Restaurantes e bares

8 restaurantes acolhedores onde vai comer bem e sentir-se ainda melhor

Da luz à decoração, sem esquecer a comida, tudo conta quando falamos de restaurantes acolhedores. Nestes oito vai querer ficar mesmo depois de ter terminado a refeição.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
8 restaurantes acolhedores onde vai comer bem e sentir-se ainda melhor
© D.R.
Rita Caetano
Escrito por
Rita Caetano
Out. 24, 2019

Além de comida deliciosa, estes restaurantes tem a particularidade de primarem pelo conforto, seja pelos materiais e cores escolhidas para a decoração, seja pela iluminação, natural ou não que escolheram para os iluminar ou pela presença de uma lareira.

Tudo isto em conjunto faz com que se queira passar em qualquer um deles mais tempo do que aquele que se gasta com a saborosa refeição que ali se come, ou seja, faz deles restaurante acolhedores, ideias para os dias frios que se aproximam. Temos sugestões em Braga, Porto, Lisboa e Comporta.

8 restaurantes acolhedores a descobrir

  • 8 restaurantes confortáveis a descobrir

    8 restaurantes confortáveis a descobrir

    restaurantes confortáveis © D.R

    Meat Me

    Situado no coração do Chiado, o Meat Me respira conforto por todo o lado. A começar na mezzanine que é um bar, onde não falta um cantinho com uma lareira e vários livros. No piso de baixo, o conforto mantém-se e o protagonismo volta-se para a carne e até há um sommelier especializado neste ingrediente. O clássico bife Wellington (25€) é delicioso.



    Onde: R. Duque de Bragança, Largo do Picadeiro, 8, Lisboa.



    Quando: De segunda a quinta-feira, das 12h30 às 15h30 e da 19h às 24h; sexta-feira, das 12h30 às 15h30 e da 19h à 1h; Sábado, das 12h30-01h; domingo, das 12h30 e das 24h.

    1 / 8

  • restaurantes confortáveis comida © D.R

    Enoteca 17.56

    O rei deste espaço é o vinho, mas aqui também se come e bem e pode escolher entre a Steak House by Reitoria, o Raw Bar by Shiko Tasca Japonesa e a Peixaria Enoteca 17.56. A Enoteca ocupa os antigos armazéns da Real Companhia Velha, a proprietária do espaço. A vista para o Porto dentro de portas ou no terraço é inesquecível e a decoração, onde a madeira sobressai, é muito acolhedora no interior e no exterior.



    Onde: Alameda da Rua Serpa Pinto, 44B, Vila Nova de Gaia.



    Quando: De terça a quinta-feira, das 12h30 às 15h e das 19h30 às 22h30; Sexta-feira e sábado, das 12h às 24h. O terraço está aberto nos mesmo dias das 12h às 24h.

    2 / 8

  • restaurantes confortáveis comida © D.R

    Dona Júlia

    Situado no Monte da Falperra, perto do Bom Jesus de Braga, este é o restaurante ideal para quem gosta de gastronomia minhota. Tem três salas diferentes, mas todas elas muito acolhedores e quando a comida chega à mesa mais acolhedoras se tornam. O tradicional cabrito assado no forno com batatas e grelos do Dona Júlia é mesmo de provar.



    Onde: Estr. Via Falperra, EN 309.



    Quando: De terça a sábado, das 12h30 às 15h e das 19h30 às 22h30; domingo, das 12h30 às 15h.

    3 / 8

  • restaurantes confortáveis comida © Cátia Barbosa

    Degust’AR

    É um pedaço do Alentejo em pleno centro de Lisboa e, como tal, serve comida de conforto. O espaço também não deixa o conforto por mãos alheias, com pormenores decorativos a fazer lembrar a maior região portuguesa. Na ementa, não faltam a sopa de cação e as migas de espargos verdes com lombinhos de porco ibérico.



    Onde: R. Latino Coelho, 63 A, Lisboa.



    Quando: De segunda a sábado, entre as 12h30 e as 23h30; domingo, das 12h30 às 15h30.

    4 / 8

  • © D.R

    Almeja

    Numa antiga mercearia portuense, nasceu um restaurante que conforta o estômago e a vista. No primeiro caso, porque em que cada prato é uma história em si cheio de memórias do chefe João Cura; no segundo caso, porque a decoração e a luz natural, que entra nas duas salas, tornam-no muito acolhedor. Na parte de trás, tem ainda um jardim, daqueles que muitas cassas do Porto escondem. Castanha, Cogumelos selvagens, Squash de Abóbora, Café e Amaretto é um dos pratos do Almeja para este outono.



    Onde: Rua Fernandes Tomás, 819, Porto.



    Quando: Terça a Sábado, das 12h30 às 15h e 19h30 às 23h.

    5 / 8

  • restaurantes confortáveis comida © D.R

    Memoria

    Estamos num confortável restaurante italiano e, por isso, o Memoria sem acento. Os sofás vermelhos, a pequena sala com vários recantos e a iluminação fazem deste um restaurante cozy. Na ementa, sobressaem pratos também eles de conforto. O pappardelle al ragu di coniglio, ou seja, feito com carne de coelho (cozinhada lentamente) é um deles.



    Onde: R. 4 da Infantaria, 26 A, Campo de Ourique, Lisboa.



    Quando: Durante a semana, das 12h às 15h e das 19h às 22h30 (23h30 à sexta-feira); ao fim de semana, das 12h30 às 23h30.

    6 / 8

  • restaurantes confortáveis comida © D.R

    Sem Porta

    É um dos restaurantes do Sublime Comporta e prima pelo conforto, ou não tivesse ele uma lareira a aquecê-lo e ser quase todo envidraçado, o que permite aproximar quem ali se senta da natureza que o rodeia. O menu do Sem Porta dá relevo ao tudo o que é da região e é do jardim biológico, logo ali ao lado, que chegam muitas das ervas aromáticas que dão sabor aos pratos.



    Onde: Muda, Grândola



    Quando: Todos os dias das 13h00 às 15h00 / Jantar das 19h30 às 22H30

    7 / 8

  • restaurantes confortáveis comida © D.R

    Monumental Café

    É uma brasserie ao melhor estilo parisiense, ou seja, elegante e confortável, tal como são as cadeiras e sofás que o decoram. As janelas enormes deixam ver os Aliados e a mezzanine tem vista para a sala. A ementa do Monumental Café tem a assinatura do chef Julien Montbabut que há um ano trocou Paris pelo Porto, e tem muito de inspiração francesa.



    Onde: Avenida dos Aliados, 151, Porto.



    Quando: todos os dias, das 9h às meia-noite

    8 / 8

Últimos