© Getty Images

O problema das pernas pesadas: o que é e como aliviar

No verão, com os dias mais longos e os estilos de vida mais ativos, a sensação de pernas pesadas, normalmente associada a pés inchados, torna-se um problema frequente.

São muitas as mulheres que sentem as pernas mais pesadas nesta altura do ano por passarem mais tempo de pé, pois a gravidade faz com que haja uma acumulação sanguínea nos membros inferiores. E não só.

Isto deve-se também ao aumento da temperatura, que leva à vasodilatação (aumento do tamanho dos vasos sanguíneos). A principal consequência? O aumento do volume de sangue nas veias, o que dificulta a circulação do sanguínea.

Algumas mudanças no estilo de vida podem aliviar esta sensação de pernas pesadas e o inchaço comum na zona dos pés e tornozelos, bem como melhorar a circulação sanguínea. Entre elas estão evitar passar muitas horas sentada na mesma posição, manter a prática regular de exercício físico (também por uma mente sã), como caminhadas, marcha ou corrida, seguir uma alimentação equilibrada e aumentar ingestão de água ao longo do dia (o ideal é 1,5l).

De acordo com os especialistas, a associação de outros truques muito simples no dia a dia também podem ajudar. Dormir com as pernas ligeiramente levantadas (utilizando uma almofada), a aplicação de produtos tópicos específicos à base de videira-vermelha, castanha-da-Índia ou hamamélia e cuidados como evitar tomar banhos excessivamente quentes ou usar sapatos demasiado altos e calças muito apertadas fazem parte dessa lista.

10 conselhos para prevenir a sensação de pernas pesadas

Associada a outros sintomas como pés e tornozelos inchados, dormência e dor nas pernas, a sensação de pernas pesadas pode indicar Doença Venosa Crónica. Trata-se de uma patologia crónica evolutiva, que afeta as veias que transportam o sangue até ao coração.

Em Portugal, esta doença atinge cerca de 35% da população adulta, com mais prevalência nas mulheres a partir dos 30 anos, de acordo com a Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular.

Aqui ficam algumas práticas que podem ajudar a prevenir a sensação de pernas pesadas e cansadas e, em última análise, esta doença.

1.Diga “adeus” às pernas cruzadas

Deve exercitar as pernas em todas as circunstâncias. Longos períodos de pé e sentada, sobretudo com as pernas cruzadas, é uma prática que deve evitar.

Se os ossos do ofício a obrigam a estar sentada ao computador por longos períodos, caminhe sempre que possível e faça movimentos circulares com os pés.

2. Caminhe, dance, nade ou ande de bicicleta

Quando for para escolher um tipo de exercício físico, saiba que estes são dos mais facilitam a circulação venosa. Pelo contrário, desportos com movimentos bruscos, como ténis, basquetebol, squash, provocam a dilatação dos vasos e uma menor circulação do sangue.

3. Banhos, depilação e roupa: arrefeça tudo

O conselho de evitar lugares quentes é difícil de seguir no verão. Mas as variações de temperatura modificam o comportamento das veias. Um aumento do calor nas pernas favorece a dilatação das veias, diminui a circulação.

Por isso, tente evitar exposições ao calor como sauna, depilação com cera quente, banhos e roupa muito quente.

4. Procure lugares frescos

Um duche de água fria nas pernas ativa a funcionalidade das nossas veias. Além disso, é bom para aliviar a sensação de peso e dor. É também por isso que caminhar à beira mar é uma combinação vencedora: une exercício à temperatura baixa.

5. Preste atenção ao peso e à prisão de ventre

Estes são dois fatores responsáveis pelo aumento da pressão sanguínea nas veias. Apostar numa alimentação funcional e rica em fibras, uma boa hidratação (1,5L de água/dia) e consumir menos gorduras saturadas é fundamental.

6. Prefira a tendência das calças largas

É difícil resistir às skinny jeans, sabemos. Mas o vestuário apertado comprime as veias e bloqueia a circulação. Isto é válido também para as meias com elástico ou cintos muito apertados.

