By

Começou agora mesmo agora a cerimónia dos Casamentos de Santo António. E logo, ao final da tarde, a Avenida da Liberdade, em Lisboa, apresenta o desfile das Marchas Populares. Tudo o que tem de saber sobre moda, beleza, bem-estar, lifestyle, cozinha e fitness está aqui, no Happening! Boas leituras!

Casamentos de Santo António

Os casamentos de Santo António são, desde há muitos anos, um dos momentos mais acarinhados das Festas de Lisboa, onde nem os mais céticos resistem ao poder do amor. Dezenas de casais vivem o dia por que tanto esperaram com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e com os votos de felicidades de milhares de portugueses através da transmissão da RTP.

Marchas Populares

As Marchas Populares estão na génese das Festas de Lisboa e são, desde sempre, um dos seus momentos altos. Hoje são uma tradição popular, embora tenham sido à data da sua criação, nos anos 30, uma ideia de agentes ligados ao Estado Novo. No entanto, os lisboetas apropriaram-se desta festa e tornaram-na uma tradição sua, já que só assim se explica o seu sucesso e a sua longevidade.

No concurso de 2017, estão de volta as Marchas do Castelo e de Belém. Mas nem só de Lisboa nos chegam marchas: este ano contamos também com uma representante do Algarve (a Marcha da Rua da Cabine, de Quarteira), de Leiria (a Marcha da Associação do Bairro dos Anjos) e de Viseu (Marcha da Associação Folclórica Cultural e Recreativa Verde Gaio de Lordosa). Estão todos convidados, mas se não conseguir um lugar na Avenida da Liberdade na noite de Santo António, não é caso para desesperar: como é habitual, o desfile será integralmente transmitido pela RTP.

Lançamento do livro Cultura Proibida, Património Estimado

Lançamento do livro Cultura Proibida, Património Estimado, na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa versando a riqueza do Kola San Jon, expressão cultural nas ilhas de São Vicente, Santo Antão e São Nicolau (Cabo Verde). O grupo do Kola San Jon da Associação Cultural Moinho da Juventude festeja desde 1991 os Santos Populares no Bairro do Alto da Cova da Moura, na Amadora. Em 2013 a festa do Kola San Jon foi reconhecido como Património Cultural Imaterial de Portugal. Hoje, 17h30, depois do lançamento do livro, o grupo do Kola San Jon invadirá com o barco, incentivado pelo rufar dos tambores, a Baixa lisboeta, Alfama e Mouraria. No dia de São João, a 24 de junho, a festa do Kola San Jon é na Cova da Moura, acompanhado do Festival da Cachupa.

Quer acrescentar mais alguma notícia que tem de saber hoje? 

 

Leave a Reply