By

Bleisure, o fenómeno dos viajantes de negócios

Não se deve misturar negócios com prazer? Há exceções. O fenómeno bleisure, business + leisure, o termo criado para quem aproveita uma viagem de trabalho e prolonga mais uns dias a estadia no destino, veio para ficar. Mas, tenha em atenção, a mala com que viaja pode ter um grande impacto.

Tem uma reunião em Londres na quinta à tarde. Porque não prolongar a estadia até ao fim de semana? Este é o pensamento inicial de muitas pessoas que viajam por razões profissionais. E, dado que vários estudos concluem que cresce o número de viagens de negócios que se prolongam na estadia, parece que muitos cumprem o desejo de juntar o útil ao agradável.

Nasce assim uma nova tendência “híbrida” no universo dos negócios e do turismo, o bleisure. Da junção das palavras business (negócios) com leisure (lazer), este termo ilustra as pessoas que tiram o melhor partido da sua vida profissional e aproveitam para enriquecer a sua vida pessoal.

Fenómeno bleisure: viaje leve

Estender o prazo da estadia implicaria, à partida, uma bagagem mais pesada. Não necessariamente. Aliás, porque não torná-la mais leve? Escolha uma bagagem flexível e à sua medida. Que arrume os bens profissionais, como o computador, tablet, carregadores e outros gadgets, e permita levar os bens pessoais necessários para melhor usufruir do destino. A palavra de ordem: flexibilidade. Junte a eficiência de uma bagagem de cabine, ao lado prático de não ter de “despachar” a bagagem – nem de esperar pela mesma na chegada.

Adira ao fenómeno bleisure

3 razões para programar a sua próxima viagem bleisure

1. Trabalha melhor. Ao prolongar a estadia, tem mais motivação para trabalhar, pois sabe que vai ter uns dias para descansar a seguir.
2. Otimiza os custos. Os custos das viagens estão implícitos e, muitas vezes, a viagem de avião até fica mais barata quando se adiciona o fim de semana ao bilhete de avião.
3. Conhece melhor o ambiente que a rodeia. Ao usufruir das oportunidades que uma cidade ou país oferece, faz com que se familiarize melhor com a cultura de trabalho do local.

A mala de cabine ideal

A regra número um quando viaja em negócios? Não faça check-in da sua bagagem. Das duas uma, arrisca-se que a desviem pelo caminho e perde mais tempo enquanto espera que esta chegue. A sua melhor parceira de viagem? A mala de cabine. Segundo a Samsonite, eleita pelo quinto ano consecutivo como a ‘Favourite Luggage Brand in 2017‘ (marca favorita de bagagens em 2017) pelo site TripAdvisor, as companhias aéreas têm regras diferentes relativamente às dimensões e peso da bagagem de mão. Algumas cobram valores extra se a mala de cabine exceder o tamanho ou estiver demasiado pesada.

Para fazer a escolha certa e viajar sem stresse, consulte as dimensões de cabine por companhia aérea. Não se esqueça de cumprir as regras em relação ao peso! Nesse caso, também pode pesar as suas bagagens ainda em casa, com este gadget muito útil.

Quer faça uma viagem flash de uma noite ou opte prolongar a estadia até três noites, as dimensões da mala de cabine variam, por exemplo, entre 55x40x20cm (Vueling, Ryanair e TAP) e 56x45x25cm (Easyjet). Mas consulte sempre a companhia aérea para uma informação 100% atualizada.

As cidades mais escolhidas para viagens bleisure na Europa

Segundo o estudo da Carlson Wagonlit Travel´s Solution Group, estas são as quatro cidades europeias para onde se viaja mais em bleisure: Lisboa, Barcelona, Nice e Istambul.

Lisboa

  

Considerada a cidade mais cool pelo canal norte-americano CNN, a capital de Portugal atrai cada vez mais turistas. Um destino de eleição para os adeptos do bleisure.

