Viagens e lazer

15 praias grandes para manter o distanciamento social

Portugal tem praias para todos os gostos, mas, em ano de pandemia, o tamanho conta. Por isso, sugerimos-lhe 15 onde não terá dificuldade em estender a toalha à distância mínima de 1,5 metros das outras pessoas.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
15 praias grandes para manter o distanciamento social
© Unsplash/Leonor Oom
Rita Caetano
Escrito por
Jul. 09, 2020

Nos 943 km da costa portuguesa, se há coisa que não falta são praias de areia fina, banhadas pelo revolto oceano Atlântico, que chega a sul com ar de piscina.

Existem praias para todos os gostos, desde selvagens a urbanas, envolvidas em arribas ou por dunas, com ou sem ondulação e de todos os tamanhos. Mas, este ano, em plena pandemia, quanto mais espaçosa for a praia, melhor.

Por isso, fizemos uma lista com alguns dos maiores areais do País nas várias regiões, sem esquecer as ilhas. Escolhemos 15 praias de Bandeira Azul e vigiadas.

Não se esqueça de que existem novas regras para ir à praia, assim, antes de se dirigir para alguma, consulte a aplicação Info Praia para saber como está em matéria de ocupação.

As regras para ir à praia

Mantenha a distância mínima de 1,5 metros entre pessoas, exceto se forem do mesmo grupo.

As praias terão um sistema de sinalização que mostra qual é a ocupação naquele momento. O verde indica que a ocupação é baixa (1/3), o amarelo que a ocupação é elevada (2/3) e o vermelho que a ocupação é plena (3/3). O estado de ocupação das praias está disponível naapp Info Praia ou no site da Agência Portuguesa do Ambiente.

Algumas praias têm corredores de circulação paralelos e perpendiculares à linha de costa; tenha atenção quando chegar.

Os chapéus de sol, toldos ou colmos têm de estar à distância de três metros; as barracas, a 1,5 metros.

Os toldos, colmos ou barracas de praia só podem ser reservados para uma parte do dia (manhã ou tarde) e só podem ter, no máximo, cinco pessoas.

Com exceção das atividades náuticas, estão proibidos os desportos na areia, bem como gaivotas e escorregas.

Fonte: Adaptado do site Covid 19 Estamos On.

15 praias grandes para manter o distanciamento social

  • Praia de Moledo - Caminha

    Praia de Moledo - Caminha

    Praia de Moledo - Caminha © Getty Images

    Em forma de meia-lua e tendo como companhia a Mata do Camarido, a praia de Moledo tem tanto de bonita como de ventosa, por isso, para estender a toalha no seu areal é obrigatório levar um para-vento. O vento faz com que seja muito procurada para praticantes de windsurf e kitesurf.

    Da praia vê-se a ilha de Ínsua (à qual se pode chegar por barco) com o seu forte e o monte de Santa Tegra de La Guardia, já na Galiza. É rica em iodo, tem cerca de dois quilómetros de areal e um pôr do Sol inesquecível.
    Se gosta de andar de bicicleta, aproveite também para conhecer a Ecovia Litoral Norte e percorra o troço Stº Isidoro–Moledo.

    Capacidade da praia: 4.500 pessoas

    1 / 15

  • Praia do Cabedelo - Viana do Castelo

    Praia do Cabedelo - Viana do Castelo

    Praia do Cabedelo - Viana do Castelo © D.R.

    Situada a sul de Viana do Castelo, é conhecida pelo seu extenso areal e por ter um pinhal nas suas costas. Tem uma rede de passadiços que permite visitar as dunas que compõem a sua paisagem. É muito procurada para a prática de surf e bodyboard. Já se sabe que a nortada gosta de soprar nestas paragens, portanto não se esqueça do para-vento, entre os objetos que leva para o areal.

    Suba também ao monte de Santa Luzia para ver a junção do rio Lima com o mar e de Viana do Castelo com a Natureza que a rodeia.

    Capacidade da praia: 1.600 pessoas

    2 / 15

  • Quiaios - Figueira da Foz

    Quiaios - Figueira da Foz

    Quiaios - Figueira da Foz © Getty Images

    Do alto da serra da Boa Viagem avista-se um areal interminável que começa em Quiaios e termina na praia da Tocha, 14 quilómetros depois.

