Nutrição

A importância da batata-doce na alimentação (e 3 receitas para experimentar)

Conheça os principais benefícios da batata-doce, a sua informação nutricional e três receitas para tirar o máximo partido deste ingrediente em casa.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
receitas com batata doce
Escrito por
Marta Mendes
Dez. 03, 2018

A batata-doce faz parte, cada vez mais, da alimentação diária de mulheres que se preocupam com a sua saúde e alimentação. Ana Bravo, nutricionista e autora do blog Nutrição com Coração, esclarece todos os benefícios e explica a verdadeira importância de a incluir nas nossas refeições.

Características da batata-doce

A batata-doce é uma raiz tuberosa comestível com sabor adocicado. São muitas as variedades que se distinguem essencialmente pela sua cor e forma, algumas das quais não encontramos facilmente nas lojas. As mais comuns são:

Branca, mais doce e a sua polpa é firme;
Alaranjada, com uma textura suave e sabor adocicado.
Roxa, menos doce, a sua polpa é mais seca.

“A sua cor deve-se à presença de carotenos (percursores de vitamina A) e de antocianinas, que em conjunto lhe conferem um potencial antioxidante e anti-inflamatório de destaque”, começa por explicar Ana Bravo.

É rica em:

Calorias e hidratos de carbono;
• Vitamina A, indispensáveis para a boa saúde dos olhos, da pele e do aparelho respiratório;
• Vitaminas B1 e B5, que têm como função regular o sistema nervoso, coração, contração muscular, saúde dos olhos, pele, boca e cabelos, bem como o aparelho digestivo;
• Vitamina C, que ajuda na imunidade e atua como antioxidante;
• Sais minerais: cálcio, ferro, fósforo, sódio e potássio.

A batata-doce deve ser confecionada com casca, que contém muitas propriedades antioxidantes concentradas na pele, aproximadamente três vezes mais do que a sua polpa.

Quais são os principais benefícios?

Bastante apreciada pelos desportistas (e não só), a batata-doce tem inúmeros benefícios para a saúde de uma forma geral. Além disso, tem um sabor adocidado apreciado por quase toda a gente e é energética.

• Combate a obesidade;
• Combate a arteriosclerose e a hipertensão arterial;
• Auxilia a irrigação sanguínea;
• Aumenta as necessidades energéticas.

Se for consumida antes de atividade física, com baixo índice glicémico, é lentamente absorvida, o que proporciona energia estável durante todo o exercício.

Como aproveitar todo o seu valor nutricional?

“Destaquei o conteúdo deste alimento em vitaminas lipossolúveis porque a sua presença acontece com uma quantidade de gordura quase nula”, refere a nutricionista. “E se juntarmos uma fonte vegetal de gordura com parcimónia, idealmente azeite, estaremos a melhorar a sua absorção”, acrescenta.

Tendo em consideração que as maiores qualidades nutricionais do azeite se obtêm com este alimento em cru, a nutricionista recomenda a “cozer ligeiramente a batata-doce a vapor e então fazer esta junção deliciosa”.

A batata-doce deve ser confecionada com casca, que contém muitas propriedades antioxidantes concentradas na pele, aproximadamente três vezes mais do que a sua polpa.

Para manter as suas qualidades nutritivas, deve ser guardada num lugar fresco, seco e arejado, longe da luz solar.

Porque devemos preferir a batata-doce à batata comum?

Branca, amarela, avermelhada ou roxa, a batata-doce é mais doce que a batata comum e é um alimento que privilegia a sua saúde.

Contrariamente ao que muitos pensam, a batata-doce tem uma quantidade de hidratos de carbono semelhante à da batata.“É a sua riqueza em vitaminas A e E (vitaminas lipossolúveis, que se dissolvem em gordura), assim como o maior teor de minerais e maior quantidade de fibra que a faz brilhar”, refere Ana Bravo.

No entanto, a nutricionista recomenda variar e não optar por uma em detrimento da outra.

A versatilidade da batata-doce

São várias as receitas que podem ajudá-la a introduzir esta raiz tuberosa na sua alimentação. “Pode ser usada em variados pratos, desde principais, seja com carne, peixe, ovo ou marisco, a pequenos-almoços e até sobremesas”, adianta a especialista. “Em forma de puré ou até recheada, funciona sempre muito bem”.

