© Shutterstock

Alho: faça deste poderoso antibiótico natural um grande aliado

São muitos os benefícios da utilização do alho na culinária. Além de funcionar como um poderoso antibiótico natural, este ingrediente atua no combate a infeções e doenças cardiovasculares, entre outras. Acredite que, depois de ler este artigo, vai querer ter sempre uma cabeça de alho por perto.

Com um aroma forte e inigualável, o alho é um dos vegetais mais utilizados em todo o mundo, segundo O Grande Livro dos Legumes (Círculo de Leitores, 2012).É composto por entre 12 a 15 dentes independentes entre si, que formam o que vulgarmente apelidamos de “cabeça”. A polpa dos dentes de alho é branca e, quando cortada, segrega um suco ideal para usar como tempero.

Usado na confeção de pratos há mais de seis mil anos é, até hoje, um bem essencial da gastronomia mundial, mas não só. Graças às suas propriedades medicinais, o alho foi elevado a vegetal de culto. Isto porque, antigamente acreditava-se que as doenças eram causadas pelo diabo, e o alho, com o seu cheiro forte e pungente, era capaz de afastar todas as forças do mal (vampiros incluídos!).

Tudo começou com os egípcios, romanos e gregos, sendo que estes últimos foram pioneiros na utilização do alho para tratar doenças relacionadas com parasitas, problemas intestinais, problemas respiratórios e anemia. Décadas depois, a comunidade científica encontrou finalmente algum consenso quanto aos benefícios do alho.

8 benefícios do alho

Diferentes estudos, nomeadamente Alho: os potenciais efeitos terapêuticos, sugerem que o consumo de alho é eficaz no controle da pressão arterial e colesterol, e na prevenção de doenças cardiovasculares e constipações. Para melhor compreensão, listámos alguns dos principais benefícios.

A alicina, um dos componentes do alho, combate infeções, bactérias e parasitas, como por exemplo a ténia;

• Atua como antibiótico natural;

 É um nutriente poderoso, uma vez que é composto por cálcio, ferro, fósforo, magnésio, vitamina C e várias vitaminas B6;

 É um anticético natural que atua contra os metais pesados no organismo, ajudando a desintoxicar o corpo;

Controla a glicemia e previne a diabetes, ou seja, é útil nas dietas sem sal, pois confere sabor aos alimentos;

Atua no controlo do colesterol e, consequentemente, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares;

• Previne contra o aparecimento de cancro e tumores;

• Os seus compostos antioxidantes previnem o aparecimento de doenças degenerativas como o Alzheimer ou demência.

Como conservar o alho

Resistentes, os alhos devem ser guardados num local escuro, seco e fresco. As cabeças inteiras podem aguentar até 8 semanas, sendo que os dentes separados duram entre 3 a 10 dias.

Como consumir?

Na gastronomia portuguesa, o alho é utilizado como tempero para inúmeras refeições. Está presente nos refogados, é o melhor amigo do bacalhau e pode fazer toda a diferença num bom prego.

Mas convém saber que este poderoso antibiótico encontrado na natureza deve ser ingerido cru para que não perca os nutrientes e as suas propriedades curativas. Assim, para sentir os resultados do seu efeito, o ideal será comer entre um a dois dentes de alho por dia.

Então e o mau hálito? Embora esta seja uma das desculpas mais comuns para excluir o alho da dieta alimentar, esta questão resolve-se facilmente – experimente mastigar folhas de menta frescas, de salsa, aipo ou outra folha rica em clorofila.

Baguete com manteiga de alho

Experimente esta receita simples, fácil e extremamente saborosa para um pão estaladiço e com um delicioso sabor a alho, sugerida no livro O Grande Livro dos Legumes.

Ingredientes

1 baguete
6 dentes de alho
150 g manteiga à temperatura ambiente
1 c. sopa sumo de limão

Preparação

1. Esmague os dentes de alho num almofariz (depois de retirar o germe, caso exista)

2. Junte a colher de sopa de sumo de limão e a manteiga amolecida, e trabalhe a mistura até obter uma pasta

3. Corte a baguete em fatias finas na diagonal (sem cortar totalmente até ao fim), afaste cuidadosamente e barre a manteiga de alho entre as fatias

4. Embrulhe o pão em prata de alumínio e leve ao forno durante 10 minutos a uma temperatura média-alta


O alho é apenas um dos ingredientes que promete fazer bem à sua saúde. Descubra também as razões pelas quais devemos comer malagueta

Mais sobre temperos

Comentários

Alho: faça deste poderoso antibiótico natural um grande aliado

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.