Dinheiro

Limpeza de outono. 5 ideias para reduzir o stresse das suas finanças

Aproveite um dia de chuva para limpar as suas finanças: corte, poupe, antecipe e organize.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Limpeza de outono. 5 ideias para reduzir o stresse das suas finanças
Escrito por
David Almas
Out. 24, 2019

Apenas precisa de uma ou duas horas para simplificar a sua vida financeira e reduzir o stresse que tem com o dinheiro. Faça um chá, recolha os extratos bancários e traga as contas. Está na hora da limpeza de outono das suas finanças pessoais.

1. Corte no supérfluo

É, no mínimo, irritante quando surge inesperadamente um pagamento para fazer. Se tiver débitos diretos, o saldo bancário pode emagrecer inesperadamente.

Descubra o que está a pingar nas suas contas e feche a torneira ao que não é necessário. Muitas vezes, basta um e-mail ou um rápido telefonema para cancelar um serviço ou uma subscrição.

2. Corrija o que não está bem

Até agora, era uma dor de cabeça descobrir onde está a gastar dinheiro. Agora, graças à nova legislação, os bancos estão a lançar soluções que agregam todos os seus movimentos em todas as suas contas bancárias. É o caso do Dabox, promovido pela Caixa Geral de Depósitos, que, além de agregar a informação de todas as suas contas, permite saber em que mais gasta.

Confirme o que faz sentido e corrija o que tem de melhorar. Os restaurantes estão a pesar muito no seu orçamento? Cozinhe em casa. Gasta muito no ginásio que raramente visita? Cancele.

3. Aumente a poupança

Uma das maiores fontes de stresse é saber-se que não há uma boia de salvação. O que fazer se ficar desempregada? Ou se tiver de fazer uma obra inesperada em casa? Ou se tiver um acidente automóvel?

Depois de cortar no desnecessário e corrigir as suas despesas, é possível que consiga aumentar a poupança. Canalize-a para um pé-de-meia de emergência e durma melhor.

4. Ponha-se em primeiro lugar

As decorações de Natal, que já começaram a chegar às lojas, são um lembrete doloroso de que terá uma vasta lista de compras até à Consoada. É uma boa ideia antecipar a aquisição dos presentes, mas pense em si primeiro.

O seu equilíbrio — mental e financeiro — é mais importante. Procure reduzir o stress natalício: diminua a lista, pense em prendas que possa fazer em casa, combine com a família a eliminação de presentes desnecessários ou sugira prendas coletivas. E não se esqueça de oferecer a si própria o melhor presente.

5. Organize a desorganização

Pense: se tivesse apenas uma conta à ordem, um cartão de crédito e uma conta de poupança ou outra alternativa de aforro, a sua vida não seria muito mais simples e gerível do que com vários bancos?

Cortar relações com as instituições financeiras é uma grande fonte de serenidade. Experimente: fique apenas com o melhor.

Últimos