By

A beleza já tem lugar assegurado nesta plataforma. A procura aumenta e agora há também lugar para os vídeos de beleza para mulheres mais velhas. Porque a beleza não tem idade…

Ser beauty blogger – ou beauty vlogger, ou simplesmente blogger – é a profissão do século XXI. Porquê? O trabalho é feito em casa, há uma poupança de recursos, recebe-se uma tonelada de produtos e ainda uns bons convites para viajar. Atenção, tudo isto requer trabalho. E se foram as jovens de 15 ou 16 anos que começaram com esta ideia, agora parece que a faixa etária destas beauty vloggers aumentou.

Os vídeos de beleza para mulheres mais velhas são um enorme sucesso no YouTube e não é difícil perceber porquê. Este público procura por produtos mais específicos, personalizados e com determinados objetivos. A procura por tratamentos anti-idade, truques de maquilhagem que rejuvenescem, consequentemente, aumentou. Não tardou até que as mulheres acima dos 35 anos criassem canais destinados a reviews de produtos para peles maduras. A tendência está aí. Agora, há que saber que canais do YouTube deve seguir.

O boom de vídeos de beleza para mulheres mais velhas

Em 2015, a plataforma DigiDay revelou que nas categorias de beleza e moda, 57.1% dos utilizadores eram raparigas entre os 13 e os 24 anos. Isto não quer dizer que as mulheres acima dos 35 não se interessem pelo YouTube e o seu conteúdo. Em 2016 foi realizado um estudo pela London College of Fashion com 509 mulheres, em que 90% acreditava não estar bem representada nos diferentes tipos de publicidade de produtos de beleza.

Felizmente, tudo está a mudar. O YouTube e a arte do vlogging expandiram-se e são hoje indicados para qualquer idade. Lá fora, há nomes que se destacam: Angie Schmitt, do canal Hot and Flashy, ou Lisa Eldridge, maquilhadora profissional.

Com mais de 260 mil subscritores, a americana Angie Schmitt, de 55 anos, experimenta vários produtos de beleza e faz reviews. Hoje, o canal já é rentável. “Agora faço dinheiro suficiente para comprar tudo o que preciso e para mostrar às pessoas a maquilhagem e os meus cuidados de pele”, diz a youtuber à Marketplace.

Quanto aos canais de YouTube para mulheres mais velhas, Angie admite que o número está a aumentar. “Como a audiência vai envelhecendo, esta categoria torna-se maior. Ano após ano, as pessoas com mais de 50 anos ficam mais confortáveis com as redes sociais e com a tecnologia, e juntam-se a estas plataformas”, explica.

Lisa Eldrige, de 43 anos, é uma das mais famosas makeup artists do mundo. Já trabalhou com nomes como Cindy Crawford, para marcas como a Lancôme e para revistas como a Elle, a Vogue, a Allure ou a Glamour. Hoje tem a sua própria marca e em 2014 lançou o seu canal no YouTube, que tem mais de um milhão de seguidores.

Siga estes canais de beleza com tutoriais úteis

Em Portugal, a tendência ainda não arrancou, mas não é por falta de espaço. Existem incontáveis canais de YouTube dedicados à beleza, que são sucessos estrondosos, seguidos por milhares de pessoas – é o caso de Inês Mocho, Helena Coelho ou Maria Vaidosa.

A faixa etária é baixa, mas pode reverter-se a qualquer momento. Até lá, damos-lhe algumas sugestões de vídeos de YouTube para mulheres mais velhas.

Tati, 3,4 milhões de subscritores

Lisa Eldridge, 1,7 milhões de subscritores

Hot and Flashy, 261 mil subscritores

 

Trinny, 44 mil subscritores

Melissa 55, 64 mil subscritores

O que achou destes vídeos de beleza para mulheres mais velhas? Veja ainda as campanhas de moda anti-idade.

 

Leave a Reply