© Getty Images

Os segredos da aromaterapia: saiba o que é e quais os seus benefícios

À base de óleos essenciais, a aromaterapia conjuga o aroma dos óleos e a sua acção terapêutica para cuidar da nossa saúde física e emocional. Esta técnica ancestral ajuda nos cuidados da pele e cabelos, na cura de doenças comuns e a relaxar o corpo e a mente.

Todas sabemos como o cheiro nos pode transportar ao longo de uma viagem de memórias e sensações. É este um dos grandes segredos desta terapia.

A memória olfativa tem um papel fundamental na forma como gerimos as nossas emoções. E a utilização de óleos essenciais pode funcionar como tratamento complementar em muitas situações do dia a dia.

O que é a aromaterapia?

A aromaterapia é baseada na utilização de óleos essenciais extraídos das folhas, raízes, pétalas, caules e cascas das plantas. São, no fundo, a “alma” da planta.

Salvo raras exceções, os óleos essenciais devem ser sempre diluídos em óleos vegetais (como o óleo de amêndoas doces, coco ou de abacate), que servem de condutor das principais propriedades terapêuticas que queremos utilizar.

É importante diferenciar óleos essenciais de essências. Não são iguais. Os óleos utilizados na aromaterapia são 100% naturais e extraídos das plantas. As essências são produtos sintéticos, feitos em laboratório, por isso artificiais. Não possuem nenhum princípio ativo e normalmente são utilizadas para perfumar o ambiente sem oferecer qualquer benefício terapêutico.

Quando comprarmos óleos essenciais, devemos sempre optar pelos óleos de qualidade certificada.

Uma mente sã promove um corpo são. São indissociáveis – Sandra Ramos, aromaterapeuta

Quais os benefícios da aromaterapia e dos óleos essenciais?

É comum associamos os antigos Egípcios ao uso de substâncias aromáticas para fins medicinais e cosméticos. Nefertum era o Deus da cura, da beleza e dos perfumes, representado na arte egípcia antiga com uma flor de lotus na coroa. A aromaterapia é isto mesmo – a cura e o bem-estar através dos aromas.

Esta terapia pode ser utilizada genericamente por todos, até crianças. Existem soluções para os mais novos que podem funcionar de forma preventiva contra gripes, constipações ou alergias.

Pode até ser usada desde o nascimento para resolver situações tão comuns como cólicas ou sono agitado, as quais preocupam os pais desde o primeiro dia e provocam o choro às crianças de uma forma natural.

Como utilizar esta terapia

Bastam apenas umas gotas de óleo essencial para obter excelentes resultados. Podemos utilizar um difusor de óleos, fazer uma massagem ou um banho de imersão, ou através da inalação de vapor. Ou até uma única gota de óleo num lenço que podemos cheirar várias vezes ao dia.

Todos os caminhos vão dar ao nosso cérebro, que imediatamente distribui pelo corpo uma sensação de bem-estar e, em alguns casos, estímulos que combatem a dor.

No difusor de óleos – juntar 4 a 6 gotas de óleo à água, programar o difusor para quatro horas;

No lenço – aplicar apenas 1 gota num lenço e cheirar várias vezes ao dia;

Numa massagem – juntar 6 gotas a 30 ml de óleo base e aplicar suavemente sobre a área a tratar;

Num banho de imersão – misturar na água do banho 6 gotas de óleo essencial se for criança e 12 para adultos;

Numa compressa – adicionar 4 gotas de óleo essencial numa taça com água quente ou fria, molhar a compressa, retirar o excesso e aplicar directamente na zona a tratar;

Inalação de vapor – juntar 3 a 5 gotas de óleo a água a ferver numa taça, colocar a cabeça sobre a taça e tapar com uma toalha. Devemos manter esta posição durante 5 a 10 minutos;

os segredos da aromaterapia e seus beneficios

© Shutterstock

Kit básico de óleos essenciais

A utilização desta terapia é tão simples e prática que podemos optar por ter sempre connosco um kit de sobrevivência à base de óleos essenciais. Algumas sugestões que podem ser usadas topicamente:

Óleo essencial de cravinho – analgésico por excelência;

• Óleo essencial de limão – ajuda no combate a gripes e constipações, golpes, dores de garganta, queimaduras solares e feridas;

• Óleos essencial de hortelã-pimenta – ajuda a diminuir a dor de cabeça, nódoas negras, febre, náuseas e vómitos.

Terapia holística, porquê?

A aromaterapia é considerada uma terapia holística, uma vez que considera o ser humano no seu todo, ao nível corporal, mental e emocional. Daí que esta técnica, complementar à medicina tradicional, vá muito além dos cuidados terapêuticos.

