Cultura

12 livros de poetas portugueses para celebrar o Dia Mundial da Poesia

No dia 21 de março, comemora-se o Dia Mundial da Poesia e para o assinalar, sugerimos-lhe livros de 12 poetas portugueses, que tão bem demonstram a beleza da linguagem poética.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
12 livros de poetas portugueses para celebrar o Dia Mundial da Poesia 12 livros de poetas portugueses para celebrar o Dia Mundial da Poesia
© Grafismo: Carolina Carvalhal
Rita Caetano
Escrito por
Mar. 18, 2021

No dia Mundial da Poesia, que se celebra a 21 de março, descubra ou redescubra os grandes poetas portugueses e a beleza das suas palavras. Entre antologias e obras únicas, sugerimos-lhe 12 livros de poetas nascidos no século XX, que marcaram a linguagem poética em português.

A poesia é sentimento de quem a escreve e de quem a lê e, como disse Sophia de Mello Breyner Andresen, numa entrevista ao Jornal de Letras, em 1997, “a poesia é das raras atividades humanas que, no tempo atual, tentam salvar uma certa espiritualidade. A poesia não é uma espécie de religião, mas não há poeta, crente ou descrente, que não escreva para a salvação da sua alma – quer a essa alma se chame amor, liberdade, dignidade ou beleza”.

12 livros de poetas portugueses

  • Poesia, Eugénio de Andrade

    Poesia, Eugénio de Andrade

    Assírio & Alvim

    44€

    Eugénio de Andrade é um dos nossos grandes poetas e, neste livro, é possível conhecer a sua obra poética na totalidade.

    No prefácio, José Tolentino Mendonça, diz que o autor foi responsável por revolucionar a nossa poesia: “Até ele a poesia era uma espécie de ponto de passagem para outra coisa, representação de uma realidade anterior ou para lá do próprio poema. Com ele a poesia deixa de ser veículo e torna-se substância de si.”

    1 / 12

  • Estranhezas, Maria Teresa Horta

    Estranhezas, Maria Teresa Horta

    Dom Quixote

    15,90€

    Dividido em sete partes, Estranhezas mostra a essência poética de Maria Teresa Horta, onde o corpo, o desejo e o erotismo são uma constante.

    Este livro venceu recentemente o Prémio Literário Casino da Póvoa, da 22.ª Edição do Festival Literário Correntes d’Escritas. Maria Teresa Horta é uma destacada feminista e foi autora, com Maria Velho da Costa e Maria Isabel Barreno, o livro Novas Cartas Portuguesas.

    2 / 12

  • Todos os Poemas, Ruy Belo

    Todos os Poemas, Ruy Belo

    Assírio & Alvim

    48€

    Todos os Poemas é o livro referência da poesia de Ruy Belo, o poeta do quotidiano, mas também da política e da morte, mostrando sempre uma sensibilidade fora de série. Aquele Grande Rio Eufrates marcou a sua estreia na poesia.

    3 / 12

  • Obra poética – II, Artur do Cruzeiro Seixas

    Obra poética – II, Artur do Cruzeiro Seixas

    Porto Editora

    24€

    Nome grande do surrealismo português, Artur do Cruzeiro Seixas foi poeta, além de pintor e escultor, e neste livro, que faz parte da Coleção elogio da sombra, é possível conhecer parte da sua obra, aqui selecionada por Isabel Meyrelles.

    Valter Hugo Mãe, curador da coleção, diz que “nesta vasta obra se encontra um surrealismo pleno, a relação mais indomável que ao espírito humano revela sobretudo o que tem de inexplicável e, ainda assim, profundamente necessário”.

    4 / 12

  • Obra Poética, Sophia de Mello Breyner Andresen

    Obra Poética, Sophia de Mello Breyner Andresen

    Assírio & Alvim

    49€

    A poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen transporta-nos para o mundo que a fascinava – a Grécia, as praias, os jardins, a mitologia, a noite, a manhã –, mas também para a resistência à ditadura. Obra Poética reúne os seus poemas, alguns inéditos até à publicação deste livro.

