Dinheiro

5 conselhos para começar a investir em ativos financeiros

Está a pensar em investir em ativos financeiros, mas não sabe por onde começar? Estes são os cinco conselhos para iniciantes.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
5 conselhos para começar a investir em ativos financeiros
Vanessa Pina Santos
Escrito por
Vanessa Pina Santos
Jun. 13, 2019

Afinal, o que são ativos financeiros? Explicado de uma forma simples, os ativos financeiros podem ser definidos como tudo aquilo que pode ser negociado no mercado de valores mobiliários. Exemplo disso são as moedas de diversos países, as ações, o ouro, os fundos de investimento, entre outras opções.

É sabido que investir em ativos financeiros é algo mais comum entre os homens. No entanto, um estudo da Fidelity Investments veio mostrar que as mulheres, além de pouparem mais, conseguem ter um retorno financeiro maior com os seus investimentos do que os homens.

A construção de planos financeiros com objetivos bem definidos a longo prazo, um perfil mais conservador e uma carteira mais diversificada são alguns dos motivos, apontados pelo estudo, que fazem com que as mulheres sejam mais bem-sucedidas do que o género masculino.

Então porque razão as mulheres não investem tanto como os homens? A pouca formação na área e a falta de confiança em dar o primeiro passo fazem com que muitas mulheres não explorem o belo mundo que é o dos investimentos.

Se está a pensar em começar a investir, siga estes cinco conselhos para se lançar como investidora. Mas atenção: não invista se não tem nenhum fundo de emergência.

5 conselhos para começar a investir em ativos financeiros

1. Em primeiro lugar, informe-se

Quer começar a investir, mas não sabe no quê, nem como. “O principal conselho é a formação para que possa ter noções, no mínimo básicas, dos diferentes tipos de ativos e riscos associados”, diz-nos Eduardo Alves, diretor de Investimentos do Banco Best.

Hoje em dia, já pode encontrar muita informação disponível não só em livros, mas também na Internet. No site da Proteste Investe, da Deco, por exemplo, poderá encontrar informação sobre diferentes tipos de produtos financeiros.

 

Se procura formação, saiba que existem várias opções online nas plataformas Udemy e Coursera. A corretora XTB, também costuma disponibilizar cursos com alguma regularidade.

Nesta primeira fase, é importante que fique a conhecer os “diferentes tipos de investimentos disponíveis no mercado, a liquidez associada, o risco e a rendibilidade histórica e estimada em relação a cada um deles”, adianta Eduardo Alves.

2. Invista pequenos montantes

Não invista tudo o que tem, muito menos num só produto. Não existe nenhum ativo financeiro seguro, mas o segredo para correr menos risco é investir pequenos montantes em diferentes produtos financeiros.

Eduardo Alves, diz-nos, também para “consultar, sempre que possível, alguém com mais experiência no tipo de investimento que se pretende efetuar”.

3. Estabeleça objetivos

Sem objetivos não existe propósito e sem propósito não há motivação. Defina objetivos para o resultado dos seus investimentos, como por exemplo: fazer uma viagem, abrir um negócio próprio ou atingir a independência financeira.

“O ideal será mesmo definir diferentes objetivos com diferentes prazos de realização (curto, médio e longo prazo) de modo a poder ajustar-se aos diferentes prazos das suas aplicações financeiras”, explica Eduardo Alves à Saber Viver.

4. Identifique o seu perfil de investidora

Antes de escolher o tipo de ativo financeiro em que pretende investir, deverá identificar o seu perfil de investidora. Isto, porque assim será mais fácil saber quais são as aplicações mais adequadas ao risco que está disposta a correr.

Existem, essencialmente, três tipos de perfil: conservador, moderado e agressivo, estando o primeiro menos disposto a correr risco do que o último.

O teste para descobrir qual é o seu perfil é simples e está disponível em várias instituições financeiras. O site Saldo Positivo, da Caixa Geral de Depósitos, disponibiliza um quizz online, que poderá fazer aqui.

5. Tenha paciência e disciplina

Aparecem no final da lista, mas estas são as “duas qualidades essenciais para o sucesso de qualquer investidor”, explica Eduardo Alves, diretor de Investimentos do Banco Best.

Investir requer uma grande dose de paciência e disciplina, principalmente quando se aposta em mercados varáveis, como é o caso das ações.

Quais são os ativos financeiros mais adequados para iniciantes?

Perguntámos a Eduardo Alves quais seriam os produtos financeiros mais adequados para quem está a começar nesta jornada. No entanto, não existe uma resposta correta.

A escolha do produto financeiro vai depender do prazo em que se pretende colher os frutos do nosso investimento, ou seja, podemos investir em ativos com maior ou menor liquidez e com menor ou maior risco associado.

De uma maneira geral, a escolha dos ativos financeiros irá depender dos objetivos que se pretende atingir, do risco, do prazo, do montante a investir e, ainda, do nosso perfil de investidora.

No entanto, a opção mais adequada para iniciantes poderá ser os fundos de investimento, visto que “são investimentos diversificados e geridos por profissionais e que estão acessíveis desde pequenos montantes de investimento”, diz-nos Eduardo Alves.

“Dentro dos fundos existem muitas opções, desde fundos com risco mais controlado, por exemplo, investindo em obrigações, até fundos com risco mais elevado, investindo em ações, sem esquecer os fundos mistos, que investem em vários tipos de ativos de forma a ter um risco intermédio”, acrescenta Eduardo Alves.

Fontes: Estudo Fidelity – Who’s the Better Investor: Men or Women?

Preparada para começar a investir? Saiba, ainda, como atingir a independência financeira. 

Últimos

Tudo o que precisa de saber para começar a fazer networking
Carreira
Tudo o que precisa de saber para começar a fazer networking
5 questões a colocar antes de escolher o seu personal trainer
Fitness
5 questões a colocar antes de escolher o seu personal trainer
Acha que sabe quem são as princesas da Disney? Faça o quiz
Cultura
Acha que sabe quem são as princesas da Disney? Faça o quiz
Crónica. O que é que a Astrologia tem a ver com tijolos e felicidade?
Horóscopo
Crónica. O que é que a Astrologia tem a ver com tijolos e felicidade?
21 ideias de decoração de quarto de bebé (de se derreter)
Casa
21 ideias de decoração de quarto de bebé (de se derreter)
Quer trabalhar a partir de casa? Siga estes 4 conselhos
Carreira
Quer trabalhar a partir de casa? Siga estes 4 conselhos
O que fazer no fim de semana de 20 a 22 de setembro
Cultura
O que fazer no fim de semana de 20 a 22 de setembro
8 bares para beber os melhores cocktails em Lisboa
Restaurantes e bares
8 bares para beber os melhores cocktails em Lisboa
Esta estação, adira à tendência do rosto sem maquilhagem
Beleza
Esta estação, adira à tendência do rosto sem maquilhagem
Pessoas otimistas têm maior probabilidade de viver até aos 85 anos (ou mais)
Bem-estar
Pessoas otimistas têm maior probabilidade de viver até aos 85 anos (ou mais)
7 lojas de decoração budget friendly que deveria conhecer
Casa
7 lojas de decoração budget friendly que deveria conhecer
As saias longas são um dos modelos mais trendy deste outono-inverno
Moda
As saias longas são um dos modelos mais trendy deste outono-inverno