Cultura

10 séries nomeadas para os Golden Globes que vai querer ver

Para quem gosta de estar a par das séries indicadas para os prémios mais cobiçados do pequeno ecrã, os Golden Globes, ou para quem procura apenas uma boa história para passar o tempo, selecionámos 10 séries nomeadas que valem a pena ver.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
10 séries nomeadas para os Golden Globes que vai querer ver 10 séries nomeadas para os Golden Globes que vai querer ver
© D.R.
Ana Carvas
Escrito por
Fev. 18, 2021

As nomeações para os Golden Globe Awards, cuja cerimónia terá lugar no próximo dia 28 de fevereiro, já foram reveladas. Para que possa assistir à 78ª gala dos prémios com uma opinião formada (e porque no dia a seguir não se vai falar de outra coisa), reunimos as 10 séries nomeadas a não perder.

Unorthodox, The Great ou Hollywood estão entre as nossas escolhas. Mas, para além das 10 que incluímos nesta lista, ao longo dos últimos meses fomos destacando alguns dos sucessos do pequeno ecrã que são, agora, aclamados pela crítica, tais como The Undoing, Ratched, Normal People e The Queen’s Gambit.

De fora, e envolta em polémica ficou I May Destroy You (8,1 no IMDb), a série que é um retrato poderoso sobre os efeitos de uma violação, escrita e protagonizada por Michaela Coel. Também Bridgerton (7,3 no IMDb), muito falada ultimamente por bater recordes de audiência – destronou inclusivamente La Casa de Papel, até então a série mais vista de sempre da Netflix –, não faz parte da seleção indicada aos Golden Globes.

Desde comédia a drama, passando por thrillers, percorra as nossas sugestões e desfrute de um bom serão no sofá, com uma manta, em frente à televisão.

10 séries nomeadas para os Golden Globes a não perder

  • Unorthodox

    Unorthodox

    Indicada para os Golden Globes na categoria de Melhor Minissérie e Melhor Atriz Principal numa Minissérie (Shira Haas, no papel de Esther Shapiro), Unorthodox mostra o percurso de uma jovem mulher que abandona a comunidade judaica ultraconservadora onde nasceu, em Nova Iorque, em busca de uma nova vida, mais livre, em Berlim. Mas como seria de esperar, desprender-se do passado não é tão simples como parece. IMDb: 8,0/10.

    1 / 10

  • The Great

    The Great

    Quando Catherine (Elle Fanning, no papel de Catarina II da Rússia, conhecida como Catarina, a Grande) decide casar com Peter (Nicholas Hoult), o imperador da Rússia, a sua vida sofre uma reviravolta e a imperatriz vê-se forçada a escolher entre a sua felicidade pessoal e o futuro do país que a acolheu, a Rússia. A série conta com três nomeações para os Golden Globe Awards. IMDb: 8,1/10.

    2 / 10

  • Schitt’s Creek

    Schitt’s Creek

    Nomeada para cinco Golden Globes, a série estreou em 2015 e vai já na 6ª temporada. A história gira em torno do magnata Johnny Rose (Eugene Levy) e da sua família que, após perder toda a fortuna amealhada, se vê forçada a mudar-se para Schitt’s Creek, uma pequena cidade que Johnny havia oferecido ao filho David (Daniel Levy) como presente de aniversário. Com episódios de 20 e poucos minutos, é perfeita para ver durante as refeições, por exemplo. IMDb: 8,5/10.

    3 / 10

  • Hollywood

    Hollywood

    O enredo da minissérie de Ryan Murphy e Ian Brennan gira em torno de um grupo de aspirantes a atores, argumentistas e realizadores que procuram singrar no mundo do espetáculo durante a Idade de Ouro de Hollywood, no pós-Segunda Guerra Mundial. Discriminação racial, de género e na orientação sexual são algumas das temáticas abordadas pela série de sete episódios. IMDb: 7,6/10.

    4 / 10

  • The Mandalorian

    The Mandalorian

    Do universo da saga Star Wars, chega The Mandalorian, uma série que acompanha as viagens de um já não tão solitário caçador de recompensas pela galáxia, longe da autoridade da Nova República. Com Pedro Pascal como protagonista, o verdadeiro fenómeno da série foi mesmo Grogu, o apelidado de “baby Yoda”. IMDb: 8,8/10.

    5 / 10

  • Mrs. America

    Mrs. America

    “As ativistas querem criar um pesadelo feminino totalitário de género neutro.” A minissérie biográfica conta a luta de Phyllis Schlafly (Cate Blanchett), uma ativista conservadora que se opôs ao movimento feminista a favor da Emenda dos Direitos Iguais, durante a década de 70. IMDb: 7,9/10.

    6 / 10

  • I Know This Much Is True

    I Know This Much Is True

    Baseada no best-seller premiado de Wally Lamb e protagonizada por Mark Ruffalo, a minissérie relata o relacionamento entre os gémeos idênticos Dominick e Thomas Birdsey, sendo que o segundo sofre de esquizofrenia. Um retrato familiar sobre traição, sacrifício e perdão. IMDb: 8,2/10.

    7 / 10

  • Ozark

    Ozark

    Um thriller sobre uma família aparentemente normal e comum, sem contar com o trabalho de Marty (Jason Bateman), o pai que é também um agente de lavagem de dinheiro para o segundo maior cartel de droga do México. O elenco conta ainda com Julia Garner e Laura Linney. IMDb: 8,4/10.

    8 / 10

  • Emily in Paris

    Emily in Paris

    Do criador de O Sexo e a Cidade chega Emily in Paris, a série sobre uma jovem adulta norte-americana que, devido a algumas intempéries, acaba por conseguir um cargo numa agência de marketing em Paris, onde é esperado que o seu contributo, graças à sua perspetiva americana, ajude a melhorar o negócio. IMDb: 7,1/10.

    9 / 10

  • Small Axe

    Small Axe

    “Se vocês são a árvore grande, nós somos o machado pequeno (small axe, em inglês)”, diz um provérbio jamaicano. Small Axe é uma coleção de cinco filmes, inspirados em eventos reais e sobre pessoas comuns, mas que demonstram uma coragem, fé e resiliência extraordinárias. A série marca a estreia de Steve McQueen, o aclamado realizador de Hollywood, no pequeno ecrã. IMDb: 7,9/10.

    10 / 10

Últimos