    A este extenso areal banhado pelo oceano Atlântico chega-se através de passadiços que percorrem uma paisagem feita de dunas protegidas e de vegetação, a Mata Nacional das Dunas de Quiaios. O surf é uma prática comum nesta praia.

    Um piquenique na serra da Boa Viagem e um passeio na Figueira da Foz são sugestões a seguir quando não lhe apetecer estar na praia.

    Capacidade da praia: 7.200 pessoas

    3 / 15

  • Praia de Santa Rita – Santa Cruz

    Praia de Santa Rita – Santa Cruz

    Praia de Santa Rita – Santa Cruz © Getty Images

    O seu extenso areal é famoso, tal como as condições propícias ao surf. As dunas e as grandes falésias, muito apreciadas para a prática de parapente, constituem o cenário da praia de Santa Rita, na zona de Santa Cruz.

    Na região de Torres Vedras, existem outras praias para visitar e se gosta de caminhadas, não perca a oportunidade de fazer os trilhos da Rota do Atlântico e da Rota das Linhas de Torres.

    Capacidade da praia: 5.600 pessoas

    4 / 15

  • Praia do Guincho – Cascais

    Praia do Guincho – Cascais

    Praia do Guincho – Cascais © Getty Images

    Integrada no Parque Natural Sintra-Cascais, a praia do Guincho é uma das mais bonitas do País, enquadrada entre a serra de Sintra, as dunas e o oceano Atlântico. O único senão poderá ser o vento, por isso, não se esqueça do para-vento. É muito procurada para a prática de windsurf. Dizem os entendidos que setembro é o melhor mês para ir ao Guincho.

    Fora da praia, passeie pelo passadiço da Duna da Cresmina e aproveite a ciclovia que liga Cascais ao Guincho.

    Capacidade da praia: 5.300 pessoas

    5 / 15

  • Tróia - Grândola

    Tróia - Grândola

    Tróia - Grândola Unsplash/Leonor Oom

    A península de Tróia na sua totalidade tem um dos maiores areais do País, são 18 km de comprimento, ainda para mais banhado por águas calmas e relaxantes. Do lado do estuário do Sado vê-se a bonita Serra da Arrábida.

    Além de aproveitar a praia, não deixe de ir visitar as Ruínas de Tróia, que a levarão ao século I, em pleno Império Romano, ou e de fazer um passeio para ver os golfinhos que habitam o Sado.

    Capacidade da praia: 6.700 pessoas

     

    6 / 15

  • Comporta - Grândola

    Comporta - Grândola

    Comporta - Grândola © Getty Images

    O European Best Destinations escolheu-a como uma das dez praias mais seguras da Europa nesta altura de pandemia. O seu extenso areal permite o distanciamento obrigatório e o seu entorno feito de dunas e pinhal dá-lhe beleza. Não se esqueça do repelente de insetos, pois os mosquitos, atraídos pelos arrozais da vizinhança, são presença constante durante as noites de verão.

    É obrigatório visitar o Cais Palafítico da Carrasqueira, construído para servir de apoio aos pescadores nas décadas de 50 e 60, onde o pôr do Sol é ainda mais fascinante.

    Capacidade da praia: 2.000 pessoas

    7 / 15

  • Praia de Melides - Grândola

    Praia de Melides - Grândola

    Praia de Melides - Grândola © Getty Images

    Praia de extenso areal cuja paisagem se faz de dunas do lado Sul, que se estendem para as vizinhas praias da Aberta Nova e da Galé com as suas características arribas de arenito, no lado Norte. Nesta praia, dá-se ainda o encontro com a lagoa de Melides, logo tanto pode tomar banhos de água salgada como de doce.

    Esta é uma zona ideal para fazer birdwatching, é só seguir a informação do Observatório de Aves, situado antes de chegar à praia.

    Capacidade da praia: 2.000 pessoas

    8 / 15

  • Praia do Malhão – Odemira

    Praia do Malhão – Odemira

    Praia do Malhão – Odemira © Getty Images

    Inserida no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a praia do Malhão destaca-se numa paisagem rochosa pelo seu extenso areal e é uma das mais bonitas praias da costa alentejana.

    Se for descendo a costa em direção ao sul, pode visitar o cabo Sardão, o ponto mais ocidental do Alentejo, cuja paisagem, feita de escarpas e oceano, é esmagadora. Muitas cegonhas escolhem este local par nidificar.

