Sexo

Sexo na gravidez: sim ou não? Especialistas respondem à questão

São muitas as dúvidas que pairam no ar quando o tema é sexo na gravidez. Embora não haja uma resposta universal, porque cada caso é um caso, duas especialistas explicam os meandros da questão.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
sexo gravidez
Escrito por
Tânia Alexandre
Jun. 23, 2019

Durante a gravidez, são vários os casais que evitam ter relações sexuais porque sentem um certo desconforto ou porque temem prejudicar a gestação ou o desenvolvimento do bebé.

Na verdade, salvo algumas exceções, a vida sexual do casal não precisa de sofrer grandes alterações durante a gravidez (no pós-parto, a questão é outra), dado que o sexo e a sexualidade continuam a ser uma componente importante nesta fase da vida na preservação da intimidade e união do casal.

Para a psicóloga Filipa Jardim da Silva, “existem mulheres cuja libido aumenta de forma significativa na gravidez e outras que reconhecem ter pouco desejo sexual. De igual forma, existem homens que sentem uma enorme atração pelo corpo da sua companheira grávida e outros que assumem sentir-se constrangidos e com receios por causa do bebé.”

A sexualidade engloba muito mais do que ter relações sexuais, pelo que o estímulo dos sentidos é um caminho para cultivar intimidade e cumplicidade no casal – Filipa Jardim da Silva, psicóloga 

“Perante um corpo que se vai transformando e que em algum momento pode estar mais pesado e menos flexível, importa que exista a capacidade de fornecer prazer e de fazer a mulher sentir-se desejada”, explica.

Por isso é que a comunicação, a criatividade e o afeto são as peças-chave para uma sexualidade satisfatória durante a gravidez.

“A sexualidade engloba muito mais do que ter relações sexuais, pelo que o estímulo dos sentidos (através do recurso a massagens com óleos agradáveis, velas com cheiros prazerosos, banhos partilhados a dois) é um caminho para cultivar intimidade e cumplicidade no casal”, acrescenta a especialista.

Para a enfermeira Carmen Ferreira, só “em casos de ameaça de aborto ou parto pré-termo (antes das 37 semanas) é aconselhada a abstinência sexual. Caso contrário, a vida sexual do casal pode ser mantida, com pequenos ajustes e de acordo com a variação da libido da mulher ao longo da gravidez”.


Agora que já sabe o que as especialistas pensam sobre o assunto, descubra alguns mitos sobre sexo: as verdades que deve (mesmo) saber.

Últimos

O que fazer no fim de semana de 18 a 20 de outubro
Cultura
O que fazer no fim de semana de 18 a 20 de outubro
Cansada dos depósitos? Não ponha ainda o dinheiro no colchão
Dinheiro
Cansada dos depósitos? Não ponha ainda o dinheiro no colchão
Acha que sabe distinguir cosméticos naturais dos restantes?
Beleza
Acha que sabe distinguir cosméticos naturais dos restantes?
Dormir a sesta não é sinal de preguiça, é bom para o coração
Saúde
Dormir a sesta não é sinal de preguiça, é bom para o coração
Pão de castanhas: uma sugestão deliciosa e nutritiva
Receitas
Pão de castanhas: uma sugestão deliciosa e nutritiva
19 bandoletes para palmilhar as ruas com o acessório da estação
Moda
19 bandoletes para palmilhar as ruas com o acessório da estação
Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos
Beleza
Como reduzir manchas e ter uma pele luminosa em três passos
Seremos realmente livres de deixar crescer os nossos pelos?
Beleza
Seremos realmente livres de deixar crescer os nossos pelos?
Em busca de inspiração? Encontre-a nestes 12 documentários sobre mulheres
Cultura
Em busca de inspiração? Encontre-a nestes 12 documentários sobre mulheres
Experimente estes jogos de sexo e quebre a monotonia da relação
Sexo
Experimente estes jogos de sexo e quebre a monotonia da relação
Síndrome pré-menstrual: tem estes sintomas?
Saúde
Síndrome pré-menstrual: tem estes sintomas?
27 frases de empoderamento feminino para se inspirar todos os dias
Sociedade
27 frases de empoderamento feminino para se inspirar todos os dias