© Shutterstock

6 dicas para alisar o cabelo em casa e parecer que saiu do cabeleireiro

Se gosta do cabelo esticado, esta é a técnica que tem de dominar, mas sempre com os cuidados certos. Alisar o cabelo em casa pode ser um sucesso, no entanto, exige algumas regras.

Quem gosta realmente de cabelos lisos, não pode deixar de se lembrar da Cher dos anos 70 (entre as muitas personalidades capilares que a cantora assumiu), ao lado de Sonny Bono, com a elegância que lhe é característica, e com um cabelo tão liso e brilhante que se confundia com cetim.

Conseguir atingir este nível de alisamento só parece ser possível em cabeleireiros, uma vez que em casa a tarefa é morosa. Hoje, há cada vez mais ferramentas que nos ajudam a esticar o cabelo, porém há que respeitar alguns cuidados essenciais para não danificar o cabelo. Pôr a placa ou a escova alisadora diretamente no cabelo é proibido, se quer realmente protegê-lo.

As primeiras placas que surgiram agrediam gravemente o cabelo. Hoje, estes gadgets já têm tecnologias que ajudam a proteger os fios capilares (como as placas a vapor, por exemplo). Vamos perceber como podemos alisar o cabelo da forma mais correta possível.

Cuidados a ter para alisar o cabelo em casa

Falámos com a hairstylist Mafalda Perfeito para perceber o que podemos fazer para proteger o cabelo durante este processo.

Tudo começa no banho. “Para garantir o sucesso e a duração do alisamento, a saúde e hidratação são essenciais, por isso, é importante usar um champô e condicionador adequados, bem como máscara sempre que seja necessário”, explica a hairstylist;

Os protetores de calor são fundamentais. “É obrigatório usar um protetor de calor ou um leave-in que vai ajudar a reduzir e a proteger do calor”;

Retire o excesso de água do cabelo. Mafalda Perfeito aconselha a usar uma toalha de algodão, por ser mais absorvente;

Escolha bem a escova que usa. “Se optar por alisar com o secador, deve dividir o cabelo e usar uma escova adequada às características e ao tamanho do seu cabelo”;

• Seque bem o cabelo. Se por outro lado, preferir alisar o cabelo com ferro ou placa de alisar, “deverá secar o cabelo na totalidade, para controlar melhor o fio e facilitar o trabalho, e usar um pente de cabo”. A especialista afirma que prefere usar o secador com escova e finalizar com a placa.

Finalize com o produto certo. “Para finalizar, deverá usar um sérum para selar as cutículas e dar brilho. Como produto de styling, por exemplo, laca.”

Há diferenças entre placas, escovas alisadoras e secadores?

Com a vasta oferta que o mercado apresenta, tentámos perceber se há, de facto, alguma ferramenta que cause menos danos ao cabelo. “Os utensílios no mercado são cada vez melhores no que diz respeito à proteção do cabelo. Se for um bom utensílio e usado corretamente, os danos serão cada menores”, explica Mafalda Perfeito.

Por outro lado, também temos de analisar o nosso cabelo e perceber o que pode resultar melhor ao tentar alisá-lo. “Existem cabelos mais difíceis de alisar do que outros, ou seja, uma escova de alisar não terá os mesmos resultados em todos os cabelos. Se for um cabelo muito grosso e ondulado, não será suficiente. Nestes casos, o melhor é usar secador com escova e finalizar com ferro ou placa”, aconselha a hairstylist.

As escovas alisadoras têm a vantagem de pentear o cabelo enquanto se faz o alisamento, separando os fios de cabelo. Já as placas, conseguem juntar maiores mechas de cabelo numa só passagem, embora sejam necessárias algumas repetições.

As condições e hidratação do cabelo é o principal fator para o alisamento e duração”, garante Mafalda Perfeito.  É importante também que faça uma boa divisão do cabelo e comece a trabalhar com madeixas pequenas, isto depois de escolher o utensílio mais indicado para si.

A temperatura certa (para não queimar o cabelo)

Decore: 180 graus, no máximo! É esta a temperatura que Mafalda Perfeito sugere, pois acima disto “podemos provocar danos irreparáveis no cabelo”.

É ainda relevante perceber quantas passagens deve ser feitas: “Deverá ser de acordo com o cabelo que temos e a temperatura do aparelho”, refere. Contudo, a hairstylist recomenda duas a três vezes em média “será suficiente”.

Quanto aos cabelo pintados, devem ter cuidados redobrados quando são sujeitos a alisamentos. “Como são cabelos processados quimicamente são, por isso, mais sensíveis e sensibilizados”, explica Mafalda Perfeito, que alerta para o uso imprescindível de um protetor térmico e um sérum no final. Tudo isto sem descurar nos cuidados comuns a este tipo de cabelo (como fazer uma máscara capilar uma a duas vezes por semana).


Gadgets para alisar o cabelo

Escova alisadora
Dafni, 210€


Placa Steampod a vapor
L’Oréal Professional, 245,45€


Escova rotativa
Babyliss, 79,90€


Premium Care Brush & Straight
Rowenta, 79€


Escova Straight Brush
Remington, 47,10€


Escova alisadora Express Air Brush
Rowenta, 60€


Produtos que não podem faltar

Champô alisante sem sulfato
Sisley, 60€


champo alisar o cabelo yves rocher

Champô alisante
Yves Rocher, 3,95€


mascara alisar o cabelo magic liss

Máscara alisante
Embelleze, 9,43€


creme alisar o cabelo davines

Primer para secagem de cabelo
Davines, 24,20€


protetor alisar cabelo loreal

Protetor térmico Stylista
L’Oréal, 5,99€


protetor alisar cabelo kiehls

Creme alisante
Kiehl’s, 22€


protetor alisar-cabelo rené furterer

Spray termoprotetor alisamento
René Furterer, 20,16€


Costuma esticar o cabelo em casa? Conheça ainda os tratamentos capilares mais indicados para si.

Mais sobre cabelos

Comentários

6 dicas para alisar o cabelo em casa e parecer que saiu do cabeleireiro

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.