Bem-estar

A dormir também ouvimos, afirma novo estudo

Sabia que mesmo quando estamos a dormir ouvimos o nosso nome e conversas que nos interessam?

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
mulher a dormir
Rita Caetano
Escrito por
Rita Caetano
Jul. 10, 2019

Um estudo realizado pela Escola Normal Superior de Paris e a Universidade Monash, em Melbourne, Austrália, demonstrou que, mesmo a dormir, somos capazes de reconhecer o nosso nome.

Os investigadores observaram que, durante o sono, o nosso cérebro consegue isolar os ruídos de fundo e reconhecer os estímulos mais importantes, o que nos leva a reagir em consequência. Portanto, o cérebro reconhece os discursos relevantes, embora não tenhamos a capacidade de nos lembrarmos dos mesmos quando acordamos.

Para os investigadores, esta característica do nosso cérebro é muito positiva: “Num ambiente de rápida evolução, a capacidade de processar sinais relevantes durante o sono tem um benefício substancial, pois permite que consigamos acordar imediatamente em caso de acontecimentos que necessitam de resposta rápida”.

É por este motivo que, para acordar alguém, não há nada melhor do que chamá-lo pelo nome.

Quando dormem, as pessoas entram numa espécie de standby durante o qual há um equilíbrio entre a necessidade de dormir e a capacidade de acordar imediatamente

Esta experiência explica também a razão pela qual, quando estamos a dormir num autocarro ou num comboio, acordamos assim que ouvimos o nome da nossa paragem ou estação.

“Quando dormem, as pessoas entram numa espécie de standby durante o qual há um equilíbrio entre a necessidade de dormir para consolidar a memória e a capacidade de acordar imediatamente em caso de necessidade”, confirmam os cientistas.

Para chegarem a esta conclusão, os investigadores franceses e australianos gravaram áudios de filmes, notícias, contos e diálogos sem sentido e expuseram os participantes aos mesmos.

Percebeu-se, então, que, durante o sono ligeiro, os participantes conseguiam concentrar-se nas conversas sensatas quase com a mesma intensidade do que se estivessem acordados, facto que surpreendeu os cientistas.

4 truques simples para dormir bem

A garantia de uma boa noite de sono começa muito antes de chegar à cama. Entre quatro e seis horas antes, não ingira cafeína, nicotina ou álcool nem pratique exercício físico.

O seu quarto deve servir apenas para dormir. Esqueça a televisão, computadores e telemóveis – a luz azul que emitem faz com que o cérebro pense que é de dia.

• O quarto deve estar a uma temperatura de 18ºC.

Crie uma rotina de sono, ou seja, deite-se e levante-se sempre à mesma hora.

Boa noite!

Fonte: adaptado de 10 Regras para um Cérebro sem Idade, John Medina, Nascente.

Para uma noite de sono tranquila, percorra esta seleção de camisas de noite confortáveis

A versão original deste artigo foi publicada na revista Saber Viver nº 228, junho de 2019

Últimos

Dormir a sesta não é sinal de preguiça, é bom para o coração
Saúde
Dormir a sesta não é sinal de preguiça, é bom para o coração
Pão de castanhas: uma sugestão deliciosa e nutritiva
Receitas
Pão de castanhas: uma sugestão deliciosa e nutritiva
19 bandoletes para palmilhar as ruas com o acessório da estação
Moda
19 bandoletes para palmilhar as ruas com o acessório da estação
Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos
Beleza
Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos
Seremos realmente livres de deixar crescer os nossos pelos?
Beleza
Seremos realmente livres de deixar crescer os nossos pelos?
Em busca de inspiração? Encontre-a nestes 12 documentários sobre mulheres
Cultura
Em busca de inspiração? Encontre-a nestes 12 documentários sobre mulheres
Experimente estes jogos de sexo e quebre a monotonia da relação
Sexo
Experimente estes jogos de sexo e quebre a monotonia da relação
Síndrome pré-menstrual: tem estes sintomas?
Saúde
Síndrome pré-menstrual: tem estes sintomas?
27 frases de empoderamento feminino para se inspirar todos os dias
Sociedade
27 frases de empoderamento feminino para se inspirar todos os dias
Crónica: Yoga. Por onde começar?
Bem-estar
Crónica: Yoga. Por onde começar?
Os 5 modelos de botas que todas deveríamos ter no guarda-roupa
Moda
Os 5 modelos de botas que todas deveríamos ter no guarda-roupa
Crónica: Astrologia, a poesia esquecida
Horóscopo
Crónica: Astrologia, a poesia esquecida