Moda

7 tendências muito improváveis que se vão usar este ano (e não dávamos por elas)

São as surpresas das surpresas, mas não é por isso que não vão ser importantes. Conheça as tendências improváveis que vai querer usar.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
7 tendências muito improváveis que se vão usar este ano (e não dávamos por elas)
© Imaxtree
Marta Chaves
Escrito por
Jan. 13, 2020

De padrões psicadélicos a soutiens sem nada por cima, há peças, tecidos e padrões que não imaginávamos chegarem a 2020.

Como as passerelles nos mostraram, há tendências nada cliché que vão dominar as lojas e guarda-roupas de verão (e meia-estação) ao longo deste ano. Deixamos-lhe alguns exemplos dessas tendências improváveis.

7 tendências improváveis que vão dominar 2020

Crochet

Salvatore Ferragamo, Missoni e Giambattista Valli – © Imaxtree

Falamos de tops, vestidos ou casacos que celebram a arte feita pelas nossas avós. Missoni ou Giambattista Valli trazem de volta o famoso crochet, que além de nos levar de volta no tempo, ainda prova que se dá bem com a moda contemporânea.

Corpetes

Chloé, Oscar de La Renta e Vera Wang – © Imaxtree

Uma tendência antiga e com timelines completamente distintas. Seja da altura renascentista – onde as mulheres os apertavam tanto que por vezes desmaiavam com a falta de ar – ou dos cabarets franceses da Belle Époque, os corpetes são uma peça histórica do mundo da moda que irá reinventar-se durante 2020.

Oscar de La Renta, Vera Wang ou Chloé trouxeram-nos de volta, mais sensuais do que nunca e adaptados aos dias de hoje.

Os estampados dos anos 60

Alberta Ferretti, Christopher Kane e Louis Vuitton – © Imaxtree

Esta primavera, os estampados vão ser muito mais do que meras flores. Os anos 60 assumem o controlo e materializam-se em padrões psicadélicos, gráficos e cores misturadas em marcas como Alberta Ferretti, Christopher Kane ou Louis Vuitton.

Soutiens à vista

Fendi, Jacquemus e Givenchy – © Imaxtree

Casam na perfeição com peças de cintura subida, como calças ou saias, e complementam-se com um blazer por cima, por exemplo. Pode parecer-lhe estranho sair de soutien à rua, porém, é uma boa tendência para as mulheres com peito mais pequeno, desde que escolham modelos sem enchimento.

Calções em tamanho mini

Chanel, Isabel Marant e Brandon Maxwell – © Imaxtree

Alongam a perna e devem ser contrabalançados com camisas, sweatshirts ou camisolas de manga comprida ou com mangas largas. Chanel ou Isabel Marant apostaram nos mini-calções como uma das peças-chave para o verão 2020.

Colares oversized

Bottega Veneta, Gucci e Lanvin – © Imaxtree

A bijuteria minimalista dá lugar ao exagero, com correntes que são colares e chokers mais largos (e não os dos anos 90), em dourado, prateado e alguns deles com pedras preciosas. Lavin, Gucci e Bottega Veneta não se pouparam à excentricidade de metais e apostaram fortemente nesta tendência.

Coletes

Burberry, Celine e Etro – © Imaxtree

Em 2020, os fatos ganham uma nova estrutura e passam a ter três peças, ao invés de duas. O colete é agora protagonista destes conjuntos, quer seja usado aberto ou fechado. Para quem inveja o formalismo tão típico do sexo masculino, está aqui uma boa razão para usá-lo sem tabus.

Últimos