© GettyImages

Conheça as alternativas ao plástico e reveja as suas embalagens

Está na altura de prescindir deste material e cada um de nós tem o papel principal nesta tarefa. Saiba que alternativas ao plástico deve considerar em casa, quando vai às compras, na roupa e até na higiene pessoal.

O Ministério do Ambiente português já garantiu que até ao início de 2022 Portugal vai banir os utensílios de plástico descartáveis. E já foi aprovada a proibição do uso de sacos e embalagens de plástico e esferovite na venda de pão, fruta e legumes.

Talvez esteja a pensar que será apenas necessário recorrer a plástico reciclável, mas pode e deve fazer muito mais no seu dia a dia.

Siga os conselhos que William McCallum reuniu no livro Viver Sem Plástico (Objectiva) e Ana Milhazes, no Guia Desperdício Zero. Dizemos-lhe ainda onde pode comprar produtos alternativos ao plástico.

15 alternativas ao plástico e aos descartáveis

Portáteis

Em vez de comprar garrafas de plástico, opte por usar garrafas reutilizáveis em aço inoxidável ou vidro.

garrfa em axo alternativa ao plástico

Garrafa de vidro para água
Flaska, 31€


As palhinhas de plástico são outro utensílio que deve substituir, pode escolher entre as de aço inoxidável e as de bambu.

palhinhas em aço alternativas ao plástico

Conjunto de 3 palhilhas em axo inoxidável
Sucka, cerca de 11,30€


Para evitar usar talheres de plástico, pode ter sempre consigo um kit de bambu e até os seus próprios pauzinhos para comer comida asiática.

talheres em bambu alternativas ao plástico

Conjunto de talheres em bambu, com bolsa de algodão bio
Círculo Bio, 8,55€


Outro utensílio que deve ter para combater o desperdício é um copo ou, melhor, dois, um grande (serve para água, sumo e cerveja), e um pequeno para o café.

copo reutilizável alternativa ao plástico

Copo reutilizável e dobrável
Pegada Verde, 14,95€


Tal como o copo, tenha ainda um pano para embrulhar comida de rua, em vez de usar guardanapos. Outra sugestão, é usar lenços de pano em vez dos de papel.

bolsa para lanches alternativa ao papel

Bolsa para lanches impermeável
Pegada Verde, 8,95€


Compras

Tenha sempre consigo um ou mais sacos para ir às compras. Os de pano dobram-se e não pesam na sua carteira.

saco de pano para compras alternativo ao plástico

Saco de pano
Mazurca, 75€


O problema é que, quando vai às compras, o plástico está em todo o lado e há vários alimentos embalados e pré-confecionados…

O primeiro passo para os evitar é comprar a granel. Nesse caso, opte por levar frascos de vidro para colocar cereais, leguminosas, massas, arroz…

frascos em vidro alternativa ao plástico

Frascos em vidro com tampa hermética
Kasa, a partir de 3,20€


Para a fruta e os vegetais, leve sacos de rede ou de organza. Outra opção é usar os sacos de papel que algumas lojas já têm. Compre café a granel em vez  das cápsulas, e folhas secas para fazer chá em vez das saquetas (que também contêm plástico).

Mas há mais embalagens a evitar, os pacotes de batatas fritas e de bolachas (faça antes as suas!) são dois bons exemplos.

saco em rede para compras alternativa ao plástico

© Instagram Maria Granel

Saco de rede para frutas e legumes 
Maria Granel, 6,50€


Limpeza

Use panos reutilizáveis em vez de toalhitas ou esponjas e opte por detergentes ecológicos. Em vez de usar detergentes comuns para as limpezas, recorra a alguns produtos que costuma ter em casa; exemplo disso são o vinagre, o limão  e o bicarbonato  de sódio.

As nozes de saponária podem ser usadas para lavar roupa na máquina ou para fazer detergentes caseiros com diferentes usos.

detergente ecológico

Detergente multiusos ecológico
Celeiro, 5,24€


Roupa

Grande parte da roupa que compramos contém fibras sintéticas, como o poliéster e o nylon, que contêm microplásticos que vão parar ao mar.

