© Facebook The Happiness Planner

Agendas de 2019 que nos ajudam a ser mais felizes (e produtivas)

Aqui o que importa não é apenas organizar o dia a dia. Estas agendas de 2019 vão mais além e querem ser as nossas novas melhores amigas para um ano produtivo e feliz. Sejam bem-vindas!

Até há poucos anos, era um pouco cética em relação ao poder do coaching. Talvez tenha sido preciso cruzar a linha dos 30 anos (e mais uns tantos), adquirir mais responsabilidade na carreira e ter sido mãe para valorizar este tipo de orientação.

Do outro lado do espetro, está a minha obsessão por agendas (que ataca provavelmente muitas control freaks como eu). Amor antigo, este, que não esmorece. Mesmo respirando o mundo digital, escrever à mão ajuda-me a visualizar o dia, memorizar o que é importante e refletir. E como precisamos de refletir! A vida passa numa correria e muitas vezes não paramos nem para pensar. Nem em nós e nem no nosso desenvolvimento pessoal.

Pelos vistos não estou sozinha. De acordo com a coach e designer Ana Ferraria, a prática diária de escrever em papel (em detrimento de numa app, por exemplo) favorece o desenvolvimento pessoal. E faz parte do desafio para conseguirmos mudar que nos propôs Mafalda Almeida.

Benefícios de escrever à mão*

É um processo criativo, de organização das ideias e tarefas;
obriga à atenção ao momento presente (mindfulness);
regista física e mentalmente o caminho que definimos e queremos seguir, facilitando a organização do dia a dia.

*Fonte: Ana Ferraria

Agendas de 2019 para um ano de crescimento pessoal

Bullet Journal

bullet_journal

© Instagram Viacalligraphy

Não se trata propriamente de uma agenda, mas de um diário que podemos personalizar à nossa maneira e que pode “transformar a nossa vida em mais formas do que possamos imaginar”.

O Bullet Journal foi criado por um designer, Ryder Carroll, que desenvolveu um sistema prático de tirar notas e apontamentos. A ideia é escrever frases mais curtas e diretas, recorrendo a símbolos para definir a prioridade de cada item.

É uma forma simples de registar o que tem a fazer, em termos profissionais e pessoais, e de controlar o progresso dos objetivos ao longo do ano. Diz-se até que o método do Bullet Journal está para a organização dos pensamentos como o método KonMari, de Marie Kondo, está para a organização da casa.

Uma dica? Antes de começar, explore alguns tutoriais e, se gostar, experimente fazer um workshop de caligrafia para um resultado visual impressionante.

Questionar-t

agenda questionar t 2019

Agenda Questionar-t 2019, a partir de 24,90€

É um projeto português da coach e designer Ana Ferraria. A missão desta agenda é ajudar-nos a construir uma vida com significado e a tomar melhores decisões. Para isso, une exercícios de coaching aos elementos convencionais de uma agenda. No fundo, quer ser o nosso personal coach.

A agenda impulsiona-nos a definir o foco da semana e do dia, as prioridades, tanto pessoais como profissionais, a refletir e a agradecer. Na sua versão de plano diário, permite ainda fazer o registo da alimentação, da ingestão de água, do exercício físico e das despesas e pagamento.

Além dos exercícios do coaching, apresenta planos de objetivos, tomadas de consciência, momentos de reflexão, perguntas desafiadoras, gestão de tempo e hábitos de felicidade.

A Agenda Questionar-t 2019 está disponível na versão de plano semanal (34,90€), diário (24,90) e num guia de 100 dias não datado (14,90€).

The Happiness Planner

agenda the happiness planner 2019

The Happiness Planner 2019, 49,90€, na Pop The BubbleCom um design ultrafeminino, a agenda The Happiness Planner quer ser uma inspiração transformadora para quem a utiliza. Foi a minha agenda do ano 2017 e adorei a experiência.

No início, somos convidadas a construir o nosso mapa da felicidade. Trata-se de um conjunto de perguntas nos fazem refletir sobre o que nos faz feliz/infeliz, os nossos valores/fraquezas, pessoas a quem queremos agradecer… Só depois de termos parado para pensar, podemos começar a preencher o nosso ano.

A agenda, criada por Mo Seetubtim, tem como objetivo cultivar três hábitos: assumir o controlo do nosso mindset, atitudes e futuro; ter a certeza de que as nossas ações e objetivos estão alinhados com o que somos verdadeirament; e impulsionar o amor-próprio e criar novos padrões de pensamentos positivos.

The Happiness Planner está disponível em português na versão de 100 dias, não datada – em rosa, azul e menta (22,26€). Em inglês, existe em plano diário e semanal, em combinações de cores pastel. A versão com argolas (49,90€) inclui ainda uma caneta, 3 clips, 2 molas de papel e folhas com tabelas e exercícios extra.

Joy Planner

Uma agenda que nos ensina a trazer mais alegria e bem-estar a cada dia. A Joy Planner foi criada pela EUS The School of Being, um projeto português de mentoring e transformação pessoal.

É vista como uma ferramenta que ajuda a transformar o nosso dia a dia, a impulsionar a felicidade, a aumentar a consciência e a alinhar o foco. Inclui exercícios de reflexão, ferramentas diárias de conexão, 12 planos mensais, 52 planos semanais, 52 balanços semanais e 52 encontros de verdade. E ainda: inventário de intenções e rotina inspiradora. A autora do blog Miss Kale já se rendeu à Joy Planner.

Está disponível em português no site da EUS The School of Being. Existe ainda uma amorosa versão da Joy Planner para crianças.

Best Year Ever Busy B

Este organizador da marca britânica Busy B foca-se em ajudar-nos a estabelecer e cumprir objetivos. Para isso, dá algumas dicas preciosas para o ano todo e espaço para listas de coisas por fazer, objetivos, tarefas em cada semana.

Com uma capa em pele falsa e em formato A5, as páginas de cada mês trazem cor à agenda, que pode ainda ser decorada com autocolantes assertivos e divertidos. A marca disponibiliza ainda as agendas semanais Perfect Planner e Busy Life.


Também é fã de agendas motivacionais? Descubra ainda 6 dicas para desenvolver a capacidade de resiliência.

Mais sobre mente e emoções

Comentários

Agendas de 2019 que nos ajudam a ser mais felizes (e produtivas)

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.