Beleza

Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos

Pele sem manchas? Sim, é possível. Descubra tudo o que precisa de saber para prevenir e combater os diferentes tipos de hiperpigmentação.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos
© Getty Images
Em parceria com:
Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos
Out. 16, 2019

A pigmentação da pele desigual ou hiperpigmentação, como é usualmente conhecida, é um problema cutâneo comum e que afeta tanto homens como mulheres.

Neste artigo reunimos os diferentes tipos de hiperpigmentação, as causas e uma rotina diária eficaz no combate das manchas na pele.

O que é a hiperpigmentação?

A hiperpigmentação é um problema de pele que se traduz no aparecimento de manchas mais escuras, em diversas zonas do corpo. Pode ser de natureza leve, moderada ou grave.

As peles morenas são as mais suscetíveis de ter este tipo de manchas, porque a própria pigmentação cutânea é mais forte. Ainda assim, estas também podem aparecer em peles mais claras.

hiperpigmentacao

Existem três tipos de hiperpigmentação: manchas de pigmentação (ou manchas da idade), causadas sobretudo pela exposição solar; hiperpigmentação pós-inflamatória, comum em pessoas que sofrem de acne; e melasma, que tende a aparecer na gravidez e a quem toma contraceptivos orais.

Dependendo do tipo de hiperpigmentação da pele, pode e deve consultar um especialista em cuidados de pele para obter um regime adaptado a si e às necessidades da sua pele.

Como posso reduzir ou prevenir a hiperpigmentação?

Clarear as manchas de pele não é uma tarefa fácil, principalmente as mais profundas, como o melasma. Por isso, a proteção solar é um dos passos mais importantes para ajudar a evitar que a hiperpigmentação se forme.

Independentemente da causa, existem inúmeras opções para o tratamento e prevenção da hiperpigmentação. A SkinCeuticals disponibiliza uma variedade de produtos que atua neste problema de pele específico com suavidade e segurança. A sua função é aclarar o aspeto do pigmento existente e prevenir o aparecimento de mais pigmentações.

De acordo com a marca, a melhor defesa contra a hiperpigmentação em casa é apostar num regime integrado de três passos: prevenir, corrigir e proteger.

Como combater a hiperpigmentação em três passos

Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos

1. Prevenir

O Phloretin CF é um poderoso antioxidante que possuiu uma combinação patenteada de 2% phloretin, 10% Vitamina C e 0,5% de ácido ferúlico. Acelera a renovação celular, ajudando a diminuir a hiperpigmentação.

Como utilizar: De manhã, após a limpeza e tonificação da pele, aplique 4-5 gotas ao rosto, pescoço e peito secos.

2. Corrigir

O Discoloration Defense Serum é um corretor de manchas de uso diário clinicamente comprovado na melhoria da visibilidade da hiperpigmentação, mesmo as mais persistentes, como marcas pós-acne e melasma.

Formulado com 1,8% de ácido tranexâmico, 5% de niacinamida e 5% de HEPES, esta fórmula uniformiza o tom da pele em apenas duas semanas.

Como utilizar: Aplicar de manhã e à noite 3-5 gotas sobre o rosto, pescoço e decote. De manhã, aplicar após um antioxidante e seguido de um protetor solar FPS 50+ de largo espectro. Atenção: Deve limitar a exposição solar durante a utilização do produto.

3. Proteger

O Mineral Radiance UV Defense SPF 50 é um fluido protetor com cor e filtros 100% minerais que confere proteção UVA/UVB de largo espetro, ao mesmo tempo que promove um brilho natural e um tom de pele mais uniforme.

Como utilizar: Agitar bem antes de usar. Aplicar livremente no rosto, pescoço e peito 15 minutos antes da exposição solar e antes de aplicar a maquilhagem. Reaplicar 40 minutos após a natação, transpiração, imediatamente após secar-se com toalha e, no mínimo, a cada duas horas.

Resultados comprovados

Num estudo clínico de 12 semanas, com 63 mulheres, o Discoloration Defense Serum demonstrou melhoria na visibilidade de manchas de hiperpigmentação:

41% melhoria da visibilidade das manchas escuras persistentes do melasma;
46% melhoria da visibilidade da hiperpigmentação;
71% melhoria da visibilidade das marcas pós-acne;
35% melhoria da visibilidade da uniformidade do tom de pele;

Fonte: MSM Manuals

Últimos