Dinheiro

7 apps de finanças pessoais que nos facilitam a vida

Chega ao final do mês e não sabe onde gastou tanto dinheiro? Uma destas sete apps de finanças pessoais pode ser exatamente o que precisa.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
7 apps de finanças pessoais que nos facilitam a vida
© Shutterstock
Vanessa Pina Santos
Escrito por
Mar. 05, 2019

Ter um orçamento equilibrado, onde todas as faturas e gastos estão organizadas, pode ser um grande desafio e ocupar muito tempo. O  processo pode ser complexo, mas depois de começar é como ir ao ginásio: continuar e não perder o foco. O primeiro passo para sentir que tem o controlo da sua vida financeira é fazer um plano onde coloca todas as suas despesas vs as suas receitas.

Graças à tecnologia, já não é necessário perder tempo a apontar tudo ou a arquivar faturas. Basta ter uma aplicação móvel que torne todo este processo automático.

Apresentamos-lhe sete apps de finanças pessoais que têm como objetivo comum facilitar a gestão do seu dinheiro, desde um simples registo de despesas até a um plano de poupança. Cada uma delas, as melhores classificadas nas lojas da Google e Apple, tem funcionalidades gratuitas e outras pagas.

7 apps de finanças pessoais para gerir melhor o seu dinheiro

1. Toshl Finance

A Toshl Finance conecta-se à conta bancária para que tenha todos os seus cartões num só lugar. A gestão fica mais fácil, com a app a disponibilizar gráficos do panorama do fluxo mensal do dinheiro, filtrando as despesas por categorias, etiquetas ou contas.

Além das funções básicas de monitorização do seu orçamento, esta app permite criar orçamentos consoante os seus objetivos (mas só depois de criar um fundo de emergência, não se esqueça!). Para quem está a começar neste mundo de gestão de orçamentos, pode ver os vários tutoriais no blog da aplicação.

Disponível para os sistemas iOS e Android.

2. 52 Semanas – Mobills

View this post on Instagram

A maioria das pessoas tem vontade de poupar dinheiro e criar uma reserva que possa ser utilizada para gastos emergenciais, para realizar objetivos e sonhos (como viajar, trocar de carro ou comprar uma casa, por exemplo) ou mesmo para ir acumulando ao longo do tempo. Porém, muitas pessoas acham complicado separar uma parte do orçamento ou não possuem disciplina para evitar alguns gastos supérfluos. O fato é que são raras as pessoas que possuem o hábito de poupar. Para driblar essa situação, existe o Aplicativo 52 Semanas. Embora pareça bastante simples no início, para conseguir concluir o desafio das 52 para economizar dinheiro, você vai precisar de disciplina, determinação e motivação. Com nosso aplicativo que já está disponível para Android e iOS, esse desafio se torna mais fácil!

A post shared by Mobills (@mobillsapp) on

Esta aplicação foi desenvolvida com base no desafio de poupança das 52 semanas (que corresponde a um ano). Em que é consiste? Em poupar um determinado valor todas as semanas. Por exemplo, na primeira poupamos 1 euro, na segunda 2 euros, e assim consecutivamente até à última semana do ano, em que amealhamos 52 euros. Se cumprir as regras do desafio original, no final do ano terá poupado 1378€.

Pode ainda personalizar este desafio à sua medida, aumentando o dinheiro que deseja poupar durante um ano. Só precisa de definir o seu objetivo para que seja estipulada uma tabela com as quantias que vai ter de poupar semanalmente.

Disponível para os sistemas iOS e Android.

3. Mobills

A Mobills é uma aplicação bastante intuitiva. Além de permitir que faça a gestão das suas receitas e despesas por filtros, tempo e período, também disponibiliza uma área pode partilhar conselhos de educação financeira.

Outra das funcionalidades interessantes são os alertas por e-mail com as suas contas por pagar. Depois de começar a usar esta app, já não vai ter desculpa para não regularizar as suas despesas a tempo!

Disponível para os sistemas iOS, Android e Windows Phone

4. Expensify

Esta é talvez a aplicação móvel mais profissional desta lista, sendo utilizada por várias empresas internacionais. Caso não seja a administradora de uma empresa e queira apenas gerir o seu orçamento, estão disponíveis as funções mais básicas, como por exemplo, a digitalização de faturas.

Através desta função, não precisa de se preocupar com mais nada, porque a própria app encarrega-se de reproduzir um relatório pessoal com todas as suas despesas. Além destas funções, pode registar horas de trabalho e planear viagens.

Disponível para os sistemas iOS e Android.

5. Money Care – Finanças Pessoais

Se é novata nestas andanças e deseja apenas deseja saber onde e quanto gasta por mês, esta pode ser a app ideal. Tudo o que precisa de fazer é inserir as suas despesas e receitas, nomeá-las e indicar um período.

Com a MoneyCare,  terá acesso a gráficos e relatórios da sua situação financeira atual ou de meses anteriores, para que possa saber em que áreas da sua vida gasta mais dinheiro.

Disponível para iOS, Android e Windows Phone

6. Moneyboard

À semelhança das restantes aplicações móveis, a Moneyboard também permite fazer o registo das despesas e dos rendimentos. O seu ponto diferencial é permitir agrupar toda a informação num relatório que pode extrair diretamente para a sua cloud.

Além disso, também vai receber lembretes para que não se esqueça de adicionar as suas despesas diárias, porque neste processo o que conta é a organização e a automatização.

Disponível para iOS

7. YNAB (You Need a Budget)

“Dê um trabalho a cada euro”. É este o lema e a regra nº1 desta app. Quase apostaríamos que a filosofia da YNAB foi inspirada na antiga técnica de gestão de dinheiro dos nossos avós, lembra-se? Resume-se basicamente em dividir o dinheiro por envelopes, direcionados para cada tipo de despesa mensal.

Este método pode funcionar muito bem, principalmente para as pessoas mais indisciplinadas, porque está a atribuir um orçamento às várias áreas da sua vida. Veja o seguinte exemplo.

Alimentação: 150€
• Formação: 100€
Transportes: 100€
Lazer: 80€
Jantar fora: 50€

A regra nº2 desta aplicação é fazer com que pense nas despesas que não são frequentes, mas que, normalmente, têm um grande impacto quando chegam, Exemplos? O seguro do carro e os gastos extras feitos no natal. Pode gerir este tipo despesas, antecipando-se e dividindo o seu valor por fatias mensais.

A terceira regra diz respeito à flexibilidade. Todos os meses são diferentes e pode ser necessário alterarmos o nosso orçamento consoante os imprevistos. Por exemplo, transfira o dinheiro que sobrou de uma determinada categoria do mês anterior para a atual que está a precisar.

A última regra desta app diz-nos para “envelhecermos o nosso dinheiro”, ou seja, para não vivermos acima das possibilidades e conseguirmos atingir uma margem financeira razoável. Se conseguir seguir as três regras acima, vai facilmente chegar a esta e conseguir pagar as despesas do mês corrente com o dinheiro que poupou. E, um dia, quiçá, chegar à tão desejada independência financeira.

Após o período experimental de 34 dias, tem um custo aproximado de 6,20€/mês. Disponível para iOS e Android.


Já experimentou alguma destas apps? Veja as agendas que nos ajudam a ser mais felizes.

Últimos