© Thinkstock

Depressão pós-férias: o que fazer para sobreviver ao regresso ao trabalho

Dizer ‘adeus’ à praia, aos dias longos, e abraçar a rotina de novo pode ser uma gestão complicada. Setembro é o mês dos regressos, mas não deprima, nós damos-lhe uma ajuda.

Anime-se que nem tudo é mau. No mês em que voltamos aos transportes públicos, ao trânsito diabólico, às horas extras de trabalho e aos horários fixos, há também razões para sorrir. É tudo uma questão de equilibrar bem o seu tempo (será que dá mesmo?).

Associamos o fim das férias a várias emoções e sentimentos, como a nostalgia, melancolia ou até mesmo ansiedade. Tudo aparentemente muito natural, dado que temos saudades de um período que em regra é vivido com uma maior calma, na companhia da família, amigos e traz-nos uma sensação de bem-estar, boa disposição e felicidade”, diz Vera de Melo, CEO da Partner Your People, uma empresa que garante o apoio especializado nas principais áreas de suporte à gestão.

A ideia é não complicar e começar a preencher a sua agenda com atividades de lazer, que fazem bem a si e ao seu estado de espírito. Por isso mesmo, damos-lhe algumas sugestão de programas para que o regresso à rotina seja encarado da forma mais natural possível.

Atividades para sobreviver ao pós-férias

Cuide da sua pele depois dos “excessos” de verão

Aquilo que é um sonho para nós – piscina, água do mar, sol e vento – é um pesadelo para a pele. Se ainda está bronzeada ou se, num cenário mais negro, a sua pele começou aescamar, precisa urgentemente de fazer um tratamento profundo que a ajude a recuperar dos danos. A Saber Viver experimentou o tratamento de rosto Superfood Pro-Radiance, da Elemis, e deixou o seu carimbo de aprovação, depois de desfrutar de 60 minutos de puro relaxamento.

É no spa do InterContinental Estoril que encontra este tratamento vegan-friendly. Limpa, esfolia e hidrata a pele, dando-lhe luminosidade e retirando as impurezas. É rico em nutrientes, antioxidantes, ácidos gordos ómega, vitaminas e minerais, que ajudam a pele a ficar nutrida e com muito mais vida.

spa intercontinental estoril

InterContinental Estoril © D.R.   

 

Deixamos-lhe ainda outra sugestão: um almoço no restaurante do hotel, o Atlântico, com vista para o mar, que está a cargo do chef Miguel Laffan. Não deixe de experimentar o robalo de linha com molho à francesa (32€) ou o pregado com molho de caril e manjericão (28€) e para sobremesa, a mousse de queijo chèvre com mel e alfazema (7€) ou o crème brûle de maracujá (7€). Prometemos que toda esta experiência vai valer a pena.

Morada: Av. Marginal, 8023, Estoril
Preço: 95€
Reservas: 218 291 100


Conheça uma nova carta de rentrée (para os sushi lovers)

Como setembro é o mês dos recomeços, o Unique Sushi Lab, perto da Avenida da Liberdade, tem novos pratos que merecem a sua atenção. Johnny Keep, o sushiman, preparou para as entradas poké salmão, tártaro de salmão com um molho especial baseado na salada de alga japonesa wakame ou o shitake, da família do cogumelo do leste da Ásia, preparado com manteiga, cebola, cebolinho e com um molho especial.

Poké salmão © D.R.

O novo menu tem ainda o Mix Lab, com 43 unidades, como gunkan com ovas de peixe voador e ovo de codorniz, niguiri de sardinha com ovas de peixe voador, gunkan com tártaro de vieiras e carpaccio de trufas, ideal para duas pessoas.

Não deixe de provar também o niguiri de sardinha com ovas de peixe voador ou os black noodles, confecionados com tinta de lula, pedaços de salmão e tataki de vieiras no topo.

Morada: Travessa do Enviado de Inglaterra, 9, Lisboa
Reservas: 910 509 675


Saia do trabalho e beba um cocktail

Não vá a correr para casa assim que o dia de trabalho acaba. Em vez disso, ligue às amigas e prolongue o dia com um cocktail com vista para o rio. Já a convencemos? Sugerimos-lhe passar pelo Cais da Pedra, ficar pela esplanada e experimentar os cocktails que podem ser servidos em copo ou em jarro (ideal para grupos).

Se gosta de frutos vermelhos, o black forest mule (individual, 8€; jarro, 23,90€) está recheado de morangos e amoras pretas que se juntam em perfeita harmonia à vodka, canela, sumo de arando e gingerbeer.

Para as que gostam de sabores frescos, o ladybird (individual, 5€; jarro, 14,90€) junta rum com folhas de coentros, ou o gin garden (individual, 6€; jarro, 17,90€), com folhas de hortelã.

cocktails Cais da Pedra

Cais da Pedra © D.R.   

 

Se procura um sabor mais doce, experimente o cocktail da casa, Caisa da Pedra, feito com Gin Mare, aromas florais e um toque de baunilha (individual, 7€; jarro, 20,90€).

Acompanhe os cocktails com os petiscos da casa: queijo de cabra com morangos (11,50€), tártaro de robalo (8€) ou o salmão servido em bolo do caco de de alfarroba com cebola roxa, alface, tomate cereja, molho de iogurte grego e cebolinho (11,90€).

Morada: Avenida Infante Dom Henrique, Cais da Pedra, Armazém B, Loja 9, 1900-264 Lisboa
Reservas: 218 871 651


Comece já a pensar nas próximas férias

Pode ser mais fácil voltar ao trabalho se já estiver a pensar onde vai na próxima semana de férias. A easyJet sugere viagens low cost, ideais para passar um fim de semana, sem gastar muito dinheiro.

