© TERESA JUSTO SANTOS

Prove este pão sem glúten só com três ingredientes

É feito de farinha de grão de bico e é um petisco de rua típico de várias zonas mediterrânicas. Esta receita de pão sem glúten leva apenas três ingredientes.

Socca, farinata, torta di ceci ou cecina: todos estes nomes se referem a um pão chato, feito com farinha de grão de bico, originário da Costa da Ligúria, que abarca regiões francesas e italianas.

Só há pouco tempo se começou a falar da farinha de grão de bico e a encontrá-la nas prateleiras de supermercados. Mas a verdade é que se trata de um alimento ancestral.

Acredita-se que este pão isento de glúten tenha sido cozinhado pela primeira vez por soldados romanos, nos próprios escudos. É um ingrediente nutricionalmente muito interessante, rico em proteínas, potássio e ácido fólico, entre outros nutrientes e minerais.

As soccas são, por isso, um excelente substituto sem glúten ao pão tradicional (se for pão artesanal também há benefícios!), seja por questões de alergia, intolerância ou opção alimentar. O pão é um elemento chave na mesa dos portugueses, mas não custa nada substituí-lo quando há outras opções saborosas. O pão de alfarroba é outro exemplo.

Socca: uma receita simples de pão sem glúten

15 minutos 8 unidades

Ingredientes

200 g farinha de grão de bico

200 g água

q.b. sal

q.b. azeite


Modo de preparação

1. Coloque a farinha de grão de bico numa taça, passando-a por uma peneira ou coador de rede fina. Este passo é importante para que a farinha fique sem grumos

2. À farinha, junte o sal, um fio de azeite e a água. Mexa tudo até que os ingredientes fiquem bem incorporados

3. Deixe a massa repousar no mínimo 10 minutos. Pode até fazê-la de véspera ou ao início do dia. A farinha de grão de bico precisa de algum tempo para hidratar

4. Leve uma frigideira ao lume, untada com um pouco de gordura da sua preferência (ou utilize uma anti-aderente). Com uma colher funda, retire um pouco da massa da socca e verta-a na frigideira, alisando-a com a parte de baixo da colher

5. Quando começar a borbulhar, é sinal que pode virar a socca para a cozinhar do outro lado

6. Se as soccas não forem servidas no momento, podem ser guardadas no frigorífico ou no congelador. Basta depois retirar e aquecê-las ligeiramente no forno ou na torradeira

Descubra outras opções à prova de celíacos, como as pataniscas vegan ou as panquecas sem glúten.

Mais sobre brunches e lanches

Comentários

Prove este pão sem glúten só com três ingredientes

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.