Tudo o que precisa para fazer um efeito glossy nos olhos

Glossy é a palavra a memorizar nesta estação e a prova está nas semanas de moda. Aprenda a usar a tendência e a fugir do efeito ‘pegajoso’ que lhe está associado.

Foi a estrela dos anos 90 e saltitava de boca em boca, agradando tanto a adolescentes como a mulheres mais velhas com vontade de arriscar.

No verão passado, vimo-lo regressar em força, mas rapidamente foi arrumado na gaveta. O efeito glossy está de volta e agora viaja dos lábios para os olhos – apesar de não ser propriamente uma novidade, é impossível não ter vontade de experimentar.

Foi visto pela primeira vez, ainda que de forma discreta, nas semanas de moda de 2015, mais precisamente nos desfiles de Sophie Theallet e Maison Martin Margiela.

Em 2017, a maquilhadora Pat McGrath voltou a trazer o gloss para as luzes da ribalta e desencadeou um efeito dominó que se estendeu a outros maquilhadores e marcas de maquilhagem.

Esta estação, parece que veio para ficar e quer-se em cores fortes, com principal destaque para o néon. E não é difícil perceber porquê, tendo em conta que no Instagram, o hashtag #glossyeyes apresenta mais de 43 mil resultados!

Siga a luz

Quer prefira uma versão mais fresca e natural ou goste de drama e luminosidade, esta tendência surgiu da necessidade de abandonar a técnica de contouring – celebrizada pelo clã Kardashian. A ideia é abraçar um lado mais imperfeito e divertido da maquilhagem.

As mulheres procuram cada vez mais visuais simples e rápidos de executar e esta tendência ajuda a que os alcancem na perfeição.

Porém, apesar de adorarmos o resultado final, o processo para lá chegar não é o mais confortável de todos, uma vez que ninguém gosta de usar um gloss nas pálpebras nem do seu efeito pegajoso. Mas não desanime!

Existem outras formas de obter luminosidade e brilho sem ter de recorrer ao icónico produto da nossa infância. Quer seja através de bálsamos ou óleos, as opções são ilimitadas e só precisa de compreender o que resulta melhor na sua pele.

Como dominar a técnica

Um dos maiores problemas deste visual é o número de falhas que o efeito glossy cria, já que ‘agarra’ a sombra com mais intensidade numas zonas do olho do que noutras. Mas isto acontece sempre, por isso aceite-o como uma característica deste tipo de maquilhagem.

Para conseguir um visual que não desaponte, siga os seguintes passos:

1. Tal como prepara a pele para receber a maquilhagem, faça o mesmo nos olhos, principalmente para remover o óleo natural produzido pelas pálpebras e que impede a aderência da sombra;

2. De seguida, aplique um primer para garantir que a sombra fica no lugar e dura mais tempo (pode também usar corretor de olheiras);

3. Quando escolher a sombra, opte por uma ligeiramente nacarada, já que reflete a luz e dá profundidade. Tanto as sombras em pó como em creme são excelentes opções;

4. Agora chega a parte mais divertida do processo: adicionar brilho. Usando o dedo, pressione uma pequena quantidade de gloss ao longo da pálpebra com bastante cuidado para não espalhar a sombra que já aplicou. Quanto menos usar, menos provável é que a sombra saia do lugar. Comece no centro e pressione para a zona externa do olho, evitando aplicar produto na dobra do olho. Isto fará com que o resultado final seja mais uniforme e não sinta o efeito cola;

5. Além do gloss, pode usar um bálsamo hidratante, óleo natural ou até vaselina. Há ainda quem defenda que aplicar um pouco de pó translúcido ajuda a absorver o excesso de produto e prolonga a duração da maquilhagem.

Os produtos que a ajudam a conseguir este look

paleta de sombras ysl

Paleta Shimmer Rush  
Yves Saint Laurent, 52,95€


gloss mac

Gloss Lipglass, no tom Caketop 
M.A.C, 40,50€


primer de olhos essence

Primer de olhos You Better Work!
Essence, 2,79€


bálsamo glossier

Bálsamo Balm Dotcom
Glossier, 22,20€


sombra clarins

Sombra Ombre Sparkle
Clarins, 25€


sticker chanel

Bálsamo Baume Essentiel
Chanel, 42€


Gostou deste efeito nos olhos? Experimente ainda fazer uma destas maquilhagem de noite.

A versão original deste artigo foi publicada na revista Saber Viver nº 227, maio de 2019.
Mais sobre maquilhagem

Comentários

Tudo o que precisa para fazer um efeito glossy nos olhos

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.