Mala de cabine TAP: Com um design moderno, a colecção Prodigy foi pensada para agradar tanto a homens, como a mulheres. Além de uma zona própria para o tablet, inclui, no interior, um compartimento próprio para transportar o computador em segurança.

Barcelona

É um dos destinos turísticos mais populares de Espanha. A cidade de Gaudí, tem a praia à porta e uma arquitetura rica que merece a visita.

Mala de cabine TAP, Ryanair e EasyJet: A coleção Lite-Biz é composta por três modelos de malas de viagem diferentes, mas todos com o mesmo propósito: oferecer conforto, organização e acesso rápido a documentos de viagem e ferramentas de trabalho.

Istambul

Assente em dois continentes, uma parte da cidade está na Europa e a outra na Ásia, a capital da Turquia é uma cidade de contrastes que não pode deixar de conhecer.

Mala de cabine TAP, Ryanair e EasyJet: A PRO-DLX 4 Mobile Office é perfeita para quem procura segurança e conforto. Com compartimentos específicos, tanto para a roupa, como para tecnologias ou líquidos e cosmética, foi concebida para reduzir o peso e proporcionar viagens confortáveis.

Nice

Uma região muito bonita e muito bem localizada, pois fica perto do mediterrâneo, dos Alpes de Itália, Suíça e Áustria.

Mala de cabine Easyjet: A coleção Rewind oferece uma gama de sacos, mochilas e bolsas desenhados para tornar confortável a sua viagem além de lhe acrescentar mobilidade.

Vamos fazer a mala

Antes de fazer a mala, confira estas dicas preciosas que aqui sugerimos.

A aparência conta? O ideal é jogar sempre pelo seguro. Por isso, mais do que a cor da mala de bagagem, importa a sua durabilidade e resistência. A mala de cabine ideal é a que permite opções extensíveis. Não vá ainda haver tempo para compras e souvernirs.

Líquidos. Segundo a ANA – Aeroportos de Portugal , os líquidos a bordo devem estar contidos em recipientes com um máximo de 100 ml (ou 100 gr) por artigo. Embale-os num único saco transparente de 20 cm x 20 cm (apenas um por passageiro), que possa ser aberto e fechado de novo. Confirme primeiro se o hotel onde fica tem amenities (as amostras de produtos que encontra na casa de banho do quarto), como champô, amaciador e gel de banho.

A lavandaria é a sua melhor amiga. Seja a do hotel ou uma de rua self service, esta é uma forma de partir ainda mais leve. Reduz assim o número de peças de roupa que leva.

Vá bem equipada. Energia precisa-se. Sempre. Em primeiro lugar, a sua. Leve frutos secos e hidrate-se a bordo do avião. Depois, já que o mote da viagem são os negócios, leve sempre na bagagem um adaptador e um carregador, e uma power bank consigo na carteira.

Faça backup da sua vida. Não quer andar com papel atrás. Apesar de ter sempre consigo o passaporte ou/e o Cartão de Cidadão, digitalize todos os seus documentos de identificação e até os cartões bancários. Guarde-os numa USB e no computador. Quanto aos bilhetes de avião faça check-in online.

Revista, reduza e repita. Nunca é demais rever tudo o que leva. Confirme as temperaturas no destino antes de escolher a roupa que leva. Aprenda aqui a fazer uma mala de viagem só mesmo com o que precisa.

Um desejo crescente de bleisure

Reconhece-se neste grupo? Não é a única. Um em cada cinco viajantes em negócios aproveita alguns dias de lazer no destino. É a conclusão do estudo do Carlson Wagonlit Travel´s Solution Group. Metade destes turistas gozam os dois dias extra de turismo depois dos negócios; 35% optam por aproveitar antes. E, curiosamente, o número de mulheres que acrescentam dias de férias às suas viagens de negócios (8,5%) é superior aos homens (6,8%).

Já é adepta da tendência bleisure? Partilhe connosco a sua experiência.

 

Leave a Reply