Beleza

Pode o ácido glicólico substituir totalmente o desodorizante?

São inúmeras as tendências de beleza que ficam virais no TikTok, mas por esta não estávamos à espera. O ácido glicólico é usado, por exemplo, para suavizar a pele, e agora há influencers a utilizá-lo nas axilas como substituto de desodorizante.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Pode o ácido glicólico substituir totalmente o desodorizante?
© Unsplash
Escrito por
Nov. 26, 2022

Começa a ser cada vez mais difícil acompanhar o que é novidade no mundo da beleza, visto que todas as semanas há algo novo. Porém, e apesar de bloggers e influencers jurarem que certos produtos e técnicas funcionam, é importante manter os pés assentes na Terra e pesquisar um pouco antes de os colocar à prova.

A mais recente tendência do mundo da cosmética é então o ácido glicólico. Pode ser usado em todo o corpo: no escalpe para estimular o crescimento do cabelo, nos pés para suavizar os calcanhares e, agora, nas axilas como alternativa ao desodorizante.

Mas poderá um único produto cumprir tantas funções? Fomos descobrir.

O que é o ácido glicólico?

O ácido glicólico é um exfoliante químico, curiosamente derivado da cana-de-açúcar, que pertence ao grupo dos AHAs, ou alfa hidroxiácidos.

Este tipo de ácidos ajudam a renovar e hidratar a pele, tornando-a mais uniforme e com menos manchas. Quando usados regularmente, impulsionam também o crescimento da epiderme, aumentando assim a produção de colagénio.

Visto que ajudam na eliminação de pele morta podem ser combinados com outros produtos, facilitando a penetração dos mesmos no rosto.

@calistatee Also doesn’t leave any stain/residues on your clothes!! Linked my glycolic acid playlist 🤗 #glycolicacidasdeodorant #glycolicacid #glycolictoner #ingrownhairfree #ingrownhairtreatment ♬ Follow me or else – ☆

Vantagens de usar ácido glicólico nas axilas

As propriedades antioxidantes do ácido glicólico não só ajudam a remover as células mortas, como promovem o melhoramento da hiperpigmentação das axilas;

Se costuma remover os pelos das axilas, então é provável que, por vezes, tenha pequenas borbulhas ou pelos encravados nesta área. O ácido glicólico pode também ajudar a removê-los, visto que as suas propriedades antibacterianas ajudam a limpar os poros;

Estas mesmas propriedades podem diminuir os níveis de pH, o que elimina as bactérias causadoras de odor.

Efeitos secundários

Apesar de reduzir o odor corporal, o ácido glicólico não reduz a transpiração.

Desodorizantes antitranspirantes contêm sais de alumínio que bloqueiam o suor, porém, esta é uma característica fundamental que falta ao ácido glicólico.

É preciso ter em atenção que, apesar de ter vários benefícios, o ácido glicólico não deixa de ser isso mesmo, um ácido. É necessário não o utilizar em demasia, para evitar irritação, vermelhidão e erupções cutâneas.

Utilizar o ácido glicólico como desodorizante

Se realmente quer substituir o seu desodorizante por ácido glicólico, então deve seguir alguns passos:

1. Utilizar um ácido de baixa concentração (10% ou menos);
2. Molhar um disco de algodão e passar suavemente nas axilas;
3. Aplicar depois de tomar banho, de preferência à noite, visto que o ácido glicólico torna a pele mais sensível aos raios solares.

Alternativas ao ácido glicólico

Para combater a transpiração

Se o excesso de suor é a sua maior preocupação, então não deve deixar de usar desodorizante ou antitranspirante. No entanto, se está a lidar com transpiração excessiva, é aconselhado consultar um médico profissional.

Pode ainda optar por utilizar desodorizantes naturais, com ingredientes nutritivos e antibacterianos.

Para melhorar a hiperpigmentação

Produtos com ingredientes como a niacinamida, a vitamina C e o ácido azeláico não só são seguros para utilizar nas axilas, como ajudam a reduzir manchas e a iluminar a pele.

Para prevenir borbulhas e pelos encravados

Se já experimentou ácido glicólico, ou quer simplesmente utilizar algo mais suave, pode sempre optar por usar ácido lático ou mandélico.

Sim ou não?

A resposta é sim, o ácido glicólico pode ser usado como desodorizante. No entanto, esta pode não ser uma opção para todos, visto que este produto não reduz a transpiração.

É preciso ter alguns cuidados ao usar este ácido, já que, atualmente, não existem estudos científicos que apontem para este ingrediente como uma alternativa melhor, ou mais segura, aos desodorizantes normais.

Últimos