Bem-estar

Crónica. O poder da mudança através de pequenas ações

Para Saber Viver, também é preciso saber abrandar. Todos os meses, Ana Milhazes, fundadora do movimento Lixo Zero Portugal, partilha connosco as melhores dicas para viver sem desperdício e com consciência, sempre de forma sustentável.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Crónica. O poder da mudança através de pequenas ações
© Getty Images
Ana Milhazes, cronista
Escrito por
Jan. 21, 2020

Mudar custa muito. Obriga-nos a querer e a fazer diferente, a deixar os hábitos e as rotinas de sempre, exige ser também uma espécie de inconformista, o que na sociedade em que vivemos nem sempre é bem visto.

Talvez seja uma privilegiada, por ser uma eterna inconformista, mas só agora o vejo dessa forma.

Ser inconformista e pensar diferente também custa, mas não é disso que quero falar nesta crónica. Mudar é um processo difícil, mas vale tanto a pena!

Um dos truques é pensar no “porquê?”. Por que razão quero eu mudar? Qual a motivação? Quando temos uma motivação forte, a mudança torna-se mais fácil, temos um propósito que nos permite sermos consistentes. Porque o difícil não é só fazer diferente uma vez, é manter esse novo hábito.

O poder da mudança está mesmo dentro de cada um de nós
Ana Milhazes Ana Milhazes

Diz-se que demoramos cerca de 21 dias a implementar um novo hábito. Por isso, aquilo que lhe proponho neste artigo é começar já hoje esse novo hábito que tanto quer implementar.

Para que se torne mais fácil, pois já sei que quer começar pelo menos dez novos hábitos, vou definir uma regra: este novo hábito deverá estar relacionado com o ambiente.

Qual o motivo? As questões ambientais estão na ordem do dia e cada pequena ação do nosso dia a dia tem um impacto na sua vida, na minha e na de todos os habitantes do planeta Terra. Por isso, são mais do que boas razões para começarmos, certo?

Pequenas ações para grandes mudanças

Deixo-lhe aqui pequenas ações que poderá começar a colocar em prática já hoje e que encontra no meu livro Vida Lixo Zero.

lixo zero ana milhazes

Vida Lixo Zero, Contraponto Editores, 14,94€

Troque a garrafa de plástico descartável por uma garrafa de água reutilizável e leve-a consigo todos os dias;

 Substitua todos os descartáveis pela opção reutilizável (copos, garrafas, pratos, talheres, sacos de plástico, toalhitas);

Prefira produtos biológicos, locais e/ou nacionais;

Adopte uma alimentação vegetariana, pelo menos algumas vezes por semana;

Resista ao consumismo. Fique 21 dias sem comprar uma peça de roupa nova. Poupe 100% e não compre nada;

Use tudo aquilo que tem até ao fim. O que já tem é e será sempre o mais sustentável;

Recolha a água da chuva e use-a para regar as plantas;

Sacuda bem a roupa quando a tira da máquina e pendure a roupa que tem tendência a amarrotar em cabides e verá que não precisará de passar a ferro;

Areje a roupa antes de a colocar logo para lavar. A maioria da roupa pode ser usada várias vezes;

Peça sempre o seu café numa chávena de cerâmica ou vidro com uma colher de verdade. Sim, ainda existem e o café saberá muito melhor;

Privilegie o contacto com a natureza. Defendemos aquilo que amamos. Dê uma pequena caminhada todos os dias;

Diga mais vezes “Não” àquilo que nada acrescenta à sua vida, sorria e agradeça

Escolha um novo hábito e mantenha-o nos próximos 21 dias. Quando terminar, avance para outro e assim sucessivamente.

Desafio-a a partilhar comigo o resultado daquilo que implementou, nas redes sociais, através da hashtag #desafiovidalixozero. Uma pequena mudança tem mesmo um grande impacto na vida de todos nós. Vamos começar já hoje?

Ana Milhazes, 34 anos, socióloga, formadora, instrutora de Yoga, autora do Ana, Go Slowly, um blogue sobre tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais feliz, baseada no ser em vez do ter. É ainda fundadora do movimento Lixo Zero Portugal e vive com a missão diária de fazer o mínimo de lixo possível, de partilhar os desafios que enfrenta e de inspirar a mudança.

Últimos