Sociedade

Editorial de março: A primavera que todas merecemos!

As palavras da diretora da Saber Viver na edição de março da revista.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Editorial de março: A primavera que todas merecemos! Editorial de março: A primavera que todas merecemos!
© carlos teixeira
Tânia Alexandre
Escrito por
Fev. 27, 2022

Este mês chega a nova estação e com ela a comum transição de abandonar os casacos e receber as peças mais leves e as cores alegres. Mas, mais do que a mudança de estação, quero acreditar que esta primavera será, efetivamente, um bálsamo nas nossas vidas.

Que o despontar da estação das flores e o simbolismo da ideia de renovação, de recomeço e de um novo fôlego nos inspire e desafie a abraçar novas oportunidades e projetos, mas também que nos tranquilize e permita viver sem receios nem incertezas. Que traga, de facto, liberdade aos nossos dias.

É por isso que esta edição da Saber Viver a desafia a deixar-se levar por uma onda de otimismo, de plena liberdade para voltar a fazer planos na sua vida.

Nestas páginas, encontrará o desejo de querer viajar, de sair de casa, de esquecer os dias cinzentos, de voltar a usar os looks, as cores e a maquilhagem que são tendência nesta estação, e a ousadia de conhecer novos lugares e de viver experiências pessoais e profissionais que a coloquem fora da sua zona de conforto.

Devemos reivindicar a liberdade de fazermos e sermos o que nos apetecer, sem limite de idade!

Já não é novidade para quem nos lê que a inspiração para os artigos que escrevemos todos os meses resulta do vosso feedback e de um “exercício editorial” que costumo fazer com a minha equipa: o de olhar para dentro. Que temas ou assuntos gostaríamos de saber? O que nos preocupa neste momento? O que nos move? E tem sido um bom barómetro, afinal, somos uma equipa de mulheres, com idades, experiências de vida e personalidades muito diferentes entre si.

Este exercício levou-nos ao tema principal desta edição: A mulher depois dos 40. Afinal, algumas de nós já entraram nos “entas”. O que muda? Como lidamos com as mudanças? Como encaramos o envelhecimento, o que muda na relação com o corpo, a sexualidade, que desafios se colocam em termos de carreira…

Todas estas questões estão refletidas no artigo Os 40 anos já não são os novos 20, são melhores! (pág. 70). Se já tem 40 anos (ou mais), este é um artigo especialmente dedicado a si.

O que pode encontrar nas páginas da Saber Viver de março (nas bancas)

Para as leitoras que ainda estão longe dos 40, este é um tema que vos recomendo ler e que assume especial relevância no mês em que se assinala o Dia Internacional da Mulher. Não só pelos exemplos de mulheres inspiradoras que se reinventam depois dos 40, mas essencialmente por nos fazer relembrar de que não devemos alinhar em estereótipos associados à idade, às opções de vida ou à aparência física. Devemos, isso sim, reivindicar a liberdade de fazermos e sermos o que nos apetecer, sem limite de idade!

E aqui vos deixo uma nota pessoal, eu, com 40, vou parar de dizer que me sinto com ’20 anos’; na verdade, sinto-me muito melhor. E vocês?

A edição de março da Saber Viver já está nas bancas, num local perto de si. 

Últimos