Podemos utilizar as essências quer em produtos de cosmética quer em produtos de limpeza. Com apenas três ingredientes podemos fazer em casa um creme de olhos, natural e económico, por exemplo.

É o que nos explica Sandra Ramos, enfermeira de formação e aromaterapeuta de profissão. Depois de exercer enfermagem em dois grandes centros hospitalares na zona de Lisboa, aceitou o desafio de experimentar a homeopatia, a ayurveda, a acupuntura, a reflexologia e a aromaterapia.

“Fiz algumas formações e com elas a experimentação dessas mesmas terapias”, conta. Para a aromaterapeuta, “era importante compreender o processo de cura, não somente os resultados que se obtinham.”

Os segredos da Aromaterapia, um guia completo

Sandra Ramos publicou recentemente um manual completo de óleos essenciais para a saúde, beleza e bem-estar. É quase impossível folhear o livro sem sentir o aroma a lavanda ou alecrim.

E é exactamente aqui que começa o poder da aromaterapia – o cheiro remete-nos para a emoção. Como explica Sandra, que trabalha agora com terapias holísticas em conjunto com a medicina tradicional, “muitas das doenças têm a sua origem em alguma situação de desequilíbrio ou desajuste psicológico. Ora, se a causa de muitas (se não todas) as doenças está na área psicológica, a sua cura passa também por um reequilíbrio deste campo. Uma mente sã promove um corpo são. São indissociáveis.”

Livro os segredos da amoraterapia

Os Segredos da Aromaterapia, de Sandra Ramos (Manuscrito, 2019)

E a explicação para que isto aconteça de forma tão natural através da aromaterapia é simples. “No nariz, a área responsável pelo odor localiza-se na câmara olfativa onde existem 25 milhões de células olfativas, em cerca de dez centímetros quadrados”, explica o autor do prefácio do livro, osteopata e acupuntor.

A autora vai ainda mais longe. “Para tratarmos o físico, devemos perceber qual a parte do psicológico que está afetada e temos mesmo de tratar esta área de forma a promover a cura da situação, caso contrário, estamos apenas a colocar aquilo a que chamo um penso rápido, ou seja, só aliviamos os sintomas, não tratamos nada.”

Cremes caseiros com óleos essenciais

Agora que já sabe na teoria tudo sobre a essência da aromaterapia, está na hora de pôr mãos à obra e fazer os seus próprios cremes à base de óleos essenciais.

Saiba como fazer uma manteiga corporal a partir de manteiga de karité, óleo de coco e de amêndoas doces e um creme para as mãos e pés, com óleo essencial de hortelã-pimenta, de coco e cera de abelha.

Manteiga corporal

Ingredientes e material

Frasco de vidro

60 g de óleo de coco

60 g de manteiga de karité

50 ml de óleo de amêndoas doces

15 gotas de um óleo essencial à escolha (lavanda para acalmar, laranja, limão ou lima para revigorar, hortelã-pimenta para refrescar, etc.)

Preparação

1. Numa taça, em banho-maria, misture e derreta completamente o óleo de coco, a manteiga de karité e o óleo de amêndoas doces;

2. Leve ao frigorífico para solidificar, assim que começar a ficar duro, retire do frigorífico e bata com a batedeira até obter um creme fofo;

3. Misture os óleos essenciais que escolheu, mexa e armazene no frasco, utilize no corpo diariamente.

Creme para as mãos e os pés

Ingredientes e material

Frasco de vidro

2 colheres de sopa de manteiga de karité

60 g de óleo de coco

60 g de cera de abelha

Meia colher de chá de vitamina E

10 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta

Preparação

1. Numa taça, em banho-maria, derreta a manteiga de karité, o óleo de coco e a cera de abelha, vá mexendo até estar tudo completamente derretido;

2. Retire do lume e deixe arrefecer por cinco minutos;

3. Adicione a vitamina E e os óleos essenciais que escolheu;

4. Bata o preparado com uma batedeira elétrica até obter um preparado fofo;

5. Armazene num frasco de vidro, tape apenas quando estiver totalmente frio;

6. Aplique nas mãos, nos pés e cotovelos diariamente as vezes que sentir necessário.

Fonte: Os segredos da Aromaterapia, de Sandra Ramos (Manuscrito, 2019)

Agora que já conhece os efeitos da aromaterapia, descubra 6 tradições milenares com base na aiurvédica.

Comentários

Os segredos da aromaterapia: saiba o que é e quais os seus benefícios

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.