© Unsplash

Estes são os 6 livros sobre finanças pessoais que deveria ler

Fique a conhecer seis sugestões de livros sobre finanças pessoais que vão mudar a forma como se relaciona com o dinheiro.

nossa relação com o dinheiro depende muito do nosso mindset, mas também do nosso conhecimento sobre finanças pessoais. Sabe como organizar e investir o seu dinheiro? Tem ideia de quanto é que deveria estar a poupar para a reforma? Ou qual é o melhor seguro de saúde que se adequa a si?

A área das finanças é um mundo e parece estar um pouco esquecido pelos portugueses. Um estudo realizado pelo Observatório Cetelem, sobre literacia financeira, concluiu que existe um enorme desconhecimento de conceitos económicos no País.

Apenas 42% dos entrevistados considera ter um bom nível de literacia financeira e mais de metade acha importante o acesso a formação deste tipo, atribuindo essa responsabilidade às instituições financeiras e às escolas.

Se faz parte desta metade, não se preocupe. Fizemos o trabalho por si ao reunir um conjunto de livros sobre finanças pessoais, que abordam assuntos desde o nosso comportamento em relação ao dinheiro até à melhor forma de construir um orçamento familiar. Curiosa? Percorra a lista.

6 livros imperdíveis sobre finanças pessoais

1. Pai Rico, Pai Pobre

Vogais, 2014, 16,59€

No topo da lista está este clássico internacional, que nos convida a pensar sobre a forma como olhamos para o dinheiro.

Robert Kiyosaki, o autor, desmistifica várias crenças em relação ao dinheiro, como por exemplo, a de que para enriquecer é necessário ter um vencimento muito elevado (ainda assim, é importante aprender a negociar o salário).

Pai Rico, Pai Pobre conta a história inspiradora dos dois pais de Robert Kiyosaki. O pai biológico que é bastante instruído, mas vive numa luta constante para gerir as suas finanças; e o pai do seu melhor amigo, que desistiu da escola cedo, mas mesmo assim conseguiu vingar no mundo dos negócios.

2. Contas-Poupança – Poupe Ainda Mais, Invista Melhor

Contraponto, 2018, 14,39€

O livro Contas-Poupança é uma ótima ferramenta para resolver as suas dúvidas, de uma forma rápida e simples.

O autor, Pedro Andersson, explica como reduzir as despesas da luz e do gás, como poupar na prestação da casa e, ainda, como investir o dinheiro que poupou. Além disso, a obra também é composto por vários testemunhos de pessoas que utilizaram as dicas do livro.

3. O Homem Mais Rico da Babilónia

Editorial Presença, 2016, 13,90€

Tal como o Pai Rico, Pai Pobre, o Homem Mais Rico da Babilónia (Editorial Presença, 2016) é uma referência para quem se interessa pelo mundo das finanças pessoais.

Inspirado na antiga Babilónia, George S. Clason conta a história de um homem que conseguiu ficar rico através de cinco leis de ouro.

Apesar de ter sido escrito em 1926, o livro explora princípios fundamentais sobre o dinheiro que podem ser adaptados a qualquer época.

4. Segredos da Mente Milionária

Marcador, 2014, 15,90€

Todas nós gostaríamos de saber o que se passa na cabeça dos milionários. Quais serão os seus segredos? O autor Hav Eker ajuda a responder a esta questão, explicando que a fórmula secreta da riqueza não está relacionada com a educação, oportunidades ou até com a inteligência. Mas, sim com o modelo pessoal de dinheiro que seguimos.

Como se constrói, então, este modelo? “A resposta é simples. Constitui-se fundamentalmente pela informação ou pela programação que a pessoa recebeu no passado, sobretudo enquanto criança”, explica Hav Eker, no seu livro.

5. Independência Financeira para as Mulheres

Estrela Polar, 2011, 12,90€

Vários estudos mostram que falar de dinheiro ainda é um assunto tabu para várias mulheres (tal como constatámos na nossa sondagem da relação das mulheres com o dinheiro). Susana Albuquerque pretende desmistificar mitos e crenças associados ao dinheiro que fazem com que, muitas vezes, as mulheres fiquem inseguras em relação às suas finanças.

Com a ajuda deste livro, também, poderá criar o seu plano financeiro.

6. Manual das Finanças Pessoais

Arcádia, 2011, 10,95€

Dividido em duas partes – a primeira dedicada à poupança e a segunda aos investimentos -, o Manual das Finanças Pessoais (Arcádia, 2011) funciona como um excelente guia para conquistar a sua independência financeira.

O primeiro capítulo começa com um teste de autoavaliação aos seus hábitos financeiros, para que seja capaz de identificar alguns sinais, que podem ser sinónimos de problemas no futuro.

Fonte: Estudo Literacia Financeira – O Observador Cetelem 

Já leu algum destes livros? Saiba, ainda, como seis casais fazem a gestão do dinheiro. 

Mais sobre livros

Comentários

Estes são os 6 livros sobre finanças pessoais que deveria ler

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.