5 regras de ouro para acabar com os pontos negros (e os aliados certos)

Podem ser um dos piores inimigos da nossa pele e é difícil vermo-nos livres deles. Saiba o que são pontos negros e como minimizar o seu surgimento.

Segundo o dicionário da Língua Portuguesa, comedão é “um substantivo masculino, no singular, que representa um pequeno cilindro de matéria sebácea que se forma na abertura de algumas glândulas sebáceas”. É isto que designamos geralmente como ponto negro.

Atualmente já existem tratamentos e produtos que ajudam a tornar o grão da pele mais fino e a combater estes tão odiados inimigos da pele.

Geralmente são pequenos folículos capilares obstruídos, com uma abertura dilatada para a pele. E como se formam? Através do bloqueio de um poro com sujidade, oleosidade e células mortas que se acumulam na abertura do mesmo. Quando isto acontece, a acumulação de melanina nessa célula acaba por ficar preta, dando origem a pequenos pontos negros visíveis no rosto.

A origem dos pontos negros

Além da produção de sebo que dá origem a mais oleosidade na pele, existem outros fatores que podem contribuir para o surgimento de pontos negros, como o tom de pele.

Segundo Tom Mammone, vice-presidente de Fisiologia da Pele e Farmacologia da Clinique, “pessoas com um tom de pele mais escuro, como o tipo III e acima na escala de Fitzpatrick, têm uma maior tendência para pele oleosa (…) As pessoas com tipo de pele III ou mais alto na escala de Fitzpatrick têm habitualmente uma pele mais grossa e uma maior produção de sebo. Devido aos mecanismos de autoproteção da pele, as pessoas com um tom mais escuro descendem de climas quentes e com maior exposição solar, o que levou a pele a tornar-se mais grossa, pigmentada e oleosa, para criar uma melhor proteção contra o sol”.

5 regras de ouro para acabar com os pontos negros

Os pontos negros não desaparecem totalmente, são furos na pele que retêm os lípidos, óleos e ceras e por isso são difíceis de extrair. No entanto, existem tratamentos que ajudam a reduzir e diminuir o tamanho dos poros.

1. Faça uma limpeza de pele regularmente e uma esfoliação, pelo menos uma vez por semana. Estes são dois dos passos fundamentais para uma pele uniforme.

2. Não deixe de passar um tónico num disco de algodão no rosto e de seguir depois para a hidratação.  Não se esqueça do protetor solar, que ajuda na diminuição dos poros.

3. Pode (e deve) ainda colocar um sérum antipoluição, pois é uma das melhores formas de garantir a pele protegida de agentes externos ao longo do dia.

4. Evite retirar os pontos negros com as mãos, não só é pouco higiénico, transferindo as bactérias das mãos para o rosto, como pode não retirá-los completamente e inflamar os poros, originando borbulhas infetadas.

5. Por último, utilize produtos específicos para o problema, faça uma limpeza de pele anual num centro de estética e consulte um dermatologista.

Sugerimos-lhe estes produtos para retirar os pontos negros

Espuma Egg-zymeremove impurezas e células mortas
Too Cool For School, 19,10€


Pure System, regula a produção de sebo
Institut Esthederm, 35,15€


Gel Sébium Moussant, limpa e purifica o rosto
Bioderman, 12,56€


Gel Exfoliac, limpa, esfolia e purifica os poros
Noreva, 12,42€


Gel Anti-imperfeições, purifica os poros obstruídos
Cattier, 7,99€


Máscara de limpeza, retira as impurezas e limpa os poros
Primark, 1€


Clarté Absolue, máscara para reduzir o brilho e poros obstruídos
Thalgo, 39,50€


Stick Tako, esfolia suavemente a pele
Tony Moly, à venda na Sephora, 9,95€


Esfoliante com açúcar, limpa os poros e deixa a pele suave
L’oréal Paris, 9,99€


Self Heating Blackhead Extractor, combinado com água que abre os poros
Clinique, 30,50€

 


 

Já conhecia alguns destes produtos? Veja ainda quais os maus hábitos de beleza que tem de deixar de fazer.

Mais sobre cosmética , cremes , pele

Comentários

5 regras de ouro para acabar com os pontos negros (e os aliados certos)

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.