Ir a concertos é a terapia que precisa para acabar com a ansiedade (e não só)

Assistir a concertos de música regularmente pode prolongar a vida e é mais relaxante do que fazer ioga, revelou um estudo britânico.

Haverá sensação mais eletrizante do que estar no meio de uma multidão, cercada por milhares de braços no ar, corpos a dançar e vozes a cantar em uníssono, enquanto um vocalista entoa um hino ou uma banda toca êxitos antigos?

Arrepios de prazer percorrem a pele, eriçando pelos e cabelos e uma onda de energia faz-nos saltar e pular como crianças no recreio da escola. Que os concertos de música ao vivo nos fazem sentir mais vivos, isso já sabíamos por experiência própria, mas, agora, um estudo realizado pela Universidade de Goldsmiths, no Reino Unido, em parceria com a operadora de telecomunicações móveis britânica O2, descobriu que ir a um espetáculo destes quinzenalmente está associado a uma maior longevidade e a uma melhor qualidade de vida.

Veja concertos e viva mais e melhor 

“A nossa investigação mostra o profundo impacto que os concertos têm na saúde, felicidade e bem-estar. Assistir a um espetáculo de música a cada 15 dias pode acrescentar quase uma década aos anos de vida”, declarou Patrick Fagan, especialista em Ciências do Comportamento e investigador da Universidade de Goldsmiths.

Segundo o seu estudo, 20 minutos num concerto aumenta o bem-estar da pessoa em 21 por cento. Além disso, parece que essa atividade cultural estimula a mente (75 por cento), amplifica a sensação de proximidade a terceiros (25 por cento) e eleva a nossa autoestima (25 por cento).

Para chegar a estas conclusões, Patrick Fagan efetuou testes psicométricos aos participantes e avaliou a sua frequência cardíaca durante os espetáculos de música ao vivo, mas também enquanto faziam ioga e quando passeavam os cães. Estas formas de exercício físico traduziram-se num aumento inferior da sensação de bem-estar, com dez e sete por cento, respetivamente.

concertos com amigos

Benefícios da música na nossa vida

• Ouvir música reduz os níveis de ansiedade e de cortisol (hormona do stresse),  de acordo com uma meta-análise da Universidade de McGill, no Canadá.

 Um outro estudo, desta vez da Universidade do Missouri, nos Estados Unidos da América, concluiu que basta ouvir 12 minutos de música alegre para passarmos a ser mais positivos e melhorarmos  o nosso estado de espírito.

•  Ter mais aulas de Educação Musical aumenta o grau de satisfação dos estudantes em relação à escola e fá-los sentirem-se mais realizados, especialmente se puderem cantar num coro, segundo um estudo finlandês.


Sabia que ir a concertos tinha assim tantos benefícios? Veja ainda como se acalmar quando tem picos de ansiedade.

Mais sobre mente e emoções

Comentários

Ir a concertos é a terapia que precisa para acabar com a ansiedade (e não só)

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.