Viagens e lazer

8 piscinas naturais para se refrescar este verão

As praias do litoral ou fluviais não são a única hipótese para se refrescar este verão. Conheça oito piscinas naturais de água doce ou salgada.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
8 piscinas naturais para se refrescar este verão 8 piscinas naturais para se refrescar este verão
© Andre Carvalho
Rita Caetano
Escrito por
Jul. 23, 2020

Neste verão, mergulhe nas piscinas naturais do nosso País. Destacamos oito, em Portugal continental e nos arquipélagos da Madeira e Açores, mas ainda lhe damos mais alguns nomes, perto das que sugerimos.

Em comum tem o facto de estar inseridas em paisagens de sonho, seja no meio de um cenário verdejante ou esculpidas pelas erupções vulcânicas no oceano Atlântico.

8 piscinas naturais a conhecer

  • Cascata do Arado

    Cascata do Arado

    Cascata do Arado © Associação de Turismo do Porto e Norte

    Situada no Parque Nacional da Peneda Gerês, perto da aldeia de Ermida, é formada por várias quedas de água que terminam numa piscina natural de extrema beleza, como todo o cenário onde está inserida. Como o nome indica, esta cascata é alimentada pelo rio Arado. No Gerês, pode mergulhar ainda no Poço Azul e nas cascatas do Rio Homem, do Tahiti e Cela Cavalos.

    1 / 8

  • Lagoas Serra D’Arga

    Lagoas Serra D’Arga

    Lagoas Serra D’Arga © Instagram/@descubraminho

    Um trilho de cinco quilómetros, com início em Montaria, dá a conhecer as sete lagoas da Serra d’Arga, no Alto Minho. O som das várias quedas de água rompe o sagrado silêncio da serra. De água límpida as várias lagoas pedem mergulhos em águas geladas que revigoram que lá entra.

    2 / 8

  • Cascata da Fraga da Pena

    Cascata da Fraga da Pena

    Cascata da Fraga da Pena © Getty Images

    Dizem os entendidos que esta cascata resultou de um acidente geológico e o resultado é deslumbrante. A maior queda de água tem mais de 20 metros, mas há outras mais pequenas e todas formam piscinas naturais de grande beleza. A Fraga da Pena está localizada na Serra do Açor, onde predomina o xisto, na zona de Arganil.

    3 / 8

  • Piscinas Naturais dos Biscoitos

    Piscinas Naturais dos Biscoitos

    Piscinas Naturais dos Biscoitos © Turismo dos Açores

    Situadas na costa norte da ilha Terceira, no concelho de Praia da Vitória, nos Açores, estas piscinas resultaram de erupções vulcânicas que esculpiram as formações rochosas, dando origem a uma zona balnear muito apreciada. O preto das rochas e o azul das águas do Atlântico constroem um contraste que marca a paisagem.

    4 / 8

  • Poço da Cesta

    Poço da Cesta

    Poço da Cesta © Instagram/@municipioarganil

    É ao rio Ceira que se deve esta autêntica piscina formada entre blocos de pedra, que também formam pequenas quedas de água. O Poço da Cesta, está localizada na freguesia de Cepos, em Arganil, zona onde vale a pena conhecer também as zonas de lazer Foz D’Égua e Malhada Chã para outros mergulhos.

    5 / 8

  • Poça Simão Dias

    Poça Simão Dias

    Poça Simão Dias © Turismo dos Açores

    É a maior piscina natural da Ilha de São Jorge e está localizada na Fajã do Ouvidor, de paisagem  impactante. É conhecida pela sua água morna e teve origem nas formações rochosas que resultaram de erupções vulcânicas. Não muito longe, espreite também a Poça do Caneiro.

    6 / 8

  • Piscinas Naturais do Seixal

    Piscinas Naturais do Seixal

    Piscinas Naturais do Seixal © Andre Carvalho

    De origem vulcânica, estas piscinas de águas límpidas e calmas do Atlântico, compõem um cenário único na Madeira. Estão situadas perto da Praia da Laje no Seixal, na parte norte da Madeira e não muito longe das Piscinas de Porto Moniz.

    7 / 8

  • Poço do Funil

    Poço do Funil

    Poço do Funil Instagram/@jfcortesdomeio

    Esta é apenas uma das 12 piscinas naturais que encontra em Cortes de Cima, que tem o título de Capital das Piscinas Naturais. Em plena Serra da Estrela, o Poço do Funil tem uma pequena cascata de água e dá para refrescantes mergulhos em contacto com a natureza. Aponte também os nomes Poço da Fatela, Poço da Ponte Velha e Poço da Monteira e descubra os restantes.

    8 / 8

Últimos