Bem-estar

Sofre de stresse? 20 minutos em contacto com a natureza ajuda

São as perturbações do século XXI, afetando milhões de pessoas em todo o mundo. Um novo estudo sugere que o contacto com a natureza é fundamental para ultrapassar a ansiedade e o stresse.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Sofre de stresse? 20 minutos em contacto com a natureza ajuda
© Getty Images
Marta Chaves
Escrito por
Nov. 27, 2019

Não há cura para o stresse, a ansiedade ou qualquer outro problema relacionado com a saúde mental. Cabe-nos somente a nós conduzirmos o nosso dia a dia de forma a que consigamos controlar o excesso de stresse que sentimos e optar por medidas que nos ajudem a lidar com este problema.

Parece que ir para a rua e estar em contacto com a natureza durante apenas 20 minutos é um dos métodos eficazes nos mantermos saudáveis ao nível mental. Levado a cabo pela Universidade de Michigan, este estudo tinha como objetivo perceber de que forma, e em quanto tempo, os níveis de cortisol (a hormona do stresse) diminuíam.

Foi pedido aos participantes para estarem ao ar livre pelo menos 10 minutos, três vezes por semana, e tanto antes como depois foram-lhe retiradas amostras de saliva para analisar a quantidade de cortisol. Sem limite de tempo, podiam também escolher atividades para fazer junto da natureza.

As únicas restrições é que não podiam fazer exercício físico demasiado exigente (como correr, por exemplo), estar nas redes sociais, falar ao telemóvel e ler mais do que 10 minutos.

O estudo concluiu que, tanto a passear como sentado, é benéfico ficar entre 20 a 30 minutos na natureza para que a queda dos níveis de cortisol seja maior. Foi isto que aconteceu com os participantes.

Os níveis muito elevados de cortisol podem ter efeitos no organismo como: aumento da pressão arterial, dores de cabeça, de estômago, e, em casos mais graves, levar a problemas cardíacos.

Últimos