    Capacidade da praia: 1.400 pessoas

    9 / 15

  • Praia da Cordoama – Vila do Bispo

    Praia da Cordoama – Vila do Bispo

    Praia da Cordoama – Vila do Bispo © Getty Images

    O Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina abraça a Praia da Cordoama e torna-a selvagem e deslumbrante. O miradouro do Castelejo é o local ideal para apreciar esta beleza e ver a sua extensão. É muito procurada para a prática de surf e bodyboard.

    Estando nesta zona, é obrigatório ir à Ponta de Sagres e ao Cabo São Vicente, dois marcos da nossa história, onde acaba o barlavento algarvio e começa o oceano Atlântico.

    Capacidade da praia: 1.400 pessoas

    10 / 15

  • Meia Praia - Lagos

    Meia Praia - Lagos

    Meia Praia - Lagos © Getty Images

    São quatro quilómetros de areal, o que a torna uma das maiores praias algarvias. Vai da marina de Lagos, a cidade vizinha, até à ria do Alvor. O mar é calmo e o acesso à praia é feito por vários passadiços. A Meia Praia foi outra das praias portuguesas escolhidas pelo European Best Destinations como uma das dez mais seguras da Europa em plena pandemia.

    O centro histórico de Lagos é ideal para passeios a pé, mas imperdível também são os passeios de barco na Ponta da Piedade, que passam por várias grutas e pequenas praias escondidas por falésias impressionantes.

    Capacidade da praia: 11.000 pessoas

    11 / 15

  • Ilha Deserta - Faro

    Ilha Deserta - Faro

    Ilha Deserta - Faro © Getty Images

    Barreta de batismo, toda a gente a trata por ilha deserta e, este verão, uma praia deserta é o que todos desejam. Não a vai encontrar totalmente vazia, mas são sete quilómetros de areal. Para lá chegar, é preciso apanhar o barco no cais de Faro e o passeio de 45 minutos pela ria Formosa é só por si uma experiência imperdível.

    A Barreta é uma das cinco ilhas-barreira deste bonito estuário que é parque natural. Além de estender a toalha na praia e dos mergulhos, é possível percorrer dois quilómetros de passadiço nas dunas.
    Em Faro, dê um passeio pela Vila Adentro, a parte velha da cidade e, em Olhão, delicie-se com as cores e aromas do mercado.

    Capacidade da praia: 3.300 pessoas

    12 / 15

  • Praia do Cabeço - Castro Marim

    Praia do Cabeço - Castro Marim

    Praia do Cabeço - Castro Marim © Visit Algarve

    Entre a Praia Verde e Monte Gordo, tem um extenso areal que começa em campos dunares com alguma vegetação, mas antes deste existe um pinhal que perfuma o ar. Na praia do Cabeço, o mar é calmo e é dos mais quentes em Portugal.

    Pode aproveitar ainda para explorar a o troço da Ecovia do Litoral que se situa perto da praia do Cabeço e que a pode levar, quer a Vila Real de Santo António ou a Sagres.

    Capacidade da praia: 4.500 pessoas

    13 / 15

  • Porto Santo - Madeira

    Porto Santo - Madeira

    Porto Santo - Madeira Visit Madeira/André Carvalho

    É conhecida como a praia dourada devido à cor da areia, que aqui tem propriedades curativas. A temperatura da água do mar é muito convidativa a mergulhos demorados. Os seus 9 km muito contribuíram para ser distinguida pelo EuropeanBest Destinations como uma das dez praias mais seguras da Europa neste verão assombrado pelo novo coronavírus.

    Fora da praia, aproveite para fazer caminhadas. Pode, por exemplo, subir aos Picos Ana Ferreira, do Castelo e do Facho.

     

    14 / 15

  • Praia de Santa Bárbara Ribeira Grande - São Miguel, Açores

    Praia de Santa Bárbara Ribeira Grande - São Miguel, Açores

    Praia de Santa Bárbara Ribeira Grande - São Miguel, Açores VisitAzores/Diogo Sousa Lima

    O seu extenso areal, de cerca de 1 km, é uma coisa rara no arquipélago açoriano. O morro de Santana protege esta bonita praia de areia escura e dá-lhe uma envolvência única. É muito procurada por surfistas e proporciona mergulhos revigorantes num mar de azul profundo.

    Ali perto, visite o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, faça o trilho até à deslumbrante lagoa do Fogo e mergulhe na cascata do Salto do Cabrito.

    15 / 15

Últimos