de as marcas internacionais terem isenção de impostos aqui pode ser um extra.

3. Aventura Pura (Whistler, Canadá)

Whistler não é para todos. A 2h de Vancouver, esta cidade transpira adrenalina. Na verdade, estamos só a falar do melhor domínio de esqui de toda a América do Norte.

Para ter uma noção, cerca de 2 milhões de pessoas, entre eles muitos jovens, vindos de todo o mundo visitam o local e os melhores de entre os melhores dos desportos de neve já por ali passaram. Foi, inclusivamente, palco para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010.

Diz-se que emana uma energia contagiante e as possibilidades de contacto com a natureza são imensas. Obviamente, vai encontrar as mais variadas pistas de esqui e snowboard, a atração principal. Mas de longe que as atividades se limitam assim.

Aventure-se numa jornada aquática pelo rafting ou de caiaque e participe numa excursão particular de snowmobileMountain bike também é possível e até existe um parque próprio para o efeito.

Pode também dar uma oportunidade aos trilhos pedestres na montanha, aproveitando as muitas cascatas que a compõem. Atividades culturais, como a visita a museus também se prestam aqui.

férias na neve whistler canada

© Twenty20

Sugestão da Saber Viver: Replique a sensação de voar, testando-se ao experimentar andar de tirolesa. Calma, não é tão radical quanto parece.

4. Exclusivo de Inverno (Avoriaz, França)

A história de Avoriaz é curiosa. Este contemporâneo resort de desportos de inverno, foi construído a partir do zero por um promotor imobiliário futurista nos anos 60, com esse mesmo propósito. A sua visão inaugurou-se num planalto, no domínio Alpino de Portes Du Soleil, mesmo na fronteira com a Suíça.

A ausência de carros na vila, geralmente recorre-se a trenós puxados por cavalos – mas circula-se sobretudo a pé, torna-a única e muito à frente na agenda da sustentabilidade.

O mesmo se aplica à sua arquitetura singular, na homogenia dos edifícios revestidos a madeira. A fauna e flora são abundantes, tornando-a irresistível.

Avoriaz é muito procurada por jovens internacionais. As esplanadas dos cafés e restaurantes com as típicas espreguiçadeiras estão sempre ocupadas por quem procura um lugar ao sol e não tem pressa no relógio, apenas desejo de mundo. Está a imaginar?

São mais de 600km  de pistas e no que concerne às atividades de inverno espere, para além do esqui alpino e do snowboard, trenós puxados por cães, parapente e mergulho do gelo. Mas também mountain bike na neve, tobogã noturno e pistas de patinagem.

ferias na neve avoriaz frança

© Shutterstock

Sugestão da Saber Viver: Não perca o completo calendário cultural de inverno. Para distintos meses do ano existem interessantes eventos programados. Em abril, a título de exemplo, decorre um festival de jazz, mas no Natal ou carnaval não espere menos.

5. Hollywood Style (Aspen, EUA)

É o destino de eleição para férias na neve das celebridades da terra do tio Sam, e não só. Esta cidade no centro das montanhas rochosas no estado do Colorado é uma atração para quem tem grande poder económico.

Já foram produzidas canções em sua honra, desde a sua fundação no início do século XIX, e deve o seu nome à abundância de árvores na zona com a mesma designação.

Se se quiser iniciar no esqui está no lugar certo. Aqui, existem pistas para todos os níveis com acompanhamento gratuito de guias e ainda ofertas extra. Se, por oposto, for um amante experiente do desporto, saiba que existem várias pistas pretas. No fundo trata-se de escolher a montanha mais indicada para si.

Fora de pistas é possível conhecer o centro histórico da cidade, numa visita cultural às minas ou perder-se nas cerca de duas centenas de opções, entre boutiques de roupa e galerias de arte, bares e restaurantes.

Um mimo: a música, a dança e o teatro fazem parte do seu calendário cultural, muito ativo. Não descurando atividades como a pesca, escalada ou ciclismo. Cansada? Não fique, muitos hotéis possuem sedutores spas, uma indulgência a não perder, se puder.

férias na neve aspen eua

© Shutterstock

Sugestão da Saber Viver: Nunca andou de balão de ar quente? Tem aqui a sua oportunidade de ouro. Funciona todo o ano, com diferentes paisagens subjacentes, claro.

6. Best Friends (Sierra Nevada, Espanha)

A par com Andorra, é um clássico na preferência recorrente dos portugueses, e a posição geográfica – situa-se a 30km de Granada, no sul de Espanha – é um verdadeiro plus.

De novembro a junho, sensivelmente, as suas montanhas estão cobertas de branco, o que faz com que sua temporada de neve seja das mais longas da Europa. Por sua vez, e o microclima ensolarado que apresenta, é considerado um privilégio por muitos.

Em 1986 foi distinguida como Reserva da Biosfera pela UNESCO e, de facto, a estação de esqui encontra-se no Parque Natural da Sierra Nevada. A sua popularidade tem sido crescente e ficaria surpreendida, pela positiva, com os pacotes vantajosos que muitas agências proporcionam.

Algo que a distingue será comportar o maior parque de snowboard freestyle da Europa. Este tem saltos, halfpipe, boardercross e mais de 70 obstáculos, a loucura total. Em 2017 foi, na realidade, palco para o Mundial de Freestyle.

Ao contrário de outros destinos de neve mais distantes, poderá querer chegar a esta estância vizinha de carro. A Sierra Nevada é ideal para ir com amigos, se se quiser iniciar nos meandros dos desportos de neve e não souber por onde começar. Pronta para esta roadtrip?

ferias na neve sierra nevada espanha

© Shutterstock

Sugestão da Saber Viver: Experimente passar o final do ano aqui, num réveillon que dificilmente esquecerá. A estância tem programas já preparados para esta época, o que poderá constituir uma opção sui generis, diferente do habitual.

7. Montanha VIP (Cervinia, Itália)

O Matterhorn ou Monte Cervino compete com o Monte Branco para montanha mais célebre dos Alpes, do mundo aliás, se bem pensado. Na verdade, já se cruzou com ela mesmo que ainda não lhe tenha posto os pés em cima. Senão veja.

Está a visualizar a embalagem do famoso chocolate Toblerone? Ou o logótipo da Paramount Pictures? Lá está ela, imponente e intemporal, como se a conhecêssemos desde sempre. Cervinia situa-se nesta área e tem ligação direta com a popular estância de Zermatt, na Suiça.

Se quiser ter contacto com o esqui italiano, esta foi considerada a sua capital, por isso é um bom começo. Ideal para iniciantes com alguma experiência, devido às múltiplas pistas largas e extensas e, simultaneamente, de inclinação suave. Mas sobretudo para praticantes intermédios, com extensas pistas azuis. Para os mais corajosos, snowmobiling é uma opção.

Cervinia é calorosa e recebe-o de braços abertos, por isso espere grandes serões noite dentro nos mais ecléticos restaurantes (são cerca de 50 na zona, de preços mais confortáveis ou mais dispendiosos).

Pode inclusivamente visitar alguns restaurantes de hotéis onde não esteja hospedado. Segue-se uma competição de quizzes, antes dos bares e discotecas.

férias na neve cervinia itália

© Shutterstock

Sugestão da Saber Viver: Aproveite uma noite para se estrear no fondue de queijo, tão típico daquela região. E repita, se gostar muito. Nada a fará sentir-se mais integrada e dentro do espírito vigente.

Últimos