Personal trainer da Victoria’s Secret dá 5 dicas para ficar em forma

Por detrás da silhueta perfeita das modelos da marca de lingerie americana Victoria’s Secret está Dan Roberts, o personal trainer que cria exercícios para tornar as mulheres mais altas, magras, elegantes e autoconfiantes.

Se existisse uma fórmula secreta para o sucesso do método de treino de Dan Roberts, seria a capacidade que os seus exercícios têm de conetar o corpo e a mente. É precisamente esta conexão que o personal trainer faz questão de trabalhar em todas as suas sessões de treino para otimizar os resultados.

Quando a mente e o corpo estão conectados, conseguimos treinar durante mais tempo e obter melhores resultados físicos.

“Ao treinarmos mais, queimamos mais calorias e o corpo também fica mais tonificado”, explica Dan Roberts.

Esta ligação entre o corpo e a mente é conseguida de uma forma muito simples: basta escolhermos uma atividade de que gostamos.

Dan Roberts, o PT dos “anjos” da Victoria’s Secret. Foto: Filipe Pombo

Um dos treinos mais populares de Dan Roberts é o programa Methodology X, um treino online de 28 dias criado inicialmente para ajudar as modelos da marca de lingerie Victoria’s Secret.

“Este treino é feito com o peso do próprio corpo e envolve diferentes tipos de disciplina, como o ballet, o atletismo, o pilates, o ioga e as artes marciais”, informa o personal trainer.

Contudo, este programa não está indicado para as mulheres com excesso de peso. “Este é o programa ideal para as mulheres que já estão em forma e querem apenas tonificar algumas zonas do corpo, moldando-o ao visual do corpo das top models”, recomenda o especialista.

Foto: Getty Images

O PT deu ainda 5 dicas para quem quer ficar em forma

1. Escolha uma atividade desportiva de que goste

“Se adorar a atividade/exercício que faz, a sua prática rapidamente se tornará um hábito ou ‘modo de vida’, deixando de ser encarada como um compromisso.”

2. Esqueça a ‘força de vontade’

No que toca ao exercício físico, a ‘força de vontade’ vale muito pouco. Se precisar de ter ‘força de vontade’ e de motivações como ‘perder peso’ ou ‘mudar o corpo’ para praticar exercício, estará a incutir no exercício uma obrigatoriedade. Essa ‘força  de vontade’ perdurará por poucas semanas e depressa regressará ao seu modo de vida pouco saudável.

3. Aprenda a gostar do seu corpo

Ter uma boa relação com o nosso corpo é também reconhecer a importância do exercício  e de uma boa alimentação. Por isso, se gostarmos do nosso corpo, iremos querer cuidar dele e exercitá-lo naturalmente.

Foto: Filipe Pombo

4. Alimente-se bem e não se torne obsessiva com a comida

A relação que estabelecemos com a comida também determina a nossa capacidade de nos mantermos em boa forma física. A dieta deve ser cuidada e rica em alimentos nutritivos, preferencialmente orgânicos, e devemos evitar a contagem de calorias, que pode tornar-se obsessiva.

5. Esqueça a palavra ‘exercício’. Pense antes em ‘movimento’

A palavra ‘exercício’ não tem uma boa conotação para a maioria das pessoas e pode assustar. Contudo, o exercício não deixa de ser apenas uma outra palavra para definir  movimento. Caminhar e ‘brincar’ na praia, por exemplo, também são exercícios.

Foto de destaque: Getty Images

 


 

O que achou destes conselhos? Saiba também qual o treino ideal para os 20, 30 e 40 anos.

Comentários

Personal trainer da Victoria’s Secret dá 5 dicas para ficar em forma

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.