Restaurantes e bares

Restaurantes novos em Lisboa que precisa de conhecer

A capital está repleta de restaurantes novos e alguns deles tem mesmo de conhecer. Saiba quais são os restaurantes novos em Lisboa que não pode deixar de experimentar.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Restaurantes novos em Lisboa que precisa de conhecer
D.R.
Escrito por
Jan. 17, 2020

Onde jantar numa sexta-feira à noite? E sábado? No que diz respeito à capital, as escolhas estão perto do infinito.

Todos os meses abrem novos restaurantes em Lisboa, e é nesses que sugerimos que se encontre na próxima vez que for comer fora. Se procura novas experiências, deixamos-lhe uma lista de restaurantes que servem refeições para todos os gostos, desde os sabores mais tradicionais aos mais exóticos, para paladares exigentes e requintados.

Uma coisa é certa, a cidade está repleta de spots merecedores da sua atenção. Pronta para marcar mesa? Conheça as nossas sugestões.

Faça uma reserva num destes restaurantes novos em Lisboa

  • Coyo Taco

    Coyo Taco

    restaurante coyo taco D.R.

    Depois do sucesso no Príncipe Real, em 2018, o Coyo Taco veio sublimar a experiência gastronómica mexicana no Cais do Sodré. O novo restaurante, cujo conceito nasceu em Miami e que se popularizou pela visita do ex-presidente norte-americano Barack Obama (a Miami, não ao Cais do Sodré), encontra neste bairro eletrizante e de espírito jovem o seu novo poiso. As novidades? Um espaço, notoriamente maior, onde não faltam as mesas comunitárias, uma carta de bebidas distintas, onde reina uma certa coyo slush margarita, aqui em granizado e ainda um set para DJs preparado (ainda não está a funcionar) para as noites de sexta e sábado, até às 2h da manhã. No menu sugerimos o guacamole coyo como entrada, seguido de dois (os que quiser, na verdade) tacos, alambre e carnitas de pato, e ainda uma quesadilla de camarão. Como sobremesa, deleite-se com os tradicionais churros, polvilhados com açúcar e canela e com chocolate e doce de leite a acompanhar, pois claro. É caso para dizer, enjoy!

    Onde: R. da Ribeira Nova, 36, Lisboa.

    Quando: De domingo a quinta, das 12h às 24h e sextas e sábados, das 12h às 2h. coyotaco.pt

    1 / 4

  • Grenache

    Grenache

    restaurante grenache Philippe Gelfi

    A alta-cozinha francesa chegou a Lisboa pela mão do chef Philippe Gelfi , que, durante umas férias na capital, foi desafi ado por Frédéric Coustols, proprietário do Palácio Belmonte, a abrir o Grenache à frente do hotel, num típico pátio do bairro do Castelo. A carta é pequena, mas cheia de técnica e vai mudar com frequência, pois é muito sazonal. Para começar, sugerimos-lhe o ovo perfeito com aveludado de cogumelos, tuile parmesan, emulsão de cogumelos/vinho oxidativo (13€), um prato bastante outonal; siga, depois, para a pintada com puré de aipo, cogumelos silvestres e redução jus (22€) e não se irá arrepender. Só a comida vai encher-lhe a vista, mas olhe também para as obras de arte que decoram o espaço. E num restaurante que tem nome de uma casta de vinho, não é de estranhar que tenha mais de 100 referências.

    Onde: Páteo Dom Fradique, 12, Lisboa.

    Quando: De terça a domingo, das 12h às 14h30 e das 19h às 22h30. grenache.pt

    2 / 4

  • Talho da Esquina

    Talho da Esquina

    restaurante talho da esquina D.R.

    Depois da Tasca, da Peixaria e da Padaria da Esquina, Vítor Sobral abriu o Talho, o restaurante ideal para os apreciadores de carne que, aqui, tal como o próprio nos disse, “têm a oportunidade de provar a melhor carne portuguesa, verde ou maturada”. Mas o que primeiro salta à vista são as coloridas instalações de Bordallo II. Moelas grelhadas, pimentão da horta e piripíri (8,50€) é uma boa forma para iniciar a refeição; depois, é só escolher a peça de carne que quer que salte para a grelha – as opções são variadas, entre as quais o bife do beijinho Black Angus nacional (14€) ou o acém comprido de Black Angus (64€/kg) T-bone/costeleta arouquesa com 45 dias de maturação (95€/kg). Apesar de ser um restaurante especializado em carne, a paella da terra (12,50€) e lasanha de
    legumes (14,50€) são opções vegetarianas. A baba de camelo (5€) tem uma surpreendente textura em espuma. Prove!

    Onde: R. Correia Garção, 15, Lisboa.

    Quando: De terça a sábado, das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 23h30; segunda-feira, das 19h30 às 23h30. vitorsobral.com

    3 / 4

  • Clube Lisboeta

    Clube Lisboeta

    restaurante clube lisboeta D.R.

    Continua a permitir-nos viajar através da gastronomia, mas o menu do Clube Lisboeta mudou. José Lopes, o novo chef, criou “uma carta de jantar que percorre quatro países, reinterpretando [à sua maneira] vários dos seus pratos”. A nossa viagem começou em Portugal com um xerém à Algarvia com choco (10€), continuou na Índia com um korma de peixe de águas lusas (16€) e terminou no Peru com uma sobremesa para os amantes do chocolate feita com cacau, flores e flor de sal fumada (8€). O Japão, o outro país representando no menu, fica para a próxima “viagem” A carta de almoço também sofreu alterações e tem inspirações vindas de várias paragens, tal como o delicioso brunch de fim de semana.

    Onde: R. da Escola Politécnica, 92, Lisboa.

    Quando: Todos os dias, das 11h às 23h. clubelisboeta.com

    4 / 4

Últimos