7. Faça uma pausa dos saltos altos e dos rasos

Sim, é verdade! Além de poderem ser desconfortáveis, os saltos demasiado altos também dificultam a circulação dos pés para as pernas. E o mesmo vale para aquelas sabrinas super giras, mas sem qualquer apoio no calcanhar.

Os melhores amigos das nossas pernas (e veias) são os sapatos com 3 a 4 cm de altura.

8. Atualize a sua rotina de noite e pedale

Não precisa de ir a correr comprar uma bicicleta Antes de adormecer, faça alguns movimentos de pedalar para melhorar a circulação durante o sono.

E quando puder, levante os pés da cama 10 a 15 cm. Se se tornarem hábitos diários, é mais fácil de mantê-los.

9. Se está grávida, monitorize as pernas

Durante a gravidez, temos de ligar com uma avalanche de alterações fisiológicas. Da lista fazem parte o aumento significativo do volume de sangue e o ganho de peso, que aumenta a pressão intra-abdominal, prejudicando o retorno venoso.

As mudanças hormonais juntam-se, também, à festa, podendo enfraquecer a parede do vaso sanguíneo e acrescentam um efeito vasodilatador. O resultado? Potencial desenvolvimento de distensão venosa. Olá, varizes! É, deste modo, indispensável uma supervisão médica regular.

10.  Aposte nas massagens

A massagem das pernas, de baixo para cima, é um dos bons truques para melhorar a circulação do sangue para o coração. E quando o tema é cansaço – seja das pernas ou não, ‘massagem’ é uma das palavra mais irresistíveis, certo?

Fonte: alertadoencavenosa.pt

Soluções caseiras e naturais para experimentar em casa

Uma correta hidratação é fundamental para prevenir as pernas inchadas sendo que devem ser privilegiadas infusões ou bebidas à base de plantas e frutas com propriedades drenantes. É o caso dos frutos vermelhos (dose diária recomendada é de 100 gramas), chá verde em pó para refrescos frios e infusão de Meliloto, uma planta medicinal que ajuda a estimular a circulação linfática.

Para soluções mais caseiras e com resultados imediatos, recomenda-se:

Colocar os pés ou meia perna em água quente com sal grosso (para cada 3 litros de água colocar meio quilo de sal). Esta é uma técnica antiga muito utilizada por grávidas que, durante o período de gestação, têm mais propensão a terem pés inchados devido à maior produção de fluídos que o corpo não consegue gerir.

Para viagens longas, a caminho das férias, ou mesmo para levar na carteira para o trabalho, a sugestão é um gel de castanheiro da Índia, uma planta com aromas agradáveis e refrescantes, que aumenta a resistência dos vasos sanguíneos e promove uma mação inflamatória. Um produto facilmente encontrado em dietéticas e ervanárias.

Aliados das pernas cansadas

emsulsão energizante pernas pesadas da Clarins

Emulsão energizante
Clarins, 32,50€


 

Spray refrescante para pernas cansadas Susanne Kaufmann

 

Spray refrescante para pernas
Susanne Kaufmann, 75 ml, 28€


Spray para pernas cansadas Akileine

Spray para pernas cansadas
Akileine, 150 ml, 17,59€


 

gel frescura intensa aliveio pes e pernas cansadas Pedi Relax

Gel frescura intensa alívio pés e pernas cansadas
Pedi Relax, 125 ml, 9,68€


 

capsulas venocaps activ para pernas pesadas

Cápsulas Venocaps Activ
Ferraz Lynce, 15,95€


ampolas pernas cansadas toniven express

Toniven Express ampolas
Ortis, à venda no Celeiro, 105 ml, 13,99€


Costuma ter a sensação de pernas pesadas? Qual é a melhor dica para aliviar a sensação?

A versão original deste artigo foi publicada na revista Saber Viver nº 217, julho de 2018.
Mais sobre doença , mal-estar

Comentários

O problema das pernas pesadas: o que é e como aliviar

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.