Casa

10 coisas para destralhar antes da primavera chegar

Muito se fala de tralha e de destralhar, mas está a par do que realmente implica? Cláudia Ganhão, produtora de conteúdos nas áreas do minimalismo e sustentabilidade, explica-nos tudo na primeira pessoa e deixa as dicas essenciais para um destralhe bem-sucedido.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
10 coisas para destralhar antes da primavera chegar
© Shutterstock
Cláudia Ganhão, cronista
Escrito por
Fev. 26, 2020

Com a primavera e o bom tempo a aproximarem-se, é chegada a altura de fazer uma limpeza profunda à sua casa. Libertar a casa do que está a mais, limpar aquelas zonas que ficaram esquecidas durante as estações mais frias e preparar a casa para desfrutar de uma das estações mais bonitas do ano, a primavera.

Relembro-lhe que não se limpa nem se organiza tralha, portanto antes de meter mãos à obra e às famosas limpezas de primavera, sugiro que comece por destralhar a sua casa.

Anteriormente partilhei 8 dicas para destralhar com sucesso, hoje partilho as coisas a destralhar antes da nova estação.

10 coisas a destralhar antes da primavera

1. Roupas – fazer uma seleção das peças que usou nos dias mais frios e que já não se encontram em condições ou que deixaram de servir. Também poderá fazer igual seleção nas roupas mais frescas que guardou do ano passado para este ano.

2. Brinquedos – com o bom tempo a chegar é altura de aproveitar e brincar ao ar livre, portanto é a altura certa para fazer uma seleção dos brinquedos que estão estragados, que já não estão adequados à idade, ou que estão a mais.

3. Alimentos/Bebidas – durante o processo de limpeza e organização da despensa é altura destralhar os alimentos/bebidas que estão fora de prazo.

4. Plantas/Flores – muitas vezes durante as estações frias algumas plantas e flores não sobrevivem ao frio, é chegada a altura de tentar recuperá-las ou, se não for possível, retirá-las de sua casa.

5. Medicamentos – esta é uma das categorias onde tem sempre algo para eliminar, medicamentos que estão fora de prazo ou medicamentos que só são tomados com prescrição médica.

6. Produtos de higiene/cosméticos/maquilhagem – nesta categoria também há sempre algo cuja validade já terminou ou que não está em condições de ser utilizado.

7. Itens sazonais – dar uma volta a tudo aquilo que só usa na estação fria, por exemplo: mantas, cobertores, equipamento de desportos de inverno, cachecóis, gorros, luvas, etc.

8. Coleções inacabadas – para quê guardar itens de coleções inacabadas? Está na altura de lhes dar uma nova vida.

9. Papéis – parece que nascem como cogumelos, e se não for regular no seu destralhe e organização, os mesmos dominam toda a nossa casa.

10. Eletrodomésticos e aparelhos eletrónicos avariados – não vale a pena manter itens avariados em sua casa, deverá em primeiro lugar enviá-los para arranjo e, se não for viável, então sim destralhá-los para o local correto.

Aspetos a reter

Durante o processo de destralhar, existem dois aspetos muito importantes:

Tome consciência da quantidade de coisas que tem a mais, da quantidade de coisas onde desperdiçou o seu dinheiro, tempo e energia. Essa tomada de consciência vai sem dúvida influenciar a forma como compra, tornando-se mais consciente e mais seletivo na altura de comprar.

Dar o destino correto à sua tralha. Em primeiro lugar deverá sempre tentar dar-lhe uma segunda vida e só em última hipótese colocá-la no lixo, e também aqui deve ser no local mais adequado. Sugiro a utilização da WasteApp para saber o melhor local onde colocar as suas tralhas.

Bons destralhes!

Cláudia Ganhão é autora e produtora de conteúdos nas áreas do minimalismo e sustentabilidade. Depois de quase 14 anos na Indústria Farmacêutica, encontra-se num período dedicado à família e ao seu desenvolvimento pessoal. Aos poucos mudou a sua forma de estar na vida, e adotou um estilo de vida minimalista, mais simples, consciente e sustentável. Pode segui-la no Instagram e Facebook.

Últimos