© Unsplash

Mirtilo: fruto da juventude e rei dos antioxidantes

Sabia que o mirtilo previne a acne e o envelhecimento da pele e melhora a saúde mental? Para além de ter um enorme poder antioxidante, esta pequena baga milagrosa está carregada de nutrientes com muitos benefícios. Conheça-os.

Azul por fora, branco por dentro. O mirtilo, que pertence ao género vaccinium, é uma pequena baga de cor azul-arroxeada, com uma pele firme e um interior suculento e aromático.

A origem do mirtilo

Sabia que os nativos americanos acreditavam que os mirtilos tinham poderes mágicos?

De acordo com o livro 101 Alimentos que podem salvar a sua vida, do dietista e nutricionista David Grotto, os mirtilos pertencem a um grupo de plantas floridas, natural da América do Norte e da Ásia Oriental. Os dois tipos principais nos Estados Unidos da América são o mirtilo selvagem (arbusto baixo) e o mirtilo cultivado (arbusto alto).

Há gerações que os Nativos Americanos recolhem os mirtilos dos bosques e pântanos e foram eles os primeiros a fazer conservas dos mirtilos.

Os nativos americanos descobriram que os mirtilos ajudavam a reduzir o enjoo matinal, tosses e dores de cabeça. As folhas do fruto eram usadas para fazer chá e acreditava-se que ajudavam a purificar o sangue.

Informação nutricional

O mirtilo possui um valor nutritivo indiscutível, conhecido pela sua riqueza em várias vitaminas como a A, B, C e PP.

Com base no seu conteúdo de vitaminas e minerais, composição e capacidade antioxidante, os mirtilos estão entre os 20 melhores frutos e vegetais.

Os benefícios do mirtilo para a saúde, pele e cabelo

Conhecido como o rei dos antioxidantes e o fruto da juventude, o mirtilo está no topo dos alimentos com maior teor de antioxidantes, ultrapassando até outros vegetais como os espinafres e os brócolos.

1. Ajuda no emagrecimento

O mirtilo é um alimento rico em fibra e com poucas calorias, que aumenta a saciedade e reduz o apetite, fazendo com que se sinta cheia por mais tempo, diminuindo assim a ingestão de calorias em excesso.

2. Combate o colesterol

O mirtilo é um alimento rico em fibra, que ajuda a controlar o colesterol. O risco de desenvolver diabetes é menor quando existem alimentos compostos por fibras e outros nutrientes, benéficos para o controlo da glicemia, na sua dieta.

3. Melhora a saúde do seu coração

Vários cientistas, na Universidade da Califórnia, na Universidade do Maine e na Escola de Medicina da Universidade de Louisville, descobriram que o mirtilo pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares.

4. Melhora a saúde mental

Pesquisas feitas revelam como promissor o uso de extrato de mirtilo nas áreas de melhoria do equilíbrio, coordenação motora e memória, mesmo nas pessoas atingidas com a doença de Alzheimer ou Parkinson.

5. Promove uma digestão saudável

Devido ao seu teor de fibras, ajuda a prevenir a obstipação e promove a regularidade dos movimentos intestinais.

6. Melhora a saúde dos ossos

Os micronutrientes presentes no mirtilo, como o ferro, cálcio e fosforo, contribuem para a construção e manutenção da estrutura e força dos seus ossos. Por sua vez, o ferro e o zinco desempenham um papel crucial na manutenção da força e elasticidade dos ossos e também das articulações.

7. Diminui o risco de vários tipos de cancro

“Vários estudos revelam resultados promissores em relação à eficácia dos componentes nos mirtilos como inibidores do cancro”, tanto os mirtilos selvagens como os cultivados, menciona David Grotto no seu livro.

8. Combate sinais de envelhecimento

Os alimentos antioxidantes como o mirtilo  ajudam a retardar ou reverter os sinais de envelhecimento, auxiliar na circulação do sangue e garantir unhas, cabelo e pele mais saudáveis.

9. Previne a acne

Para pessoas com pele propensa à acne, o mirtilo pode ajudar a conseguir uma pele sem manchas. Este possui uma concentração alta de salicilatos que ajudam na remoção da pele morta, na abertura de poros entupidos e atuam contra bactérias.

10. Ajuda no crescimento do cabelo…

…E previne o cabelo grisalho! O mirtilo ajuda a estimular o desenvolvimento dos fios de cabelo devidos às suas substâncias químicas proantocianidinas presentes.

Curiosidade: a Universidade de Coimbra tem em curso um projeto de investigação que aposta na folha de mirtilo para tratamento da esclerose múltipla, graças às suas propriedades neutroprotetoras e neuregeneradoras.

Comprar e conservar

Mirtilos frescos: deve preferir os azuis-escuros, firmes ao toque e sem humidade, com uma camada fina de pó branco, aconselha David Grotto;

• Mirtilos congelados: devem estar soltos dentro da embalagem. Se estiverem congelados num só monte, é provável que tenham sido descongelados e recongelados.

mirtilos congelados

© Thinkstock

Os mirtilos podem ser armazenados no frigorífico entre 7 a 10 dias. Se quiser congelar, espalhe os mirtilos por lavar sobre uma folha de papel vegetal, coloque no congelador e depois transfira as bagas para um saco de plástico de congelação. Elas conservam-se até um ano.

Dica: É importante não lavar os mirtilos até ao momento do seu consumo, para não acelerar o processo de deterioração.

Receitas com mirtilo

Como snack entre refeições, em forma de sumo, chá ou licor, como doce ou compota… O mirtilo é capaz de fazer um brilharete em qualquer receita!

Pudim de Pão Recheado de Mirtilo

receita pudim de pão recheado de mirtilos

© Thinkstock

Doses: 12 | Tempo de preparação: 90 minutos

Ingredientes:
3 chávenas de leite magro
3 ovos grandes
5 a 6 chávenas de pão desfeito de carcaça ou outro pão de trigo integral do dia anterior
1/2 chávena de açúcar granulado
1/4 chávena de mel
1/4 c. chá de extracto de amêndoa
1 c. chá de extracto de baunilha
1/2 c. chá de raspa de limão ou laranja (opcional)
2 chávenas de mirtilos frescos ou congelados
3 c. sopa de farinha de trigo integral

Modo de preparação:
1. Aqueça o forno a 180ºC. Unte uma travessa de 30×20 cm.

2. Bata juntamente o leite, os ovos, o açúcar, os aromatizantes e a raspa. Adicione o pão desfeito e deixe repousar por 10 a 15 minutos.

3. Numa tigela separada, envolva os mirtilos em farinha e depois descarte o excesso de farinha. Junte os mirtilos à mistura de pão.

4. Deite a mistura na travessa já preparada. Coloque a travessa numa assadeira maior e adicione cerca de 4 chávenas de água quente para fazer um banho-maria para o pudim.

5. Ponha a assar por 1 hora ou até o pudim estar pronto e ligeiramente dourado por cima.

6. Sirva quente com as tradicionais passas ao rum, caramelo ou molho de limão. Também pode adicionar frutas frescas por cima ou servir simples.

Fonte: 101 Alimentos que podem salvar a sua vida, de David Grotto

Agora que já conhece todos os benefícios do mirtilo, descubra que outros alimentos ricos em magnésio deve incluir na sua dieta.

Mais sobre fruta e legumes

Comentários

Mirtilo: fruto da juventude e rei dos antioxidantes

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.