Cultura

O que fazer no fim de semana de 15 a 17 de novembro

Um brunch, um festival, onde os cogumelos são reis e senhores, o Leffest e a exposição do Harry Potter são algumas das nossas sugestões para aproveitar o fim de semana.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
O que fazer no fim de semana de 15 a 17 de novembro
© D.R.
Rita Caetano
Escrito por
Rita Caetano
Nov. 15, 2019

É o primeiro fim de semana do Leffest, que como é habitual tem na sua programação filmes imperdíveis. Tudo começa com Passámos por Cá, o novo filme de Ken Loach, mas o destaque destes primeiros dias de festival é mesmo o Simpósio Internacional Resistências, que traz à região de Lisboa nomes como Rafael Correa, ex-presidente do Equador, o político grego Yanis Varoufakis e Luigi de Magistris, presidente da Câmara de Nápoles.

Braga recebe mais uma edição do Festival Para Gente Sentada, enquanto Alcaide, uma aldeia do concelho do Fundão, vai celebrar os cogumelos numa festa incomparável, em plena Serra da Gardunha. Mas se quer apenas relaxar, então experimente o novo brunch do Sheraton Cascais Resort e vá sem pressa, pois tem muito para comer. Os mais novos vão adorar Harry Potter™: The Exhibition. Bom fim de semana!

O que fazer este fim de semana

Ir ver a exposição do Harry Potter

exposição harry potter

© Harry Potter™: The Exhibition

Harry Potter™: The Exhibition transporta miúdos e graúdos para o mundo mágico de Harry Potter e dos seus amigos e inimigos. A exposição apresenta cenários das mais populares cenas dos filmes (incluindo a sala comum e o dormitório de Griffyndor™, salas de aula como Poções e Herbologia, e a Floresta Proibida), bem como milhares de adereços, roupas e criaturas que integraram a saga.

A exposição já esteve em Chicago, Boston, Toronto, Seattle, Nova York, Sydney, Singapura, Tóquio, Edmonton, Colónia, Paris, Xangai, Bruxelas, Madrid, Amsterdão, Milão, Berlim e Valência.

Onde: Pavilhão de Portugal, Lisboa.
Quando: de 16 de novembro a 8 de abril.
Preço: A partir de 12€ (até aos 12 anos) e de 16€ (a partir dos 12 anos).

Experimentar o novo brunch do Sheraton Cascais Resort

brunch

© D.R.

Um brunch é sempre uma boa ideia para o fim de semana e o do Sheraton Cascais Resort mudou e vale a pena provar. Vá sem pressa, porque tem muito para experimentar. Agora as iguarias chegam em tábuas para partilhar com outra pessoa.

A primeira contém uma seleção de queijos, charcutaria, pães e vinoiseries, panquecas, cogumelos, bacon, ovos mexidos, verrine de iogurte natural com granola e frutos vermelhos; a segunda traz três opções de crostinis e ainda saladas de polvo, grão com bacalhau lascado e de aipo com maçã; a terceira é a dos pratos quentes, como o creme de cogumelos, arroz cremoso do mar, peito de frango com molho de alecrim e batata assada e uma grande variedade de legumes assados da época.

A refeição termina com uma tábua de sobremesas com arroz doce, mousse de chocolate, mini bolo ‘ópera’, mini tartelete de limão e framboesa e fruta fresca com iogurte e mel. Para acompanhar a refeição, há sumo do dia, chá ou café. O brunch deve ser reservado previamente por e-mail.

Quando: Domingo, entre as 12h30 e as 16h00.
Onde: Sheraton Cascais resort, Glass Terrace.
Preço: 29€; 14,50€ (entre os 5 e os 9 anos). Até aos 4 anos, não pagam.

Ir à Serra da Gardunha para saber mais sobre cogumelos

festival dos míscaros

© D.R.

Neste fim de semana, o Alcaide transforma-se na aldeia dos cogumelos e a animação não para. O mote é celebrar o património fúngico, paisagístico, cultural e ambiental do Alcaide e de toda a serra da Gardunha, onde está inserida.

Como é normal nas festas das aldeias do Fundão, os habitantes abrem as portas das suas casas, que se transformam em tasquinhas para que os visitantes possam provar os mais diversos pratos que têm os cogumelos como protagonistas. O festival dos Míscaros tem ainda workshops, live cookings e passeios micológicos. No domingo, há um almoço que custa 1€ e 50 por cento das receitas revertem a favor do projeto de acolhimento e integração de refugiados no Fundão.

