© THINKSTOCK

Tudo o que precisa de saber antes de fazer uma drenagem linfática

Esta é a massagem mágica que, entre outros benefícios, promete desintoxicar e purificar o seu corpo. Mas há mitos e verdades sobre a drenagem linfática que devemos conhecer antes de decidirmos avançar.

Sabia que a drenagem linfática pode ajudá-la a combater o inchaço e a celulite? Existem muitos benefícios provenientes deste tratamento, mas também muitas dúvidas sobre o seu funcionamento.

Em primeiro lugar, o que é a drenagem linfática? Que riscos e resultados apresenta? A especialista em drenagem linfática e uma das body shapers mais conhecidas em Portugal, Izabel de Paula, esclarece-nos porque todas deveríamos começar a fazê-la.

Assim como o sistema vascular, o sistema linfático transporta líquidos por todo o corpo. Este sistema tem a função de drenar o excesso de líquidos e as toxinas armazenadas no corpo, encaminhando-as para os órgãos com função de as eliminar.

Quando existe um impedimento na circulação da linfa, podem existir consequências para o corpo, tais como:

maior vulnerabilidade a infeções;
maior retenção de líquidos;
acumulação de gordura e de celulite;
e sensação de corpo cansado, entre outras complicações.

Uma das formas de evitar estes problemas, é recorrer à drenagem linfática.

O que é a drenagem linfática e como funciona?

É um tipo de massagem que estimula a drenagem natural da linfa, acelerando o metabolismo e ajudando a eliminar os resíduos do corpo e retenção de líquidos.

Pode ser uma grande aliada para todas as mulheres, prevenindo a “má circulação, retenção de líquidos, eliminação de toxinas, melhora a oxigenação dos tecidos, fortalece o [sistema] imunológico, atenua a dor e alivia o stresse e a ansiedade”, começa por explicar Izabel de Paula.

Quais são os grandes benefícios da drenagem linfática?

A drenagem linfática “regenera tecidos para reduzir cicatrizes em locais de incisão cirúrgica, reduz o inchaço, inflações generalizadas, desintoxica o corpo e ajuda a circular os glóbulos brancos para melhorar o processo de cicatrização, tanto no pós-operatório como no pós-parto”, acrescenta a especialista.

Este tratamento ajuda bastante as mulheres grávidas a perderem líquidos, diminuindo as dores nas mãos, pernas e pés inchados. Devido aos movimentos lentos e delicados pelo corpo, também funciona como forma de relaxamento, reduzindo o stresse.

Durante o período menstrual e no pré-menstrual, a drenagem linfática também ajuda no alívio das dores, do inchaço e atua no relaxamento muscular.

Há riscos?

A drenagem linfática não é recomendada em casos de inflamações ou infeções, “pois as células infecciosas podem cair no sistema linfático e espalhar-se pelo corpo inteiro”. Também não é aconselhada a quem tem insuficiência cardíaca ou trombose.

Se o tratamento for mal-executado no pós-cirurgia ou pós-parto, a drenagem linfática pode provocar um efeito contrário. Conclusão, pode “piorar os vasos capilares e varizes, além de gerar flacidez”, alerta Izabel.

Quais as diferenças entre drenagem manual e de máquina?

Na versão manual, Izabel utiliza “movimentos suaves e repetitivos, onde o objetivo é mover o fluído para fora dos tecidos em gânglios linfáticos, onde bactérias, vírus e outros micro-organismos nocivos são eliminados”, explica-nos.

Na drenagem com máquina, como é o caso da Pressoterapia, não é possível ter a mesma sensibilidade na massagem. Assim, os riscos de “comprimir inadequadamente os vasos capilares são muito maiores do que numa drenagem manual,” afirma Izabel.

Onde podemos fazer este tratamento?

Há vários espaços e clínicas certificadas para fazer drenagem linfática. Deixamos duas sugestões.

Espaço Izabel De Paula Body Shaper expert

Os preços variam entre os 50€ e os 65€. Um tratamento de drenagem linfática – manual, pós-operatório ou para grávidas – tem a duração de 60 minutos.

Morada: Av João XXI 15, Lisboa


 

Fisioterapia Mães & Filhos

Os serviços de drenagem linfática estão aqui vocacionados sobretudo para grávidas. É possível usufruir do tratamento em casa ou na clínica.

Morada: Avenida Elias Garcia, 59, 6º andar, Lisboa ou Av. General Norton de Matos, 71 R/C 1495-148
1050-148 Algés – Lisboa


Já alguma vez fez uma drenagem linfática? Descubra também 5 mitos sobre a celulite que precisamos desvendar.

Comentários

Tudo o que precisa de saber antes de fazer uma drenagem linfática

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.