Isto acontece não só quando a deitamos fora, mas também quando a usamos e lavamos. Para minimizar este flagelo, use sacos para máquina de lavar que retêm as microfibras.

saco para máquina de lavar para evitar microplásticos

Saco para a máquina de lavar
Langbrett, 29,75€


O ideal é comprar menos roupa, arranjar a que já tem e comprar em segunda mão, além de optar por materiais naturais.

biquini em econyl da Conscious swimwear

© Instagram Conscious Swimwear

Parte de cima de biquíni com 78% econyl
Conscious Swimwear, 55€


Higiene pessoal

Em vez de champôs líquidos, gel de duche, desodorizantes e pastas de dentes, que costumam ser embalados em recipientes de plástico, opte pelas suas formulações sólidas.

champô sólido alternativa embalagem de plástico

Champô sólido Jason and The Argan Oil
Lush, 9,50€ (55g)


E da próxima vez que tiver de trocar de escova de dentes, opte por uma de bambu.

escovas de dentes de bambum alternativas ao plástico

Escova de dentes em bambu
Bamb&Bo, 4,95€ a cada três meses (subscrição)


Sabia que o fio dentário também pode ser feito de produtos naturais como cardamomo, carvão e menta? Experimente.

fio dentário ecológico

Fio dentário natural de cardamomo
Mindthetrash.com, 7,95€


Evite também os cosméticos com microesferas, como os esfoliantes, que contaminam as águas. Opte ainda por discos de algodão reutilizáveis para retirar a maquilhagem, esponjas naturais para esfoliar e cotonetes de bambu e algodão.

discos de algodão reutilizáveis

Conjunto de 4 discos de algodão bio 
Maria Granel, 5,99€


Quanto  ao papel higiénico, procure marcas com embalagens em papel e troque os pensos higiénicos comuns pelo copo menstrual. Faça o mesmo com as fraldas, já há várias reutilizáveis.

fralda reutilizável alternativa

Fralda reutilizável para recém-nascido
Fluffy Organic & Eco, 19,90€

Empresas contra o plástico: bons exemplos a seguir

A consciência dos perigos do plástico está também a chegar ao mundo empresarial e há alguns exemplos de políticas que visam a diminuição do uso daquele material.

Um exemplo disso é o Programa de Redução de Plásticos da MSC Cruzeiros, que visa eliminar progressivamente ou substituir praticamente todos os objetos plásticos descartáveis da sua frota até março de 2019.

Até 2020, a Starbucks vai eliminar as palhinhas de plástico nas suas mais de 28 mil lojas em todo o mundo, substituindo-as por uma nova tampa.

Os hotéis Marriott estão a fazer  o mesmo, apontando  o próximo ano como meta nas suas 6,5 mil propriedades no mundo.

Desde agosto, os supermercados Lidl deixaram de ter produtos de plástico descartável, sendo substituídos por alternativas recicláveis.

O mesmo vai acontecer com a Ikea até 1 de janeiro de 2020, embora nos seus restaurante e cafés esses mesmos produtos já estejam a ser retirados.

Para a Adidas, o ano de 2024 também vai ser histórico nesta luta ambiental.  A partir daí, a marca vai usar apenas poliéster reciclado nas suas roupas e sapatos. Desde 2016 que a Adidas está a produzir ténis feitos a partir de garrafas de plástico recicladas e com plásticos retirados dos oceanos, em parceria com a Parley, uma organização de defesa do ambiente.

livro viver sem plástico

De William McCallum, 14,90€ (Objetiva)

Sabia que…

8 milhões de toneladas de plástico vão parar o fundo dos oceanos todos os anos80% do lixo presente nos oceanos é plástico

300 mil toneladas de plástico chegam ao mar mediterrâneo anualmente

450 anos é o tempo que uma garrafa de plástico demora a decompor-se

330 milhões de toneladas de plástico são produzidas por ano

20% dos peixes da costa portuguesa ingerem microplásticos

Fontes: ONU; World Wild Fund; Viver sem Plástico, de Will Mccallum; Guia Desperdício Zero, de Ana Milhazes

Costuma usar algumas destas alternativas ao plástico no seu dia a dia? Antes de ir de férias, descubra 9 dicas para praticar turismo sustentável.

A versão original deste artigo foi publicada na revista Saber Viver nº 227, maio de 2019.
Mais sobre ecologia

Comentários

Conheça as alternativas ao plástico e reveja as suas embalagens

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.