Beleza

Estes são os ingredientes antienvelhecimento a conhecer

A sua pele pede por um creme antienvelhecimento e não sabe por onde começar? Aqui estão os componentes que pode começar por introduzir no seu vocabulário cosmético. Retinol, ácido hialurónico ou ceramidas. Já ouviu falar? Mas há mais.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Estes são os ingredientes antienvelhecimento a conhecer
© Getty Images
Marta Vieira
Escrito por
Abr. 24, 2020

No encantado e, por vezes, complexo mundo da beleza, uma das áreas de skincare que mais frenesim – e dúvidas, diga-se – suscita é o envelhecimento. O segredo da juventude eterna é, e será sempre o mais cobiçado.

Os sinais do envelhecimento na pele são muitos. Já ouviu falar de linhas finas, rugas, cicatrizes, manchas, flacidez ou papos? Temos a certeza que sim.

A verdade é que a idade da pele depende tanto de fatores genéticos como ambientais e, claro, dos cuidados de beleza que se disponibilizar a ter.

É aqui que nós entramos. Quando compra ou quer comprar um produto de uma gama antienvelhecimento sabe ler os rótulos? Entende as letras pequenas e percebe cada nome complicado?

Conhecer os ingredientes nestes produtos é no mínimo desafiante. Conte connosco.

Componentes antienvelhecimento a conhecer

Ácido retinoico

Também conhecido como tretinoína é uma forma de vitamina A e promove o processo de renovação celular. Muitos especialistas consideram ser o único a conseguir reverter os sinais do envelhecimento, para além do seu retardamento.

É muito eficaz com a acne, mas também com manchas de idade, cicatrizes e melasma. O seu efeito é rápido, no entanto demasiado potente para algumas pessoas, que acusam os seus efeitos colaterais intensos como secura da pele, descamação, coceira e sensibilidade.

A sua aplicação obedece a um protocolo rígido, sendo imprescindível a sua utilização à noite e o uso do protetor solar associado.

Retinol

É também um derivado da vitamina A e um dos ingredientes mais populares entre a cosmética anti-idade. Tal como o anterior, é um retardador do envelhecimento, embora menos potente e melhor tolerado pela pele, sendo por isso mais recomendado.

O resultado obtido é mais ténue, mas os efeitos secundários menos evasivos e a utilização simplificada. Atua na genética das células e potencia a sua renovação e produção de colagénio.

Permite mais firmeza e menos rugas ou marcas. É um ingrediente sensível à luz solar, por isso é preferível ser usado à noite, embora hajam fórmulas mais leves para de dia.

Vitamina C

Este é um dos componentes mais comum nos produtos de cuidado com a pele hoje em dia. É bastante rico em ativos rejuvenescedores.

Tal como os anteriores, permite o aumento da produção de colagénio, sendo também um antioxidante que combate e protege a pele contra dos danos dos radicais livres. Assim, atua na redução de rugas, na uniformização do tom de pele, dando luminosidade à mesma. É possível ser ingerida em comprimidos.

Uma curiosidade, como é um ingrediente sensível à luz, é importante que ao comprar este produto as embalagens sejam opacas, para evitar a degradação do mesmo.

Ácido Hialurónico

Eis um ingrediente que certamente já ouviu falar. Este é outro dos poderosos da cosmética anti-idade, até muito associado aos designados “preenchimentos”, com efeitos entre seis meses a dois anos.

Fora nas referidas intervenções estéticas, os seus efeitos não são permanentes, podem mesmo ir desaparecendo durante o dia, pelo que é necessária uma aplicação constante dos produtos.

O que fazem? Promovem a hidratação da pele ao ajudar a reter a água, pelo que esta fica com uma aparência mais jovem, preenchida e firme. Algo positivo, como é um composto encontrado naturalmente na pele, dificulta a ocorrência de irritações ou reações alérgicas.

AHA e BHA

Tratam-se, respetivamente, de alfa e beta-hidroxiácidos. São derivados de frutos com propriedades rejuvenescedoras e em concentrações altas funcionam como exfoliantes químicos. Isto é, removem quimicamente as camadas mais superficiais da pele.

Para além de estimularem a produção de colagénio e regularizarem o tom da pele, permitem que os restantes produtos sejam melhor absorvidos por esta.

O AHA, mais conhecido é o ácido glicólico, utilizado em tónicos, géis de limpeza e cremes. Estes ingredientes funcionam especialmente bem em peles normais e secas. Reduzem os sinais de envelhecimento como a hiperpigmentação, linhas finas e rugas.

Já o BHA mais recorrente é o ácido salicílico. Embora possa reconhecê-lo do tratamento para a acne, é também muito efetivo contra o envelhecimento. São adequados para quem tem poros dilatados ou mesmo pontos obstruídos, sendo ótimo para combater a oleosidade da pele e também as rosáceas, vulgares vermelhidões.

Quem for alérgico à aspirina deve evitá-lo, pois o composto químico é idêntico ao usado neste medicamento.

Ceramidas

Estas moléculas são as protetoras da região cutânea e, por isso mesmo, vai querer tê-las como aliadas. Parte integrante da estrutura da pele, compõem 50% dos lipídeos da mesma, pelo que preservam a hidratação desta ao mesmo tempo que zelam pela sua proteção.

A verdade é que uma pele seca pode exacerbar a aparência de linhas finas e rugas, por isso, se a quer luminosa, saudável e hidratada, recorra a este componente.

Os cremes com ceramidas são indicados para peles sensíveis ou desgastadas pelo sol, sendo que por vezes são utilizadas para ajudar a cuidar de eczemas.

Niacinamida

Este ingrediente é uma forma de B3 e também pode ter o nome de nicotinamida. É solúvel em água e ótimo na questão da hidratação, uma vez que aumenta a síntese das ceramidas naturais da pele.

A nicotinamida é outra das maravilhas do mundo da cosmética. Porquê utilizá-la? Regula a produção de sebo, reduz a pigmentação, combate os radicais livres, protege contra os efeitos do sol, trata a acne e, o mais importante aqui, retarda o envelhecimento, através do aumento de colagénio e elastina.

É ainda ideal para peles sensíveis. Os seus benefícios individuais são imensos.

Outros

A ideia deste artigo foi sempre a de lhe dar as bases de informação necessárias para começar a prestar atenção aos rótulos dos seus produtos de beleza antienvelhecimento.

Escolhemos, por isso, 7 poderosos ingredientes e, talvez também, os mais comuns. Mas saiba que o universo da beleza é infindável e há sempre mais e mais opções.

Se se quiser inteirar por completo deste tema, pesquise também acerca dos seguintes componentes: hidroquinona, péptidos e ácido azelaico. Mas também sobre resveratrol ou ácido láctico, sem esquecer a vitamina E.

Últimos