Carreira

Quer criar o seu negócio? Conheça os apoios ao empreendedorismo feminino

Para se tornar numa empreendedora de sucesso, o caminho pode ser bastante logo. Fique a conhecer quatro iniciativas de apoio ao empreendedorismo feminino.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
empreendedorismo feminino
Vanessa Pina Santos
Escrito por
Vanessa Pina Santos
Jun. 07, 2019

Um estudo realizado pelo grupo Metro, que analisou a experiência das mulheres empresárias em dez países, mostrou que mais de metade das portuguesas inquiridas (54%) afirma ter vontade de iniciar o seu próprio negócio.

No entanto, a maior parte das mulheres confessa que a probabilidade de realizarem essa ambição é baixa. Como principais barreiras à concretização desse sonho, apontam a falta de apoio financeiro (56%), a situação económica do país (53%), as taxas e impostos (36%) e a falta de aconselhamento (16%).

Apesar do panorama ser pouco animador, Portugal foi considerado o sexto melhor país para mulheres empreendedoras, segundo um outro estudo realizado pela Mastercard, em 2018.

Para chegar a estes resultados, o estudo analisou o grau de preconceito contra as mulheres como uma força de trabalho, o acesso a instrumentos financeiros e os apoios existentes ao empreendedorismo de cada país.

Os resultados destes estudos, mostram que é necessário tomar medidas não só para acabar com estereótipos relacionados com o empreendedorismo feminino, como também para incentivar as mulheres a criarem o seu próprio negócio.

Como já era de esperar, são os países mais desenvolvidos que disponibilizam melhores condições para as mulheres que querem criar o seu próprio negócio. Por melhores condições, entende-se apoios financeiros e programas de consultoria, por exemplo.

Os resultados destes estudos mostram que é necessário tomar medidas não só para acabar com estereótipos relacionados com o empreendedorismo feminino, como também para incentivar as mulheres a criarem negócios.

Se sente que este é o momento certo para avançar com o seu projeto , mas não sabe por onde começar, comece por explorar a lista seguinte (se for online, estes passos também podem ajudar).

4 iniciativas de apoio ao empreendedorismo feminino

1. Formação Avançada para Mulheres Empreendedoras (FAME)

O programa FAME, criado pelo Instituto para o Fomento e Desenvolvimento do Empreendedorismo em Portugal (IFDEP), assenta em três pilares cruciais: formação, consultoria e apoio financeiro.

O primeiro passo é a formação, onde as participantes aprendem conceitos de gestão fundamentais para a construção de um negócio. Esta formação tem como objetivo atribuir as condições necessárias à constituição e consolidação de micro e pequenas empresas.

Após a formação, é a fase da consolidação do plano de negócios e a sua implementação. Para isso, as participantes terão de completar com sucesso as aulas de formação.

Este programa disponibiliza ainda um apoio financeiro para todas as mulheres que tiverem frequentado com aproveitamento a parte formativa e possuírem um plano de negócios aprovado pelo IFDEP.

2. WEgate

A WEgate é uma plataforma, criada pela União Europeia, onde pode encontrar conselhos práticos de como criar e gerir uma empresa. Mas não só.

Nesta plataforma, vai encontrar todos os materiais necessários para construir o seu caminho de empreendedora: formação, ajuda na procura de financiamento, contactos e informações sobre organizações de apoio, em toda a Europa.

Terá ainda acesso a dados da comunidade europeia de Business Angels, que ajuda mulheres empresárias a conseguirem financiamento para os seus projetos. Além de contribuir para a criação de uma rede de networking.

3. Women winwin

Nesta comunidade, vai poder estar em contacto com outras empreendedoras, pesquisar negócios, encontrar novas oportunidades e partilhar as suas ideias.

A Women winwin conta ainda com um programa de Business Mentoring, onde é estabelecida uma relação entre empresários (mulheres e homens) e empreendedoras em várias fases de desenvolvimento do seu projeto ou empresa.

Cada participante terá direito a um mentor (empresário ou empresária), durante um ano, que irá ajudar na implementação do plano de negócios proposto.

4. Exchange – Ativar o Empreendedorismo Feminino

Criado pela plataforma para a Educação do Empreendedorismo em Portugal (PEEP), o projeto Exchange tem como objetivo a promoção da inclusão das mulheres, nomeadamente, desempregadas e imigrantes.

Nesta plataforma, irá encontrar vários vídeos que relatam histórias de mulheres de todo o mundo. O objetivo é fazer com que outras mulheres se sintam encorajadas a empreender os seus projetos.

Outras plataformas e iniciativas que promovem o empreendedorismo feminino:

Associação Nacional das Empresárias (ANE);

Associação Adoro ser mulher;

Mulheres à obra;

Prémio Mulheres Inovadoras, da União Europeia.

 

Fontes: Estudo MetroPrivate Business Study – ; estudo Mastercard – Index of Women Entrepreneurs -.

Veja, ainda, estas 8 ideias para se tornar numa empreendedora de sucesso. 

Últimos

Tudo o que precisa de saber para começar a fazer networking
Carreira
Tudo o que precisa de saber para começar a fazer networking
5 questões a colocar antes de escolher o seu personal trainer
Fitness
5 questões a colocar antes de escolher o seu personal trainer
Acha que sabe quem são as princesas da Disney? Faça o quiz
Cultura
Acha que sabe quem são as princesas da Disney? Faça o quiz
Crónica. O que é que a Astrologia tem a ver com tijolos e felicidade?
Horóscopo
Crónica. O que é que a Astrologia tem a ver com tijolos e felicidade?
21 ideias de decoração de quarto de bebé (de se derreter)
Casa
21 ideias de decoração de quarto de bebé (de se derreter)
Quer trabalhar a partir de casa? Siga estes 4 conselhos
Carreira
Quer trabalhar a partir de casa? Siga estes 4 conselhos
O que fazer no fim de semana de 20 a 22 de setembro
Cultura
O que fazer no fim de semana de 20 a 22 de setembro
8 bares para beber os melhores cocktails em Lisboa
Restaurantes e bares
8 bares para beber os melhores cocktails em Lisboa
Esta estação, adira à tendência do rosto sem maquilhagem
Beleza
Esta estação, adira à tendência do rosto sem maquilhagem
Pessoas otimistas têm maior probabilidade de viver até aos 85 anos (ou mais)
Bem-estar
Pessoas otimistas têm maior probabilidade de viver até aos 85 anos (ou mais)
7 lojas de decoração budget friendly que deveria conhecer
Casa
7 lojas de decoração budget friendly que deveria conhecer
As saias longas são um dos modelos mais trendy deste outono-inverno
Moda
As saias longas são um dos modelos mais trendy deste outono-inverno