Sociedade

Editorial de junho: Abraçar Portugal!

As palavras da diretora da Saber Viver na edição de junho da revista.

Untitled-7 Untitled-7 Untitled-7
Editorial de junho: Abraçar Portugal!
© Getty Images
Tânia Alexandre
Escrito por
Mai. 30, 2020

Têm sido meses de muitas incertezas e receios. De um momento para o outro, vimo-nos confinadas a quatro paredes e “atiradas sem aviso prévio” para um sem-fim de mudanças que numa outra altura demorariam anos a interiorizar e implementar.

Certo é que em três meses, com maior ou menor dificuldade, tornámo-nos experts em teletrabalho, e-learning e compras online… Reinventámos os nossos negócios, as formas de nos relacionarmos e transformámos as nossas casas em postos de trabalho, escolas virtuais, infantários e ginásios.

Foi a força da necessidade. E será ela, a mesma necessidade que aguça o engenho, que nos ajudará a levantar!

Já todas percebemos que os próximos tempos serão difíceis e que continuaremos a enfrentar algo que ainda não tem solução e que, em bom rigor, ninguém tem a certeza de quando ela chegará.

Sabemos que, se foi difícil confinar, lidar com as consequências disso não será mais fácil. Mas somos portugueses, não costumamos baixar os braços! E é também por isso que esta edição é dedicada a Portugal.

Este verão, as nossas férias deverão ser cá dentro, por um País que é muito mais que um destino de praia e que tem tanto para lhe oferecer

Não nos podemos fechar para o mundo; se há, aliás, lição a retirar desta pandemia é que dependemos uns dos outros mais do que nunca e que só juntos podemos enfrentar situações como a que vivemos. Mas se há alturas em que devemos apoiar e valorizar o que é nosso, esta é certamente uma delas. Por isso, convidamo-la a descobrir Portugal.

O que pode encontrar nas páginas da Saber Viver de junho (nas bancas)

Nesta edição, irá conhecer histórias de jovens portugueses que se destacam nas mais diversas áreas, pela criatividade, talento, espírito empreendedor ou sentido de respeito e solidariedade pelo outro (veja o artigo O Futuro é deles, pág. 62) e projetos, marcas e iniciativas inovadoras na moda, beleza, decoração e design, e turismo.

Este verão, as nossas férias deverão ser cá dentro, por um País que é muito mais que um destino de praia e que tem tanto para lhe oferecer. Este é o momento de todas abraçarmos Portugal.

Contamos consigo para que, juntas, continuemos a reinventar-nos, a aprender e a construir de forma positiva e saudável este “novo normal” de que todos falam

Este verão vai ser diferente e os próximos tempos também. Acredito que há hábitos que vão perdurar após a pandemia. Empresas e trabalhadores perceberam as vantagens do teletrabalho, a tecnologia passou de vilã a aliada, o digital aproximou-nos e passámos a dar mais valor ao conforto de um abraço, à saúde, ao contato com a Natureza e à liberdade de um simples passeio à beira-mar.

Espero que a nossa memória não seja curta e que daqui a uns anos continuemos a valorizar o que hoje sabemos ser o mais importante.

P.S.: O mundo mudou! Agora aquilo que não mudou foi a nossa vontade de continuar ao seu lado e de lhe mostrar sempre o lado bom da vida. Contamos consigo para que, juntas, continuemos a reinventar-nos, a aprender e a construir de forma positiva e saudável este “novo normal” de que todos falam.

A edição de junho da Saber Viver já está nas bancas, num local perto de si.

Últimos