Onde: Alcaide.
Quando: De 15 a 17 de novembro.

Ir ao Festival Para Gente Sentada

festival para gente sentada

© D.R.

Braga volta a receber o Festival Para Gente Sentada e a edição deste ano conta, entre outros, com Kamaal Williams, John Grant, Sensible Soccers, Bia Ferreira e O Terno. Este último é o grupo dos brasileiros Tim Bernardes, Guilherme d’Almeida e Biel Basile, conhecido por misturar rock, soul e música brasileira.

Onde: Theatro Circo, Gnration e centro da cidade.
Quando: 15 e 16 de novembro.
Preço: 25€

Festejar as palavras

festa das palavras

© D.R.

Porque as palavras escrevem a nossa história, os núcleos do Museu de Lisboa servirão de cenário para as mais diversas narrativas para toda a família. Umas serão lidas, outras encenadas e outras ainda cantadas. A cidade das Sete Colinas e a sua pluralidade cultural vai estar no centro de todas elas. Não perca a Festa das Palavras.

Onde: Museu de Santo António, Teatro Romano, Casa dos Bicos, Palácio Pimenta, Lisboa.
Quando: 16 e 17 de novembro.
Entrada livre.

Ir ao LEFFEST’19

leffest

© Joss Barratt

O festival de cinema LEFFEST é sempre um marco para os cinéfilos. Este ano, o cartaz é composto por mais de 100 filmes. A sessão Oficial de Abertura do festival, na sexta-feira (21h30), apresenta o novo filme de Ken Loach, Passámos por Cá. No entanto, o grande destaque deste primeiro fim de semana do festival é o Simpósio Internacional Resistências, que transformará o Centro Cultural Olga Cadaval e no Teatro Tivoli, em espaços de reflexão e discussão.

Estão agendados debates, palestras e exibições de filmes que contam com a participação de ativistas, políticos, artistas, realizadores, entre os quais Rafael Correa, ex-presidente do Equador, que concedeu asilo a Julian Assange na Embaixada de Londres; o político grego Yanis Varoufakis; Luigi de Magistris, presidente da Câmara de Nápoles; Maxime Nicolle, ativista e representante do Movimento dos Coletes Amarelos; o filósofo Mehdi Belhaj Kacem; o palestiniano Omar Barghouti, co-fundador do movimento Boycott, Divestment and Sanctions (BDS) e o ativista e fundador do movimento de software livre, Richard Stallman.

Onde: Espaço Nimas, Teatro Tivoli BBVA e Sala Fernando Lopes da Universidade Lusófona, em Lisboa, Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, e Palácio Nacional de Queluz.
Quando: De 15 a 27 de novembro.
Preço: A partir de 2€.

Dançar no Plano B

dançar

© Instagram Orquestra Bamba Social

As noites do Plano B são sempre memoráveis e, nesta sexta-feira, o bar portuense recebe a orquestra Bamba Social. Este coletivo de 17 músicos luso\brasileiros revisitam os clássicos da música brasileira desde os anos 30 até aos dias de hoje, recriando-os e acrescentando novas sonoridades. Para dançar, sem dúvida!

Onde: Plano B, Porto.
Quando: 15 novembro, às 22h30.

Cuidar de si

workshop cuidar de si

© D.R.

Sente que, depois de cuidar da família, tem pouco tempo para si? Então, não pode perder o Empower Youself Mummy’s Session. Um dia todo só para pensar em si. As participantes vão aprender a desenvolver ferramentas de desenvolvimento pessoal e autocuidado para colocar em prática no seu dia-a-dia, quer do ponto de vista psicológico, quer no campo da alimentação e da beleza. Para a ajudar a gerir todo isto, estarão Filipa Jardim da Silva, psicóloga clínica e coach, Melanie Pereira, team leader da Vanytime e Vanessa Andrade, fundadora do Green Smiles. Por cada bilhete vendido, 5€ revertem totalmente a favor da associação Ajuda de Berço.

Onde: Hotel Axis Vermar, Póvoa de Varzim.
Quando: 16 de novembro.
Preço: 95€ (inclui refeições e todas as atividades).

Últimos