Alguns cuidados a ter: se não praticar exercício físico e ultrapassar as doses diárias recomendadas, a batata-doce pode levar a um aumento de peso; é preferível não fritar a batata-doce, pois irá aumentar os níveis de gordura da mesma.

3 receitas com batata-doce para experimentar já

1. Brownie de batata-doce e alfarroba

Tempo de Preparação: 45 minutos

Ingredientes:

• 1 ovo
• 2 c. de chá (rasas) farinha de alfarroba
• 8 c. de sopa puré de batata-doce
• 1 c. de sobremesa azeite
• 3 tâmaras
• 45 g miolo de amêndoa
• 1/2 colher de chá fermento
• q.b. laranja
• 1 c. de sobremesa arandos desidratados
• 1 c. de sobremesa sementes de cânhamo
• 1 c. de sobremesa damascos secos picados

Preparação:

1. Aquecer o forno nos 180 graus
2. Numa taça bater ligeiramente o ovo, juntar o azeite e o puré de batata-doce (frio)
3. Processar as tâmaras com o miolo de amêndoa (usar amêndoas com pele), até formar uma “farinha”
4. Adicionar a farinha de amêndoa ao preparado anterior, bem como a farinha de alfarroba e distribuir em formas de silicone (ou untadas)
5. Levar ao forno, onde ficam a cozinhar cerca de 35 minutos (basta fazer o teste do palito)
6. Servir com laranja, sementes, arandos e damascos secos

2. Panqueca de batata-doce com gengibre e amendoim

Tempo de Preparação: 15 minutos

Ingredientes:

• 1 ovo
• 2 c. de sopa batata-doce
q.b. gengibre
• b. miolo de amendoim
• 1 c. de sopa queijo quark

Preparação:

1. Misturar o puré de batata-doce (cozer a batata e amassar com um garfo) com o ovo e cozinhar a mistura numa frigideira anti aderente de ambos os lados
2. Numa taça, misturar o quark cm gengibre ralado a gosto
3. Servir a panqueca com o quark e amendoins

3. Batata-doce com quark e pistachos

Tempo de Preparação: 1 hora

Ingredientes:

 1 batata-doce
4 c. de sopa queijo quark
• q.b. raspa limão
• q.b. hortelã
• 2 c. de sopa pistachos

Preparação:

1. Lavar bem a batata, envolver em papel vegetal e levar ao forno, a 180 graus, 45 – 60 minutos, até estar bem assada
2. Numa taça misturar o quark com as raspas de limão e a hortelã picada
3. Abrir a batata-doce e rechear com o creme
4. Servir polvilhado com os pistachos


 

A batata-doce já faz parte da sua alimentação diária? Afinal, os hidratos de carbono são inimigos ou aliados de quem tenta emagrecer?

Últimos

O que fazer no fim de semana de 18 a 20 de outubro
Cultura
O que fazer no fim de semana de 18 a 20 de outubro
Cansada dos depósitos? Não ponha ainda o dinheiro no colchão
Dinheiro
Cansada dos depósitos? Não ponha ainda o dinheiro no colchão
Acha que sabe distinguir cosméticos naturais dos restantes?
Beleza
Acha que sabe distinguir cosméticos naturais dos restantes?
Dormir a sesta não é sinal de preguiça, é bom para o coração
Saúde
Dormir a sesta não é sinal de preguiça, é bom para o coração
Pão de castanhas: uma sugestão deliciosa e nutritiva
Receitas
Pão de castanhas: uma sugestão deliciosa e nutritiva
19 bandoletes para palmilhar as ruas com o acessório da estação
Moda
19 bandoletes para palmilhar as ruas com o acessório da estação
Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos
Beleza
Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos
Seremos realmente livres de deixar crescer os nossos pelos?
Beleza
Seremos realmente livres de deixar crescer os nossos pelos?
Em busca de inspiração? Encontre-a nestes 12 documentários sobre mulheres
Cultura
Em busca de inspiração? Encontre-a nestes 12 documentários sobre mulheres
Experimente estes jogos de sexo e quebre a monotonia da relação
Sexo
Experimente estes jogos de sexo e quebre a monotonia da relação
Síndrome pré-menstrual: tem estes sintomas?
Saúde
Síndrome pré-menstrual: tem estes sintomas?
27 frases de empoderamento feminino para se inspirar todos os dias
Sociedade
27 frases de empoderamento feminino para se inspirar todos os dias