    5 / 12

  • Poemas Completos, Herberto Helder

    Poemas Completos, Herberto Helder

    Porto Editora

    48€

    Herberto Helder é um dos maiores poetas nacionais e os seus poemas são intemporais, como poder verificar em Poemas Completos. Homem de várias profissões e de várias moradas, o poeta sempre desejou o anonimato, algo que o fez recusar em 1994 o Prémio Pessoa.

    6 / 12

  • Poesia, Mário Cesariny

    Poesia, Mário Cesariny

    Assírio & Alvim

    44€

    Poesia reúne a obra poética de Mário Cesariny, organizada por Perfecto E. Cuadrado que assina também o prefácio, onde diz que o poeta “foi, antes de mais, um homem livre e luminoso que cada dia inaugurava o dia na noite da caverna e que soube encontrar mil tempos novos para o verbo amar”.

    Nesta edição, estão incluídos os livros Manual de Prestidigitação, Primavera Autónoma das Estradas, Pena Capital, Nobilíssima Visão, A Cidade Queimada, O Virgem Negra e ainda outros poemas.

    7 / 12

  • Errático, Rosa Oliveira

    Errático, Rosa Oliveira

    Tinta da China

    13,90€

    Errático é o terceiro livro de poemas de Rosa Oliveira, conhecida pelo seu restilo retratista do que observa e sente.

    Pedro Mexia, coordenador da coleção Poesia da Tinta da China onde este livro está inserido, diz que é “impaciente, descrente, antiépica, desconfiada de epifanias, a reconhecível voz autoral de Errático (…)”. Rosa Oliveira venceu, entre outros, o Prémio Literário Fundação Inês de Castro com o livro Tardio, em 2017.

    8 / 12

  • O Medo, Al Berto

    O Medo, Al Berto

    Assírio & Alvim

    40€

    O Medo agrupa toda a poesia de Al Berto, conhecida por exaltar o sofrimento, o mal, a morte, a fragilidade humana, a doença. O poeta venceu o Prémio Pen Club de Poesia em 1987.

    9 / 12

  • Jóquei, Matilde Campilho

    Jóquei, Matilde Campilho

    Tinta da China

    15€

    Jóquei, o primeiro livro de Matilde Campilho, é um marco da nova poesia portuguesa e nele fazemos uma viagem entre Lisboa e o Rio de Janeiro.

    “Os poemas, em verso e prosa, assemelham‑se a climogramas, medem atmosferas e temperaturas. Contam muitas vezes histórias de trintões com a coragem de adolescentes, meninos e meninas em mergulhos desmedidos e destemidos, com deslumbramentos e desapegos, amores mercuriais, ternuras e enigmas”, diz Pedro Mexia, coordenador da coleção Poesia da Tinta da China onde este livro está inserido.

    10 / 12

  • Poesias Completas & Dispersos, Alexandre O’Neill

    Poesias Completas & Dispersos, Alexandre O’Neill

    Assírio & Alvim

    33€

    Poesias Completas & Dispersos reúne dois livros de Alexandre O’Neill, bem como quarenta e dois textos publicados em jornais, revistas, discos e catálogos de arte e sete inéditos. Com uma escrita misteriosa, surrealista e cheia de carisma, Alexandre O’Neill presenteou-nos com uma poesia brilhante, mas convém não esquecer que, além de poeta, foi publicitário.

    11 / 12

  • Obra Poética II, António Ramos Rosa

    Obra Poética II, António Ramos Rosa

    Assírio & Alvim

    44€

    O segundo volume da Obra Poética, de António Ramos Rosa, reúne os poemas publicados entre 1988 e 1996, uns em livro e outros em folheto.

    António Guerreiro, autor do posfácio deste livro, diz que “escrever, para Ramos Rosa, não é apenas um exercício que se cumpre por uma determinada disposição estética. Muito mais radicalmente, é um programa de vida, uma necessidade vital e ética que encontra no poema uma estratégia que lhe orienta o sentido e os horizontes (…)”.

    12 / 12

Últimos