© Thinkstock

Borbulhas fora do controlo? Conselhos de uma dermatologista para tratar a acne

Há quem tenha memórias da acne como a velha inimiga da adolescência. Há também quem nunca se tenha livrado dela, mesmo na idade adulta. A boa notícia é que é possível viver com este problema reduzindo ao máximo os seus efeitos negativos na pele (e na autoestima).

Em parceria com: avene logo

Antes de mais, para saber lidar com o problema, temos de o conhecer bem. Vamos por partes.

Então, afinal, o que é a acne? A acne é uma inflamação na pele provocada pela acumulação de sebo que faz com que a bactéria P. Acnes se multiplique. Isto resulta no aparecimento de pontos negros, pontos brancos internos, borbulhas vermelhas e borbulhas com pus. Tudo indesejável, sabemos.

Quanto ao seu aspeto, é diferente em cada pele e em cada pessoa porque depende de fatores genéticos e ambientais. Quem o diz é a médica dermatologista Maria João da Cruz, que nos explicou como se lida com a acne e nos esclareceu sobre se é possível ou não erradicar as borbulhas do rosto, de uma vez por todas.

Antes do problema chegar, é possível prevenir?

“Não há forma de prevenção da doença, mas se atuarmos precocemente, logo quando surgem as primeiras lesões, podemos atenuá-la. Dificilmente podemos fazer um tratamento e garantir que ele vai ser definitivo. O acompanhamento regular e o tratamento precoce garantem o sucesso terapêutico”, explica-nos a especialista.

Não é a resposta perfeita, sabemos, mas nem tudo são más notícias. Lavar bem a pele, preferir tratamentos à base de retinóides e optar por produtos não comedogénicos são os primeiros socorros para as primeiras lesões.

Estes “óides” e “énicos” são chinês para si? Nós explicamos. Retinóides são anti-inflamatórios e, regra geral, o tratamento de eleição para a acne leve e moderada. Este tratamento deve ser sempre associado a produtos de higiene e limpeza específicos para este tipo de pele, como por exemplo a gama Cleanance, de Avène.

Os produtos não comedogénicos e de textura oil-free são aqueles que não obstruem os poros e deixam a pele respirar. Dado que a pele acneica é geralmente sensível, devem ainda ser hipoalergénicos, de forma a proteger a pele contra possíveis reações alérgicas.

No caso de estarmos perante um tipo de acne em estado mais avançado, recomenda-se a medicação oral (tetraciclina) ou até mesmo uma intervenção cirúrgica, explica Maria João da Cruz.

E a alimentação pode piorar o aparecimento de borbulhas?

Sempre ouvimos dizer que a nossa pele reflete o que comemos. Mas a verdade é que, no caso da acne, esta é uma relação que ainda está por esclarecer.

Há quem sinta a acne a piorar com a ingestão excessiva de alimentos lácteos e de alto índice glicémico, como os doces e chocolates. “Ainda assim, este agravamento depende muito do doente e da forma de acne, uma vez que há doentes que estabelecem claramente essa associação e outros que a negam.”

Acne: como tratar no dia a dia?

Ouvimos e lemos milhares de truques e dicas sobre como acabar com a acne. Existem tratamentos diferentes para cada tipo de pele e para cada tipo de acne. Qual será, então, a solução final?

Não temos as melhores notícias: não há cura para a acne. Segundo a dermatologista, “dificilmente podemos fazer um tratamento e garantir que ele vai ser definitivo”. Mas (sim, há um mas!), “o acompanhamento regular e o tratamento precoce garantem o sucesso terapêutico.”

O bom senso é, na opinião da especialista, um dos grandes aliados nesta batalha. Qualquer tratamento no âmbito da acne e no controlo das borbulhas no rosto deverá ser doseado pelo bom senso de escolher os produtos adequados à nossa pele.

Os dermatologistas alertam: “Nada de excesso de zelo na higiene. Não procure decapar a pele, só irá irritá-la ainda mais. Trate-a com suavidade. Devem ser utilizados pains dermatológicos ou geles lavantes seborreguladores sem sabão”, pode ler-se na página de Avène dedicada à gama Cleanance, de cuidados específicos da pele oleosa com imperfeições.

E esta regra também serve para a maquilhagem. Apesar de não haver tratamentos definitivos, há maneiras de disfarçar a acne. Mas atenção: opte apenas por produtos indicados para peles acneicas e sensíveis. Saiba como disfarçar a acne com estas dicas simples.

 


 

Ficou com mais alguma dúvida me relação à acne? Se tem uma filha a passar por este problema, conheça os hábitos a incorporar na rotina de beleza de uma adolescente com borbulhas.

Mais sobre branded , pele

Comentários

Borbulhas fora do controlo? Conselhos de uma dermatologista para tratar a acne

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.