Nutrição

Chia: descubra as principais razões para consumir este superalimento

É uma fonte de fibra e traz imensos benefícios para a sua saúde. Descubra como pode consumir chia no dia a dia.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Chia: descubra as principais razões para consumir este superalimento
Marta Chaves
Escrito por
Marta Chaves
Set. 05, 2019

Sabia que chia é a palavra maia para ‘força’? E não é por acaso. Estas sementes acinzentadas estão tão carregadas de nutrientes que os antigos aztecas consumiam-nas regularmente por acreditarem nos seus benefícios para o corpo.

Segundo o livro Gorduras Saudáveis para Viver Mais e Melhor, de Joseph Mercola, as sementes de chia são uma fonte de proteína, ácidos gordos, ómega-3, fibra, minerais, vitaminas e antioxidantes, que pode consumir facilmente no dia a dia.

Há várias razões para começar a incluir este superalimento na sua alimentação. Deixamo-lhe algumas.

 Ajuda a emagrecer. E sabe porquê? Estas sementes têm o poder de saciar quando está com fome. Acontece que quando entra em contacto com o estômago, as sementes formam uma espécie de gel, dilantando-o. Ficamos com a sensação de que esté cheio.

Fonte de fibras. Ajuda imenso com a prisão de ventre e a regular o trânsito intestinal.

É amiga do sangue. Principalmente por ser rica em ómega-3, que ajuda a prevenir coágulos, aumenta a fluidez sanguínea e a diminuir o colesterol.

Pode ser uma ajuda para quem sofre de diabetes. A chia controla os níveis de açúcar no sangue.

“Embora os seus benefícios para a saúde sejam similares aos das sementes de linhaça, as de chia não precisam de ser moídas antes de serem consumidas, e não ficam rançosas com tanta rapidez”, escreve Joseph Mercola.

Como consumir

Pode juntar as sementes de chia em iogurtes, batidos, saladas, sopas, massas ou até por cima de algumas sobremesas. A farinha de chia é também uma opção a juntar a cereais, leite ou para fazer pão e bolos.

O livro acima referido deixa ainda uma advertência. No caso de ter dificuldades de deglutição ou se der sementes de chia a crianças, certifique-se que não são ingeridas seguidas de água. “Estes podem formar rapidamente uma bola de gel capaz de bloquear parcialmente o esófago, o que requererá uma intervenção médica para a retirar”.


Costuma incluir chia nas suas refeições? Conheça ainda os benefícios das sementes de abóbora.

Últimos