Horóscopo

Planetas regentes: um guia para cada signo do zodíaco

Sabe quais as principais características de cada planeta regente? Dizemos-lhe quais os signos que cada um rege e ainda as casas ou áreas de vida que governam.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Planetas regentes: um guia para cada signo do zodíaco
© Getty Images
São Luz, cronista
Escrito por
Mai. 07, 2020

O zodíaco é composto por doze signos e cada signo (e casa astrológica) é governado por um planeta. Em alguns casos é governado por dois planetas. Assim, dizemos que esse ou esses planetas são os regentes dos respetivos signos.

Temos então dez planetas sendo que, por uma questão de facilidade de linguagem, dizemos que os luminares – o Sol e a Lua – são planetas.

Desta vez, iremos falar das principais características de cada um, indicando quais os signos que rege, bem como as casas ou áreas de vida por eles governadas.

Conheça os dez planetas regentes

O Sol

Rege o signo de Leão, bem como a 5ª casa.

Representa o ego consciente e mostra o impulso de cada pessoa para ser ela própria, para se autoconhecer, atingir os seus objectivos e alcançar a harmonia interna.

O Sol é um dos representantes do princípio masculino, fala-nos acerca da mente, da vontade, da energia vital e da motivação, assim como da autoconfiança, da coragem e da determinação.

A Lua

Rege o signo de Caranguejo, bem como a 4ª casa.

Sendo reflectora da energia emanada do Sol, é através dela que o princípio para a materialização opera. Representa os hábitos e acções aprendidas e realizadas de modo inconsciente bem como os comportamentos emocionais inconscientes.

A Lua dá a forma aquilo que foi pensado, rege as capacidades reprodutoras de todas as formas de criação, as oscilações de humor e tudo o que é variável, desde a capacidade de adaptação, a tradição, o passado e os sentimentos.

Fala-nos ainda sobre as capacidades de cuidar, nutrir e proteger.

Mercúrio

Rege os signos de Gémeos e Virgem, bem como a 3ª e a 6ª casa.

Representa o modo como pensamos e comunicamos. Tudo o que é do âmbito da análise, ordenamento e da troca de informação e ideias pertence à esfera de Mercúrio, assim como a necessidade de recolher informação para a processar e comunicar.

Construtivamente, teremos capacidades de análise, comunicação, eloquência, desejo por conhecimento e capacidade de adaptação mental aos inputs que nos chegam bem desenvolvidos.

Do outro lado, está a inquietação mental, o criticismo exagerado, a hipocrisia, a comunicação oca e abundante, a irresponsabilidade e a volubilidade naquilo que se diz.

Vénus

Rege os signos de Touro e Balança, bem como a 2ª e 7ª casa.

Vontade por unir opostos, estabelecer parcerias e criar cooperação em parcerias, amizades, relacionamentos, são assuntos de Vénus.

O modo como nos relacionamos emocionalmente o que vivemos ­­­­­­relaciona-se com Vénus, assim como o idealismo, a sensibilidade para todas as formas de beleza e criação artística.

Os valores são, por isso, um tema central para o que a Vénus diz respeito, seja no que se relaciona com valores materiais ou sentimentais.

Marte

Rege o signo de Carneiro e é co-regente de Escorpião, bem como a 1ª e 8ª casas.

Enquanto Vénus nos fala de união e cooperação, Marte fala de instinto de autopreservação.

Pode manifestar-se de forma mais ou menos agressiva, com o objectivo de defendermos aquilo que não está de acordo com os valores colectivamente adoptados.

Temas de Marte são iniciativa, independência, sentido de aventura, coragem, acção e instinto sexual, em suma, aquilo que nos instiga a procurarmos o nosso lugar no mundo e a afirmarmo-nos enquanto seres individuais.

Júpiter

Rege o signo de Sagitário e é regente da 9ª casa.

Crescimento e expansão, seja aos níveis físico, filosófico ou religioso. Júpiter faz-nos querer ir além das fronteiras conhecidas, alargar os horizontes, expandir possibilidades e divulgar aquilo que conhecemos pelos que estão à nossa volta.

Júpiter fala-nos dos temas relacionados com nobreza, honestidade, vontade por curar e proteger, compreensão, ensino, justiça, generosidade e liberdade.

Saturno

Rege o signo de Capricórnio e co-regente de Aquário e é regente da 10ª casa e co-regente da 11ª casa.

O senhor do tempo e do karma. Saturno é o contraponto à energia expansiva de Júpiter. Representa os princípios da contracção, da limitação, da disciplina e do dever e da perserverança.

Os instintos são refinados, depurados e sublimados, dentro de um sentido de ordem, contenção e mestria, a fim de que os objectivos sejam alcançados e possam perdurar em estruturas definidas e consistente.

Urano

Rege o signo de Aquário e é regente da 11ª casa.

Úrano representa o impulso para a independência, a originalidade e a liberdade – seja ao nível da mente, da emoção ou da realidade material.

As estruturas tornadas obsoletas encontram em Úrano a possibilidade de transformação, através de movimentos imprevisíveis e por vezes bruscos.

Intuição, busca da expansão da consciência, da mudança e da liberdade de auto-expressão são os principais temas que lhe estão associados.

Neptuno

Rege o signo de Peixes e a 12ª casa.

Neptuno fala-nos da dissolução dos limites e da procura por um ideal transcendente. As questões procuram ser refinadas e sublimadas, pelo que encontramos aqui princípios como o amor universal, a generosidade, a compreensão e a dedicação incondicional.

Outras características relacionadas com este planeta são a imaginação, a intuição, o misticismo, a inspiração e a devoção.

Plutão

Rege o signo de Escorpião e a 8ª casa.

Representa o poder que nos instiga à renovação, à morte e renascimento. É o grande agente de transformação que opera a partir do inconsciente profundo – individual e colectivo.

As vivências surgidas através de Plutão têm um cunho de poder, muitas vezes manifestadas por situações de controle, manipulação, abuso e destruição, que surgem de forma subversiva.

No seu aspecto mais elevado, Plutão, capaz de uma imensa força, intensidade e criatividade, opera como o agente de regeneração por excelência de tudo aquilo que precisa ser curado e regenerado.

PS: Na leitura de um mapa astrológico devemos ter em atenção que as características acima apresentadas são muitas vezes modificadas, consoante o signo e a casa que o planeta ocupa, bem como pelos aspectos ou interligações que tem com os outros planetas do mapa natal. Uma análise precisa é do âmbito de uma consulta de Astrologia.

São Luz é astróloga e coach. Desde 2002, dedica-se a diversas áreas do autoconhecimento e do desenvolvimento pessoal como ferramentas para um melhor entendimento de cada etapa da vida. Pode acompanhá-la no Facebook e Instagram.

*artigo escrito ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Últimos