Assim, a companhia aérea propõe destinos como: Madrid, com viagens a partir dos 16,23€ com saída de Lisboa; Nice, com três voos semanais, a partir dos 18,75€; ou Paris, com voos a partir do Porto por 20,77€.

viajar

© Unsplash

Passe um dia inteirinho no spa (com tudo incluído)

Das coisas que mais nos remetem para o #vacaymood é uma piscina de hotel. Se for interior, ainda melhor. Alguém está connosco? E isso implica fazer uma visita ao spa.

Entregarmo-nos às mãos de uma terapeuta para uma massagem, depois de relaxar no jacuzzi, no banho turco e numa piscina de água quente é meio caminho andado para prolongarmos aquela boa sensação de descanso.

A Saber Viver foi experimentar o programa Mocktail & Spa do hotel The Oitavos, em Cascais, que propõe tudo isto e um pouco mais. O plano é começar o dia com uma massagem e acesso a toda a zona de balneoterapia do hotel e terminar com um cocktail sem álcool e um petisco fresco. Se o tempo permitir, ainda pode dar um mergulho na piscina exterior.

piscina interior aquecida the spa, The Oitavos, Cascais

The Spa © D.R.

 

O que temos a nosso favor? A massagem de relaxamento corporal dura 50 minutos e é feita com óleos essenciais citrinos. Se puder, escolha a terapeuta Vanessa Cagica, que aplica a pressão certa. A piscina interior do The Spa é de água salgada, acrescendo, assim, os benefícios terapêuticos para a pele e o organismo. Todo o spa tem luz natural e tem como pano de fundo as dunas (mais um elemento a fazer lembrar as férias!)

Depois de relaxar, quando se sentar à mesa (por escolhe ficar no deck, com vista para a piscina exterior, ou na sala do restaurante), terá à sua espera uma limonada de alecrim e kafir e um menu de ceviche de peixe branco, hortelã, gengibre e lima, água de tomate, molho de raïta e chips de mandioca (divinais!).

Se abrir o calendário do telefone, vai perceber que há um feriado aí à porta. A desculpa perfeita para regressar ao mood férias. Este programa está disponível até 15 de outubro.

Morada: Rua de Oitavos, Quinta da Marinha, Cascais
Preço: 85€ (duplo: 160)
Reservas: 214 829 050 | thespa@theoitavos.com


Faça com que os fins de semana valham (ainda mais) a pena

Não desperdice os fins de semana em casa a fazer zapping na televisão. Aproveite para desfrutar de um jantar a dois, com um bom vinho e com uma refeição fora do normal.

Até ao final de setembro, o hotel Dolce Campo Real recebe no seu restaurante Grande Escolha nos próximos sábados (15 e 22) chefs de renome que vão preparar menus inspirados nos produtos regionais e nos vinhos de Torres Vedras e Alenquer.

No dia 15, a cozinha vai estar a cargo do chef António Amorim – que já passou pelo 100 Maneiras, Vila Joya ou Feitoria –  e dia 22 é a vez do chef Carlos Gonçalves – chef executivo do hotel Corinthia Lisboa, incluindo o novíssimo Erva – que vai assumir a cozinha do Dolce Campo Real.

Dolce Campo Real © D.R.

 

Pode ainda aproveitar o pacote Wine Lovers do hotel, até ao final do ano, que inclui pequeno-almoço, prova de vinhos na adega do hotel ou no Wellington Bar e ainda um jantar vínico com uma paisagem marcada pelas vinhas.

Morada: R. do Campo (Campo Real), Torres Vedras
Preço do jantar: 45€
Reservas: 261 960 900


Levante-se cedo e tenha um pequeno-almoço de rainha

Se mesmo nas férias não consegue dormir até tarde, então aproveite para tomar um pequeno-almoço repleto de pratos deliciosos. A Casa Lisboa, sob o comando do chef Luís Gaspar, serve duas versões de pequeno-almoço das 10h ao meio dia, para quem gosta de comer bem logo de manhã.

Casa Lisboa © D.R.

 

Aqui pode escolher entre o Continental (com pão de mafra, ovos mexidos, tomate assado, barriga de porco fumada e cogumelos shitake salteados) ou o Veggie (com ovos bennedict, bolo do caco de alfarroba, cogumelos shitake e espinafres salteados. Uma opção para vegetarianos e para quem quer um pequeno-almoço mais saudável).

O primeiro custa 11€ e o segundo 12,50€. Ambos podem ser acompanhados por sumo de laranja natural, cappuccino e café.

Morada: Praça do Comércio, Lisboa
Reservas: 213 470 871


Renove o guarda-roupa com uma ida às compras

Não há quem não fique entusiasmada com uma tarde de compras, especialmente se tiver descontos à mistura. Decore: de 1 a 30 de setembro celebra-se o mês do Denim no Freeport Lisboa Fashion Outlet e no Vila do Conde Porto Fashion Outlet.

Freeport Lisboa Fashion Outlet © D.R.

 

Ambos os centros comerciais vão estar vestidos a rigor e mais de 50 marcas, em cada um deles, vão participar nesta campanhas com eventos e ações especiais. Os descontos vão dos 30% aos 70%!

Armani, Calvin Klein, Guess, Lacoste, Levi’s, Mango, Pepe Jeans, Sacoor, Salsa, Timberland e Tommy Hilfiger são algumas das marcas que vão participar na campanha.

Morada: Av. Euro 2004, Alcochete.
Av. Fonte Cova 400, Modivas, Vila do Conde.


Já está de volta ao trabalho? Qual destas sugestões é que gostava de aproveitar?

Mais sobre férias , fim de semana

Comentários

Depressão pós-férias: o que fazer para sobreviver ao regresso ao trabalho

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.