By

Depois de anos de infelicidade a habitar um corpo com o qual não se identificava, a empresária Weza Silva resolveu mudar o seu estilo de vida. O resultado? Perdeu 35 quilos em 36 semanas e ficou na sua melhor forma física de sempre. Mas lutou por isso. Muito. E conta aqui como.

Aconteceu com a Weza, tal como acontece e pode acontecer a qualquer uma de nós. Weza Silva sempre foi magra. Até engravidar. Com o primeiro filho vieram mais de 23 quilos; com a segunda gravidez mais 35 quilos. Depois de anos de infelicidade resolveu mudar de estilo de vida. Perdeu 35 quilos em 36 semanas e ficou na sua melhor forma física de sempre. Tornou-se num exemplo de perseverança e superação, tanto para mães como para as mulheres em geral, porque a maneira como recuperou – e mantém – a forma, adequa-se a qualquer pessoa. Um relato absolutamente inspirador para todas as mulheres que, depois de serem mães, querem conseguir um corpo mais saudável e bem melhor de o que tinham antes.

Emagrecer Como a Weza, de Weza Silva (Ed.Planeta)

Emagrecer Como a Weza, da empresária angolana casada com o jornalista Luís Costa Branco, é um livro inspirador e absolutamente honesto, confessional e muito bem-humorado de como a autora chegou aos 90 quilos admitindo todos os erros que cometeu e revela o estado emocional em que ficou quando percebeu que não conseguia perder peso. Depois de anos de infelicidade resolveu mudar de estilo vida.

Da gravidez até 37 quilos (a menos) depois). Foto: Instagram

Perder para ganhar

Weza passou parte da infância em Angola e, quando ressurgiu a Guerra Civil, mudou-se com a família para a África do Sul, onde viveu até à idade adulta. Quando regressou a Luanda ingressou no curso de Direito, mas acabou por trocar a licenciatura pela aviação: trabalhou como assistente de bordo na companhia aérea angolana TAAG.

Foi mãe aos 28 anos e em 2013 mudou-se para Portugal com o marido, o jornalista Luís Costa Branco, e o filho Kendi. Em 2014 nasceu a Chloé. Os 35 quilos que ganhou depois das gravidezes, tornaram-se parte da sua história de vida. A forma decidida e saudável como os perdeu valeu-lhe milhares de seguidores nas redes sociais

 

 

 

Weza com o seu PT, Pedro Baptista. Foto: Instagram

“Cuido da minha saúde e, de bónus, o meu corpo mantém-se em forma”

Quando se deu o clique que a fez abandonar os maus hábitos e conseguir emagrecer?
O clique deu-se num momento da minha vida em que já andava a tentar de tudo para perder peso. Certo dia, precisava sair de casa e não tinha nada que me servisse porque detestava a ideia de comprar peças do tamanho que tinha na altura. Nesse dia decidi experimentar umas calças do meu marido e não me serviram. Sempre olhei para a roupa dele como sendo peças enormes, apesar de ele vestir o tamanho 40-42. Tive um choque de realidade e passaram-me várias coisas pela cabeça. Perceber que aquelas calças, que sempre achei enormes, não entravam, foi tudo o que precisava para mudar. Foi aí que tudo começou.
A Weza rodeou-se de médicos e especialistas em nutrição e exercício físico que a ajudaram a chegar ao seu objetivo. Que conselhos dá às pessoas que não podem recorrer a tais especialistas?
O conselho que deixo é, primeiro que tudo, deixarem-se de desculpas. Arranjem uma forma de fazer acontecer, porque há sempre uma alternativa. Nos primeiros dois meses, não tive ajuda de nenhum profissional. Treinava em casa sozinha, ia para a rua fazer caminhadas e correr. Comprei também algum material de ginástica para ter em casa, mas quem não puder ou não quiser, pode sempre usar o próprio corpo para fazer exercícios. Fazendo agachamentos, flexões, lunges, subir as escadas em vez de ir de elevador…
Ter tido profissionais ao meu lado ajudou, obviamente, mas não foram eles que fizeram os exercícios por mim, nem são os nutricionistas que vão colocar a dieta na minha boca. O meu apelo é à mudança que depende de nós e à nossa força de vontade
A partilha da superação dos seus objetivos no Instagram deu-lhe mais força para persistir?
Sim. De facto, perceber que tinha pessoas do outro lado a dar-me força deu-me coragem para não desistir.
Disse que a Carolina Patrocínio foi uma inspiração para si. Porquê?
Porque, antes de mais, é uma pessoa de quem gosto bastante e admiro imenso como amiga, mulher e profissional. A Carolina tem duas filhas pequenas, trabalha com horários complicados e, mesmo assim, arranja sempre tempo para cuidar dela e nunca se anulou por ter tido duas filhas. Concilia a maternidade, trabalho e desporto como ninguém e de forma muito saudável.
O exercício com o PT Pedro Baptista foi determinante para conseguir perder peso e atingir uma boa forma física?
O Pedro foi determinante para o sucesso de todo o processo. Treinei apenas com ele durante os sete meses em que, juntos, conseguimos eliminar 35 quilos.
Só depois é que consultou um nutricionista…
Sim, consultei vários e juntei o plano de todos e adaptei-os ao meu gosto. Consultei também uma naturopata que me ensinou a conhecer melhor os alimentos e a fazer refeições melhores para o organismo.
Agora, 35 quilos depois, como mantém o seu peso e forma?
Aprendi a gostar de comer de forma saudável e a praticar exercício. Acho que este é o segredo. Para mim, hoje em dia, é já um estilo de vida e o meu corpo responde a esses estímulos que lhe vou dando. Cuido da minha saúde e, de bónus, o meu corpo mantém-se em forma.
 

Weza é a prova de que com força de vontade atingimos os nossos objetivos. Preparada?

 

Leave a Reply