8 perguntas que tem de fazer antes de casar

Acha que está preparada para o próximo passo? Se está a dar voltas à cabeça a tentar responder, este artigo pode ser uma ajuda extra. Conheça algumas das perguntas para fazer antes de casar.

Alcançar a felicidade a dois é, sem sombra de dúvidas, um desafio. As discussões existem, os desentendimentos são normais, mas nada disto pode ser regra. Se for, então não é muito bom sinal.

Dar o passo em frente e casar não é uma decisão que se tome da noite para o dia. Querem ter filhos? Como é que vão gerir as despesas? Quem é que vai fazer o quê em casa? E o futuro? Quais os planos? O The New York Times elaborou uma lista com perguntas para fazer antes de casar. Nós escolhemos algumas que consideramos mesmo importantes.

8 perguntas para fazer antes de casar

1. Como é que a tua família reage quando não concordam uns com os outros?

O background de cada um é sempre importante quando se está numa relação. Será que quando há uma discussão, a casa parece vir abaixo? Falam ou tentam evitar-se? Isto vai ajudar a perceber se, quando surgir uma discussão mais séria, as coisas descontrolam-se totalmente ou conseguem arranjar uma solução para o problema. Antecipe uma má reação e aprenda a lidar com o seu parceiro.

2. Vamos ter filhos?

Esta é das mais importantes perguntas para fazer antes de casar. O facto de um querer ter filhos e o outro não, pode determinar o rumo que a relação vai tomar. Como explica Debbie Martinez, conselheira de relações e divórcios, é importante que não diga o que o seu parceiro quer ouvir. Em vez disso, sejam o mais sinceros possíveis um com o outro e tentem perceber o que ambos querem.

3. As nossas relações anteriores vão ajudar-nos ou causar-nos problemas?

É possível que os ex-namorados ou namoradas sejam um problema e causadores de discussões. Bradford Wilcox, director do National Marriage Project, da Universidade da Virgínia, Estados Unidos, refere na sua pesquisa que ter tido muitos relacionamentos sérios pode representar um maior risco de divórcio. Na realidade, a pessoa que passou por estas experiências tem tendência a fazer comparações com o parceiro atual.  A solução que o especialista dá é: “A única maneira de ter esta conversa de forma íntima e produtiva é aceitar que a outra pessoa tenha tido uma vida antes da relação atual”.

4. A minha dívida vai ser a tua dívida?

As contas lá de casa podem ser dos maiores problemas a enfrentar numa relação. Anote: não esconda nada. Nem dívidas antigas, gastos acima das possibilidades ou uma compra ou outra mais extravagante. Dr. Robert Scuka, diretor do National Institute of Relationship Enhancement, recomenda a todos os casais estabelecerem um orçamento básico, de acordo com os rendimentos de cada um. Isto inclui a partilha das finanças pessoais, ainda que muitos casais não o façam.

5. Consegues lidar com o facto de eu fazer coisas sem ti?

Há quem valorize muito a privacidade e o tempo para si mesmo e há quem não dê importância a isto. Para os que não dão, ver o parceiro a fazer planos com amigos ou outros hobbies que não a envolvam a si pode ser difícil. A isto está associado um sentimento de rejeição e de tensão, quando a única coisa que é necessária é conversar. Se for este o caso, deve explicar ao parceiro que gosta de passar algum tempo sozinha e que isso não é sinónimo de querer estar sem ele.

6. Quão importante é o sexo para ti?

O sexo é parte fundamental para qualquer relação, certo? Não só é importante saber o que cada um gosta, como devem perceber que tipo de experiências procuram. “Uma relação saudável inclui uma discussão sobre o que o parceiro gosta e o que espera receber”, afirma o terapeuta Marty Klein. Para que ambos se mantenham satisfeitos, é importante que dialoguem.

7. O flirt é admissível? Ver pornografia é um problema?

Esta linha deve ser traçada antes de dar o próximo passo na relação. A pornografia pode suscitar algumas questões de insegurança quando, na verdade, nada tem a ver com a relação que tem com outra pessoa. Apanhar o parceiro a namoriscar com outra pessoa pode também causar constrangimentos e até magoar sentimentos. Não deixe de dizer o que sente e de fazer as perguntas que quer fazer – sem arrogância e sem ter o propósito de iniciar uma discussão.

8. Como é que nos vês daqui a 10 anos?

Segundo Seth Eisenberg, presidente da Pairs (Practical Application of Intimate Relationship Skills), ter esta questão em mente ajuda o casal a lidar com um conflito, enquanto trabalham para atingir os seus objetivos.

O que achou destas perguntas para fazer antes de casar? Saiba ainda quais os mandamentos para ser feliz a dois.

Mais sobre casamento , família

Comentários

8 perguntas que tem de fazer antes de casar

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.