Nutrição

8 especiarias diferentes a experimentar pelo menos uma vez

Tem receio de testar novas especiarias? Está na hora de sair da sua zona de conforto! Os condimentos que lhe recomendamos são altamente benéficos para a saúde e muito mais fáceis de utilizar do que imagina. Experimente.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
8 especiarias diferentes a experimentar pelo menos uma vez
© Unsplash
Filipa Basílio da Silva
Escrito por
Set. 15, 2020

Se costuma temperar os pratos com a tradicional pimenta, continue a ler. É que pode estar a limitar as suas opções culinárias por medo de não gostar de algum paladar mais inusitado.

A boa notícia? Reunimos uma lista de oito especiarias diferentes das que habitualmente usamos na gastronomia portuguesa, e por certo que irá adotar algumas na preparação das refeições do dia a dia.

Verá que não só ajudam a acentuar os sabores dos seus pratos, como ainda oferecem benefícios adicionais para a sua saúde. Estes condimentos encontram-se à venda na maioria dos supermercados e hipermercados.

As especiarias devem ser utilizadas com moderação, de forma a não sobrepor os seus sabores e aromas aos dos restantes ingredientes.

8 especiarias a experimentar

Alecrim

alecrim

É uma erva de sabor forte e característico, comum na região do Mediterrâneo. Alguns estudos sugerem que ajuda a melhorar a memória.

Contém: Flavonoides, fibras, ferro e cálcio.
Como usar: Para aromatizar pratos de peixe, marinadas e carnes.

A receita de peixe assado com alecrim que vai adorar!

Açafrão-da-Índia

É uma especiaria com propriedades nutricionais excecionais, que ajudam a melhorar a resposta imunológica do organismo.

Contém: Vitamina C, potássio, ferro e fosforo.
Como usar: Na confeção de pratos como o caril, a paelha, risoto, sopa.

Cardamomo

cardamomo

Da mesma família do gengibre, o seu sabor é suave mas persistente. Destaca-se o seu poder anti-inflamatório, antimicrobiano e antissético.

Contém: Cálcio, magnésio e vitamina C.
Como usar: Em pratos de carne, peixe, em infusões, sobremesas.

Cominhos

cominhos

Podem ser utilizados em sementes ou em pó. Têm um aroma forte e apimentado. Favorece o bom funcionamento do sistema digestivo.

Contêm: Ferro e magnésio.
Como usar: Combina bem com leguminosas e pratos mexicanos ou indianos.

Gengibre

gengibre

Tubérculo caracterizado pelo seu sabor fresco e picante. Tem uma forte ação anti-inflamatória e antibacteriana, e é muito utilizado para combater os enjoos.

Contém: Zinco, potássio, magnésio, e antioxidantes.
Como usar: Em estufados, salteados, guisados, chás e bolos.

Sementes de mostarda

sementes mostarda

De sabor intenso e apimentado. Atenção: ingerir elevadas doses desta especiaria pode causar irritação da mucosa intestinal.

Contêm: Selénio, fósforo, magnésio, e triptofano.
Como usar: Em carnes e na preparação de variados molhos.

Paprika

paprika

A paprika provém do pimentão-doce seco. O seu sabor pode variar de adocicado a picante. Possui uma elevada ação antioxidante, ajuda a regular a tensão arterial e melhora o perfil lipídico.

Contém: Fibra, proteínas e capsaicina.
Como usar: Pratos de legumes, de carne, estufados e sopas.

Tomilho

tomilho

É uma especiaria de sabor fresco e muito aromática, com mais de 60 variedades diferentes. Excelente no combate aos radicais-livres, retarda o envelhecimento das células e aumenta os níveis de colesterol “bom” (HDL).

Contém: Betacaroteno, óleos voláteis e manganésio.
Como usar: Para temperar saladas, sopas, e aromatizar pratos de peixe e de legumes.

Últimos