© Getty Images

A spirulina ajuda a emagrecer e combate o envelhecimento

No capítulo da alimentação, a spirulina é um dos super-heróis mais poderosos do mundo, capaz de grandes feitos pela nossa saúde. Mas, afinal, que superalimento é este? Descubra o que é, quais são os seus benefícios e como incluí-la na sua dieta.

Nos últimos anos, a spirulina (ou espirulina) passou do anonimato para o estrelato, ganhando o estatuto de superalimento. A razão? Sobretudo pela elevada concentração nutricional e inúmeros benefícios. Mas o que pouca gente sabe é que esta microalga teve origem há mais de três mil milhões de anos.

Cresce no meio aquático – facto que explica a sua cor azul-esverdeada – e tem a capacidade de fazer fotossíntese. É rica em vitaminas B, C, D e E, ácido fólico, minerais (potássio, cálcio, crómio, ferro, magnésio ou zinco), ácidos gordos essenciais, pigmentos como a clorofila ou o betacaroteno e, sobretudo, proteína – entre 55 e 70%. Isto faz dela uma das melhores fontes de proteína vegetal, segundo a nutricionista Patrícia Sofia Costa.

Benefícios da spirulina

• Tem uma ação antioxidante, anti-inflamatória e desintoxicante;
• Ajuda a emagrecer, devido ao seu elevado teor de proteína, que prolonga a sensação de saciedade;
• Previne o envelhecimento;
• Ajuda a melhorar a saúde cognitiva;
• Previne doenças cardiovasculares;
• Ajuda a melhorar a função hepática.

Uma das particularidades interessantes da spirulina é a capacidade de neutralizar minerais tóxicos no organismo. Precisamente por isso, esta alga foi utilizada para reduzir os efeitos da radioatividade dos desastres nucleares de Chernobyl (União Soviética, 1986) e Fukushima (Japão, 2011), especialmente em crianças.

Em apenas 20 dias, os níveis de radioatividade desceram 50% com apenas 5 gramas de spirulina por dia.

Quem pode e deve consumir

A spirulina tem sido reconhecida como segura, desde que consumida em doses entre os 0,5 e as 3 gramas/porção, ou seja, em quantidades relativamente pequenas.

Ainda assim, deverão ser tomadas precauções no caso de determinados grupos como mulheres grávidas, a amamentar, pessoas em diálise, a tomar medicamentos anticoagulantes ou anti-inflamatórios, pessoas imuno comprometidas ou com a condição genética fenilcetonúria, refere a nutricionista.

Como usar

É normalmente comercializada em pó – uma vez que é desidratada antes de ser ingerida – ou em comprimidos. Pode ser encontrada em lojas dietéticas ou mesmo em grandes superfícies. O seu sabor é relativamente suave.

spirulina em pó ou comprimidos

© Getty Images

A spirulina é considerada um suplemento alimentar cuja forma mais óbvia de incluir na alimentação é adicioná-la a sopas, batidos ou águas aromatizadas.

Para além disso, pode juntá-la a outros alimentos ou refeições como massas, fritattas, croquetes de vegetais, bolachas, barras ou trufas energéticas.

Receita de smoothie de spirulina

;

Ingredientes

½ chávena de leite de amêndoa sem açúcar ou água de coco;
1 kiwi descascado (mais um para pôr por cima, se desejar);
½ banana descascada, cortada e congelada;
½ chávena de pedaços de manga ou abacaxi congelados;
1 colher de chá de spirulina em pó;
½ chávena de folhas frescas de espinafre (opcional);
1 colher de chá de chia ou sementes de cânhamo.

Modo de preparação

1. Coloque o leite de amêndoa, o kiwi, a banana congelada, a manga ou o abacaxi congelados, a spirulina e os espinafres no liquidificador.

2. Misture até ficar completamente homogéneo, adicionando água ou mais leite de amêndoa, se necessário, para misturar.

3. Deite num copo e cubra com pedaços de kiwi picado e chia ou sementes de cânhamo, se desejar.

Receita de bolas energéticas de spirulina

;

Ingredientes

1 chávena de tâmaras;
½ chávena de passas;
¾ de chávena de amêndoas;
2 colheres de sopa de spirulina em pó;
3 colheres de chá de sumo de limão.

Modo de preparação

1. Coloque todos os ingredientes num processador e misture.

2. Com o preparado, molde bolas e reserve no frigorífico até ficarem consistentes.


Já experimentou este “milagre” vindo do mar? Veja também por que deve incluir a romã na sua alimentação.

Mais sobre dietas

Comentários

A spirulina ajuda a emagrecer e combate o envelhecimento

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.