Beleza

5 cortes que dão a ilusão de ter mais cabelo do que na realidade tem

Seja para cabelos finos ou para quem tem pouco cabelo, há soluções para que a sua cabeleira pareça mais densa e com textura. Estes são os cortes a apostar.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
5 cortes que dão a ilusão de ter mais cabelo do que na realidade tem 5 cortes que dão a ilusão de ter mais cabelo do que na realidade tem
© GETTY IMAGES
Marta Chaves
Escrito por
Jul. 14, 2021

Pode ser um verdadeiro drama, tanto para as mulheres como para os homens, ver o cabelo tornar-se mais frágil, a cair, ou simplesmente a ficar mais fino. Os produtos e gadgets para estilizar ajudam sempre a contornar a situação e são uma parte essencial para dar outra vida à sua cabeleira. Porém, nada será mais eficaz do que um bom corte.

Não há como fugir. A única solução é encontrar formas para dar volume aos fios. Os cabelos muito longos acabam por não ser o melhor tamanho para quem tem o cabelo fino ou queda de cabelo, pois uma vez que pesam mais, têm pouca densidade e será muito mais difícil aguentarem ondas, por exemplo.

Aqui, os cortes mais curtos ganham vantagem e são perfeitos para esta ilusão que falamos. Em baixo, mostramos algumas opções.

Cortes para quem tem pouco cabelo ou cabelo fino

Corte direito e com ondas

O cabelo fino pode ser difícil de estilizar, mas há uma forma muito simples de parecer mais volumoso. Tenha o tamanho curto ou médio, o importante é que o cabelo esteja todo do mesmo tamanho (vamos deixar os escadeados onde eles pertencem, no passado) e, depois, é só fazer algumas ondas do queixo para baixo.

Isto irá dar a ilusão de que tem o cabelo mais volumoso, mesmo que as ondas não sejam feitas de raiz. Há duas formas de consegui-las: pode fazê-las com o ferro de alisar, enrolando mechas de cabelo nesse mesmo ferro e puxando-as para baixo; ou depois do banho, aproveite o cabelo húmido para aplicar um creme ou uma mousse para dar volume e ‘amachuque’ os fios capilares até ficarem bem ondulados.

Pode ainda aproveitar e ir secando com uma escova de cabo cilíndrico para ajudar as ondas a ficarem firmes.

;

Um bob direito

Além de ser um corte de cabelo sofisticado, o bob é um clássico do mundo do hairstyling. Neste caso, é ideal para os cabelos mais finos por ser muito fácil de o conseguir, uma vez que não dá muito trabalho.

O ideal é que fique pelo queixo e não mais do que isso. Quem tem pouco cabelo ou cabelo fino não irá beneficiar de cortes muito longos, por isso este tamanho será o ideal. Pode sempre fazer um apanhado em cima, usá-lo com ondas ou até mesmo liso. A verdade é que o tamanho curto irá sempre dar a ilusão de que tem mais cabelo, ao invés do cabelo longo que dará sempre a ideia contrária.

;

Tamanho médio com ondas e franja

Se, para si, está fora de hipótese cortar o cabelo muito curto, então esta será a solução: dar ondas para parecer que tem várias camadas, ondulá-lo e, até, fazer uma franja.

Neste caso, em vez de usar o ferro de alisar, será uma boa opção apostar num modelador de cabelo que não só irá dar estrutura, como consegue regular o tipo de ondas que quer. E além disto, fazer franja também será uma ótima opção para que pareça ter mais cabelo.

;

Um bob com ângulo

O tamanho é curto, como o bob clássico, mas se o cortar mais atrás e deixar mais longo à frente irá, sem dúvida, parecer que tem mais cabelo. Este é um tipo de corte que dá a ilusão de uma cabeleira mais densa e a raiz mais preenchida.

Para assegurar este look, escolha sempre produtos que ajudem a dar mais volume ao cabelo.

;

Pixie

Sabemos que é um corte de cabelo para as mais corajosas, mas é na verdade uma excelente sugestão para quem tem muito pouco cabelo. O pixie clássico, com uma franja ligeiramente maior à frente, dá a ilusão de mais volume do que realmente tem.

Tal como o bob, o pixie é também um corte elegante e intemporal, mas não só. É perfeito para quem não tem muita paciência para tratar do cabelo ou para fazer penteados

;

Últimos